Curso intensivo de espanhol na UBA em Buenos Aires

Curso de espanhol em Buenos Aires? Sim ou Não? Eu voto SIM 😉

Holá chicos e chicas, tu hablas espanhol? Pode parecer a coisa mais fácil do mundo por se tratar de uma língua muito parecida com o nosso português, mas acredite, mesmo com a semelhança, o que os brasileiros pensam que sabem é o famoso “Portunhol”, que é aquele espanhol mais chique pra caramba que dá para se virar na “improvisação”.

Apesar de ser professora em uma escola de idiomas, sou a favor do intercâmbio, da imersão cultural, da vivência de ir em um país do qual a língua é falada e poder ouvi-la todos os dias, ou seja, não adianta fugir, a gente só aprende mesmo quando colocamos a mão na massa, através da PRÁTICA. E por isso, depois de ter estudado espanhol por 1 ano, percebi que não estava tendo muito progresso e quis fazer como fiz para aprimorar meu inglês, um intercâmbio.

Com um planejamento bem minucioso, pesquisei muito na internet sobre os valores e os melhores lugares para estudar espanhol, e achei um post maravilhoso do blog 360 Meridianos que foi a minha luz. Depois de ler o artigo, tive a certeza que queria estudar espanhol na capital da Argentina, em Buenos Aires.

Por ficar tão próxima do Brasil, esse é um dos destinos mais baratos para os brasileiros para estudar espanhol. Além de aprender um novo idioma, a possibilidade de conhecer um pouquinho mais da cultura dos nossos hermanos faz de Buenos Aires a cidade perfeita.

Leia também: 10 filmes em espanhol para assistir no Youtube

Obs: lembrando que o espanhol da Argentina é bem diferente dos demais países onde a língua é falada. Na verdade, é bom ter isso em mente antes de decidir em qual país estudar, pois cada um tem seus dialetos e vocabulários que se diferem bastante, parecendo até mesmo uma outra língua dependendo do país (eu não entendo nada do espanhol de Cuba por exemplo).

curso intensivo de espanhol em Buenos Aires
Praça de Maio, onde eu passava todos os dias para ir para UBA

Onde estudar espanhol em Buenos Aires?

Existem várias escolas na capital da Argentina que oferecem cursos de espanhol para estrangeiros e brasileiros, a grande maioria são particulares e pelas minhas pesquisas, os valores variam muito de acordo com cada escola. O ponto primordial na hora de escolher onde estudar em Buenos Aires foi justamente o preço e, claro, quis ter certeza que a escola era boa e tinha boas recomendações. Por isso, novamente, o post do blog 360 Meridianos foi onde encontrei a dica do Laboratório de Idiomas da Uba  na Universidad de Buenos Aires.

Leia também: 15 bons motivos para visitar e se apaixonar por Buenos Aires

A princípio eu queria estudar na Coined, mas quando vi que os valores eram em dólares, percebi que não se encaixaria no meu orçamento, foi ai que cheguei a conclusão que a  UBA seria minha escolha por causa do precinho camarada comparando-se com as demais escolas.

Informações sobre a UBA e o curso de espanhol

Trata-se de uma das maiores universidades da Argentina. Para aqueles que forem estudar na UBA, existem três sedes, uma no Centro (onde estudei), Palermo e outra em um bairro menos turístico, o Caballito. Os cursos de espanhol são oferecidos em três níveis (iniciante, intermediário e avançado), e as aulas podem ser regulares, de dois ou quatro meses de duração, e para aqueles como eu, que não tem muito tempo, existe a opção que escolhi, o curso intensivo que tem duração de 1 mês (15 horas semanais). Mas atente-se as datas, pois o curso intensivo não é oferecido o ano todo, e sim durante as férias dos meses de julho, janeiro e fevereiro, ou seja, apenas 3 vezes durante o ano.

curso intensivo de espanhol na UBA em Buenos Aires
Prédio do Laboratório de Idiomas da UBA

Como fazer sua inscrição/matrícula na UBA?

Esse é o grande problema da UBA, pois as inscrições não podem ser feitas pela internet, e sim apenas no próprio laboratório de línguas da universidade  que localiza-se bem pertinho da Casa Rosada, na Calle 25 de Mayo. Como o site da UBA é um pouco confuso, a tarefa de pesquisar valores e as datas dos cursos podem se tornar um desafio para nós brasileiros, mas não se preocupe, vou ajudá-los a entender o bendito site, assim como o 360 Meridianos me ajudou 😉

Como se informar sobre as datas e valores do curso de espanhol no site da UBA?

1. Calendário: para se informar sobre as datas dos cursos em geral, tanto os intensivos como os regulares, entre nessas páginas AQUI e AQUI. Por exemplo, quando eu fiz este curso (em 2016), eu vi a data da inscrição e comprei minha passagem para Buenos Aires para chegar lá com dois dias de antecedência para garantir minha matrícula. Geralmente as inscrições para os cursos intensivos de verão e inverno acontecem início de janeiro, fevereiro e julho. Confira mais aqui.

2. Valores dos cursos: clique aqui e aqui para ver quanto você vai ter que investir no curso (regulares ou intensivos), os valores mencionados no site estão em pesos argentinos. Quando eu fiz este curso, ele me custou algo em torno de 1400,00 reais, mas vale ressaltar que os valores são atualizados a cada ano.

Espanhol para estrangeiros ou brasileiros?

O curso de espanhol na UBA é oferecido em 2 grupos, para estrangeiros ou um grupo especial só para brasileiros. E por que um curso de espanhol só para brasileiros? Bom, a lógica é fácil de ser entendida, um coreano ou qualquer falante de uma língua que não venha do latim não tem nenhuma noção da nossa gramática, e por isso, o curso de espanhol só para brasileiros pula uma boa parte dessas explicações gramaticais que eles não tem ideia de como funcionam. Bom, mas não vou me prolongar com essa explicação chata não é, isso é só para vocês saberem que você pode escolher em qual grupo quer estudar.

No dia da inscrição você vai ter que fazer um teste para ver em qual nível de espanhol se encaixa. Assim, depois que a professora corrigir sua prova (que é feita antes de fazer a inscrição), você vai ter um feedback sobre o resultado. Foi neste momento que a professora sugeriu que me matriculasse no curso de espanhol para brasileiros.

E qual a diferença do curso de espanhol para estrangeiros do de brasileiros? A vantagem dessa opção é que no curso só para brasileiros é feito dois níveis em um só, enquanto que no de estrangeiros é só um. Então como um exemplo, eu fiz o nível para iniciantes e terminei no intermediário (pois é gente, acredita que entrei no nível para iniciantes, pensei que sabia espanhol, mas na hora da prova eu cometi tantos erros de portunhol que fiquei até com vergonha da professora).

Buenos Aires
Flor Metálica, um dos cartões postais de Buenos Aires

Como é o curso de espanhol na UBA?

Na minha humilde opinião, não tenho o que reclamar do curso, apenas do prédio da escola que é super antigo e confesso que me deu até medo dele desabar rs (exagerei, eu sei). Agora falando sério, as turmas tem que ter no mínimo seis alunos. Quando eu fiz este curso, a minha turma iniciou-se com 20 alunos, mas as professoras não gostaram do grupo grande e por isso, o grupo foi dividido em duas turmas.

O curso tem o foco na gramática (conjugação do verbos por exemplo, que é a parte mais chata do espanhol para mim), conversação e pronúncia. O material usado é todo baseado em uma apostila oferecida pela própria universidade, que você vai comprar no seu primeiro dia de aula. A apostila é vendida em uma papelaria que fica de frente com a universidade, e na data do curso, paguei 270 pesos argentinos (algo em torno de 40 reais).

Se eu pudesse, ficaria pelo menos uns 3 meses em Buenos Aires para praticar mais, pois pelo que percebi, mesmo com toda a prática e aulas todos os dias, achei que 1 mês não foi o suficiente, fiquei com aquele desejo de “quero mais” 😉

Meu certificado de conclusão do curso de espanhol

Onde se hospedar durante o curso?

Eu fiquei hospedada no Portal Del Sur (falei mais sobre este hostel e dei mais dicas de onde se hospedar em Buenos Aires neste post aqui). Bom, o valor do curso intensivo não está incluso hospedagem, e isso é algo que você tem que ter em mente antes de fazer seu orçamento para a viagem. Eu prefiro me hospedar em hostels (albergues), pois além de ser muito mais barato que hotéis, você ainda vai ter a oportunidade de fazer novas amizades e até mesmo praticar espanhol.

Outras opções: você também pode alugar uma casa pela Airbnb, hospedar-se na casa de algum conhecido ou fazer couchsurfing.

Leia também:

Vantagens de se hospedar em um hostel
Onde se hospedar no centro de Buenos Aires

Escolas privadas de idiomas em Buenos Aires

E se você não gostou da UBA, não fique triste, existem várias escolas como: Coined, El Pasajes ,Expanish e CUI

Durante a minha estadia em Buenos Aires, onde fiquei hospedada naquele hostel que já mencionei, conheci várias pessoas lá e uma delas estava estudando espanhol na Coined e segundo ela, a escola é excelente. Além dela, teve um post bem explicativo sobre essa escola no blog Janelas Aberta. Então por recomendações, essa é uma outra opção de escola (um pouco mais cara que a UBA) que eu indico, e a vantagem dela é que você pode começar seu curso em qualquer momento, pois a cada semana iniciam-se novas turmas, diferente da UBA.

Para mais informações da UBA
Site: http://www.idiomas.filo.uba.ar/
Contato: 4343-5981/1196 – 4334-7512
E-mail: idiomas@filo.uba.ar

E para concluir, se você quiser conhecer outros países durante este intercâmbio, aqui neste post eu falo sobre o roteiro que fiz, pois além de Buenos Aires, aproveitei a viagem para conhecer o Uruguai e o Chile.

Roteiro prático de 15 dias combinando 3 países: Uruguai, Argentina e Chile


***Confira outros posts de Buenos Aires***

Buenos Aires bairro a bairro

Dicas do que fazer/ver na cidade

Dica de bate e volta


***Receba mais dicas de viagem***

Para salvar no seu Pinterest ⇓


Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples 😉 Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima 🙂 Josiane Bravo



Booking.com


Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades

23 Replies to “Curso intensivo de espanhol na UBA em Buenos Aires”

  1. Obrigado pelas informações, adorei! Complementou bem o posto do 360meridianos.

    1. Boa tarde Luiz, muito obrigada pela visita e pelo elogio. Fico feliz que gostou do post:) Volte sempre.
      Beijos

  2. Josiane, o curso de férias que você era de 3 horas de segunda a sexta? E o período era pela manhã? Dá para aliar estudo e turismo?
    Desculpa-me pelo bombardeio de perguntas rs, mas tenho muito interesse em estudar lá e adorei essa dica.
    Obs.: Estive uma vez em Buenos e Aires e também me hospedei no hostel Portal del Sur (ótima localização, né?).
    Aguardo ansiosa os próximos posts sobre esse assunto.

    1. Oi Simone tudo bom. Muito obrigada 🙂 Pode perguntar sim rs que ficarei feliz em ajudá-la no que for do meu alcance. Sobre sua pergunta, foi sim, estudava na parte da manhã, das 9 às 12h se eu não me engano (memória fraca rs). E durante a tarde, sempre aproveitava para passear no centro ou ficava no hostel mesmo (que estava sempre cheio). Sempre tinha alguma coisa para fazer, como fiquei neste hostel que você mencionou que já conhece, foi uma ótima oportunidade para fazer novas amizades, e durante os finais de semana eu sempre turistava e conhecia algum lugar novo em Buenos Aires. Deu para aproveitar muito, pois como foram no total de 4 finais de semanas livres, conheci muitos lugares 🙂 E como disse, o Portal de Sur tem uma ótima localização, eu me apaixonei pela vibe do hostel e se algum dia voltar para lá, com certeza me hospedaria lá novamente.

      Em breve vai ter mais post de Buenos Aires rs, tem muita coisa para falar daquela cidade fofa 😉

      Beijos

      1. Muito obrigada pelas informações!
        Bjs e ótimo final de semana

  3. adorei as dicas! adoro fazer curso de idiomas em outro país, mas não tinha pensado nessa opção ótima e pertinho da gente!

    1. Muito obrigada Angie 🙂 Buenos Aires é uma boa pedida para quem procura um destino mais perto para aprimorar o espanhol.
      Beijos

  4. Josiane que post ótimo.Quase não encontro informações sobre a UBA e aquele site é terrível. seu post me ajudou muito já que pretendo fazer o curso na UBA em Julho. pelo que ví o valor está bem mais salgado?! espero que o preço esteja errado kkk . Você poderia me dizer se foi em Julho mesmo?

    1. Oi Marli tudo bom 🙂 Feliz que você gostou do post, muito obrigada Então, eu fiz em julho mesmo este curso 😉 O site é complicadinho mesmo não é. Acabei de ver os valores, e realmente o curso teve um aumento em relação ao ano passado, algo como 1000 pesos argentinos ( valor total de 6835 pesos). Mas ao fazer a conversão para o real, vejo que vai ficar mais ou menos o mesmo valor que paguei, algo em torno de 1400,00. Como a cotação da moeda está sempre mudando, pelo que vi, em relação ao ano passado, o peso está bem mais desvalorizado, o que é ótimo para os brasileiros não é 😉

      Se tiver mais dúvidas, só perguntar 🙂
      Beijos

  5. Adorei sua experiência! Eu fiz intercâmbio pra estudar inglês e me ajudou muuuuito, agora quero fazer um pra estudar espanhol tb! Adorei saber que existe a chance de fazer esse curso em uma universidade 🙂

    1. Muito obrigada Débora 🙂 Este curso foi incrível, se pudesse, faria um intercâmbio em cada país para aprender novos idiomas rs.
      Beijos

  6. Oi Josi! Quando você gastou com hospedagem aproximadamente?
    Obrigada pelo relato 🙂

    1. Oi Eliza tudo bom. Muito obrigada pela visita.
      Então, eu gastei em média de 1300,00 pela hospedagem para 1 mês em um hostel. Como julho é alta temporada, a maioria dos hostels ficam com o preço mais caro. O hostel que eu fiquei foi ótimo, com um café da manhã bem completo (incluso na diária). Economizei bastante com comida, pois como a cozinha do hostel era bem equipada, eu fazia todas as minhas refeições lá mesmo. 😉

      Beijos

  7. Olá Josiane tudo bom ? Me chamo Amanda e gostei muito do seu blog,achei super interessante e gostaria de saber sua opinião,eu tenho muita vontade de aprender outras línguas mais não sei usar conversação de nenhuma língua,só sei o básico que ensinam em escola pública verbo to be e básico de espanhol. Você acha que tenho chances de aprender essas duas línguas e poder estudar em uma universidade estrangeira ? Começando a estudar agora com 19 anos ? Se puder responder por favor !! Beijos e Obrigada !

    1. Oi Amanda tudo bom. Muito obrigada pela visita. Então, eu sou professora de inglês e para aprender o idioma eu demorei em torno de 5 anos (estudei em escola de idiomas e depois fiz um intercâmbio de 2 anos para ganhar a fluência). Se eu fosse você, focaria em apenas um idioma no momento (inglês ou espanhol), pois assim você vai ter mais tempo para se dedicar. Sempre tem tempo hehe, mas tudo isso vai depender da sua dedicação. Por exemplo, se decidir focar no inglês, sugiro que estude pelo menos uns 30 minutos por dia (você pode fazer aulas particulares ou fazer um curso em uma escola de idiomas). Além das aulas, uma forma muito produtiva de aprimorar um novo idioma de uma forma mais rápida é a prática diária (ouvir música, assistir filmes, etc). O aprendizado do espanhol é mais rápido, já que a língua tem uma semelhança muito grande com o nosso português. Mas claro, tudo isso vai depender da sua dedicação. Cada um tem um método diferente de aprender, então fica difícil te responder quanto tempo demora. Eu não sei quais são as exigências das universidades no exterior, mas se for para estudar nos Estados Unidos por exemplo, o inglês tem que ser avançado e ainda tem lugares que exigem um teste (como o Toefl). Então, a minha dica é, não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje, corra atrás dos seus objetivos 🙂 Eu amo idiomas e sonho em aprender Francês e falar todas as línguas românticas.

      Abraços
      Volte sempre 🙂

  8. Olá, Tudo bem? Gostei muito das dicas!!!

    Tenho uma dúvida: quais os documentos são necessários para fazer a inscrição no curso?

    1. Muito obrigada Larissa 🙂 Na verdade, nem lembro se cheguei a mostrar algum documento rs, eu só levei meu passaporte. Em todo o caso, é sempre bom levar o seu rg ou passaporte, mas fora isso, não é exigido nenhuma outra documentação.
      Beijos

      1. Muito obrigada, Josiane!!!!
        Estou me planejando para fazer o intensivo no início do ano que vem.

        Beijos

  9. Olá, adorei seu post.
    Fui pesquisar nos links que vc disponibilizou, pois estou querendo fazer esse curso em janeiro.
    Porém no site tem os cursos e os talleres, qual a diferença? Além disso tem tbm três categorias, com preços bem diferentes, mas não dizem qual a diferença de um para o outro. Queria saber se vc pode explicar isso.

    Beijos

    1. Olá Tayná tudo bom. Muito obrigada 🙂 Sobre as categorias, cada uma representa um valor diferente né, a nossa é a categoria III, com essa descrição aqui: Categoría III:
      extranjeros naturalizados en Argentina (con DNI),
      DNI en trámite,
      Credencial de Identidad Diplomática, Residencia Precaria, o de países
      miembros del Mercosur.
      Essa categoria tem um preço mais barato e o legal é que a gente se encaixa nela, já que o Brasil faz parte dos países membros do Mercosul. Confira este link aqui com a descrição de cada categoria: http://www.idiomas.filo.uba.ar/webfm_send/301

      Sobre o “talleres”, significa oficinas, mas não tenho certeza sobre o que se trata ao certo. Em todo o caso, para qualquer dúvida, é sempre bom enviar um e-mail, neste campo aqui http://www.idiomas.filo.uba.ar/contacto. pois o site está em constante mudança.

      Abraços 🙂

  10. Olá, querida! Teu post me deu uma luz 🙂 obrigada por isso hehehe
    só tenho uma dúvida… Se não tenho passaporte, nem o DNI, posso me matricular no curso apenas com meu RG?

    abraços 🙂

    1. Olá tudo bom. Muito obrigada, feliz que o post te ajudou hehe 🙂 Acredito que você pode sim fazer a matrícula apenas com o seu RG, pois se ele é até aceito na imigração, não vejo o porquê da UBA não aceitá-lo. Em todo o caso, acho válido enviar um e-mail para o pessoal da UBA para ter mais certeza se isso é possível, este aqui: idiomas@filo.uba.ar 😉
      Abraços

  11. Obrigada 🙂
    vou entrar em contato com eles sim

    Abraços,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: