10 passeios imperdíveis para fazer no bairro Palermo em Buenos Aires

Por Josiane Bravo
18 comentários

Já sabe o que fazer no bairro Palermo em Buenos Aires, o mais lindo da capital da Argentina? Se ainda não, então você está no lugar certo, tenho várias dicas 😉 Eu sou mega apaixonada pelo maior bairro da cidade portenha, que de tão gigante que é,  foi até subdividido em vários “Palermos”.

A parte difícil é entender essa divisão que ganhou vários apelidos como Palermo Chico, Palermo Viejo, etc. Para facilitar a compreensão deste bairro com múltiplas caras, vou fazer uma breve descrição de cada Palermo para você entender o que encontrar em cada um.

Palermo Soho: a região mais linda e cool de Buenos Aires. Essa é a parte onde tudo acontece na cidade portenha, região onde se encontra vários bares, restaurantes e cafés fofos, além de várias lojas de moda e design. É o bairro perfeito para passar o dia e a noite. E curiosidade, o nome Soho faz referência ao bairro de Nova Iorque.

Palermo Hollywood: uma linha de trem é o que divide Palermo Soho com Palermo Hollywood. Atravessando a linha ferroviária começa este bairro que foi apelidado com este nome por conta dos vários estúdios de cinema, produtoras de televisão e rádios no local. Além disso, é muito conhecido por conta dos restaurantes, boates, cafés e sua vida noturna.

bairro Palermo em Buenos AiresJardim Japonês

Bosques de Palermo: essa é a parte de Palermo para quem procura mais tranquilidade e um dos lugares prediletos dos locais nos finais de semana. Os Bosques de Palermo ou Parque 3 de Febrero como também é conhecido é uma área onde se concentram vários parques maravilhosos como o El Rosedal, Jardim Botânico e Jardim Japonês. Falei mais sobre ele neste post aqui ⇓

Leia também: Roteiro de 1 dia pelos parques de Palermo em Buenos Aires

Palermo Chico: é a região mais nobre e luxuosa de Palermo, também conhecido como Barrio Parque. É essa área que separa Palermo com outro bairro chiquérrimo, a Recoleta. Ao caminhar pelas ruas de Palermo Chico você vai se deparar com mansões e prédios lindos. Um bairro para quem tem dinheiro no bolso.

bairro Palermo em Buenos AiresRestaurantes em Palermo Soho

Como o bairro Palermo é gigante e abrange várias atrações, a dica para conhecê-lo com calma é de pelo menos 2 dias.

A minha sugestão é de reservar um dia todo apenas para as atrações dos Bosques de Palermo e o segundo para Palermo Soho e Hollywood.

O que fazer no bairro Palermo em Buenos Aires

Para facilitar a localização, disponibilizei este mapinha aqui com as atrações de Palermo. Para verificar o endereço é só clicar nos ícones 😉 Confira a legenda.

Verde: parques e praças
Roxo: restaurantes e café
Amarelo: hotéis e albergues
Azul: museus
Laranja: outros

1. Rosedal

Meu lugar predileto em Palermo, trata-se de um jardim de rosas recheado de atrações e o lugar perfeito para aproveitar os dias ensolarados em Buenos Aires. O parque fica situado nos Bosques de Palermo, que como mencionei, é uma região da cidade onde se encontra vários parques.

Para conferir as atrações do Rosedal e dicas do que fazer, fiz um post mais detalhado sobre o parque, confira aqui.

bairro Palermo em Buenos AiresEl Rosedal

2. Jardim Botânico

O Jardim Botânico também faz parte dos parques dos Bosques de Palermo e fica coladinho com a estação de metrô da Praça Itália.

O jardim conta com mais de 5.000 espécies de árvores e plantas nativas de diferentes regiões do mundo. Além disso, lá encontra-se estufas e jardins no estilo romano, oriental e francês. Um lugar bem agradável para um passeio bem  relaxante em meio a muito verde. E detalhe, a visita é totalmente gratuita 😉

Horário de funcionamento: de terça a sexta das 8h às 18h45 e aos sábados, domingos e feriados das 9h30 às 18h45 (no inverno o parque fecha 1 hora mais cedo)

bairro Palermo em Buenos Aires

3. Jardim Japonês

O Jardim Japonês é outro destaque dos parques que ficam situados nos Bosques de Palermo. Rodeado de pontes vermelhas, lagos com vários peixinhos, este jardim é um dos lugares mais tranquilos em Buenos Aires.

É possível passar boas horas em um lugar que transmite tanta paz. Se você quiser comer algo, lá tem um restaurante, e para quem quiser tomar um autêntico chá japonês, também tem uma casa de chá.

Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h.
Entrada: 120 pesos argentinos e a entrada é gratuita para menores de 12 anos.
Site: www.jardinjapones.org.ar/

bairro Palermo em Buenos Aires

4. Plaza Serrano

A Praça Serrano, também conhecida como Praça Julio Cortázar, é um dos destaques de Palermo Soho, pois os restaurantes, ruas, clubes e cafés mais charmosos de Buenos Aires encontram-se ao seu redor. Podemos classificá-la como o coraçãozinho do bairro, lugar que durante à noite ferve de gente.

Outro destaque é que todos os sábados e domingos acontece uma feirinha na praça, atraindo os apaixonados por moda, pois lá encontra-se vários peças de roupas para quem gosta deste mundo fashion.

bairro Palermo em Buenos Aires

5. Museu Evita

Passeio ideal para quem curte história. Trata-se do Museu Evita, um dos passeios incríveis para quem quiser aprender sobre a história da Argentina e fatos curiosos sobre uma das mulheres mais importantes na política do país, a eterna e idolatrada primeira dama Eva Péron.

Outra atração do lugar é o aconchegante restaurante e café do museu. Eu não cheguei a conhecê-lo, mas dizem que é muito bom. Se você já o conhece e quiser deixar sua opinião, vou ficar muito feliz com seu comentário no final do post 😉 O museu fica situado em Palermo Chico.

O blog Viagem Cult escreveu um post com mais detalhes sobre o museu, confira aqui.

Restaurante e café do Museu Evita – foto divulgação retirada do site oficial do restaurante

6. Malba

Eu não cheguei a conhecer este museu, mas vou incluí-lo na lista pois trata-se de um dos museus mais famosos da cidade portenha e um dos mais visitados pelos turistas.

O Museu de Arte Latino-Americana ou Malba como também é conhecido, destaca-se por sua arquitetura super moderna e pelos acervos que abriga como o da obra da brasileira Tarsila do Amaral, o famoso Abaporu. E para localização, o museu fica em Palermo Chico.

Para mais informações sobre a visita ao museu, confira este post aqui do blog Vou na Janela.

Compre ingressos de passeios em Buenos Aires aqui

7. Livraria Libros del Pasage

Essa aqui é para os apaixonados por livros, assim como eu. Apenas para ressaltar, Buenos Aires é um paraíso para quem gosta de ler, são várias livrarias espalhadas pela cidade, inclusive lá encontra-se uma das mais belas do mundo, a El Ateneo.

Além da El Ateneo, outra livraria que fiquei apaixonada foi a pequenina e charmosa Libros del Pasage, que fica situada em Palermo Soho. Falei mais sobre ela neste post aqui.

Leia também: 5 livrarias imperdíveis para conhecer em Buenos Aires

bairro Palermo em Buenos Aires

8. Mural da Frida

Essa atração é para aqueles que curtem arte de rua. Em Palermo Hollywood encontra-se um dos murais mais belos que já vi, uma enorme parede pintada com a imagem de uma ícone da história mexicana, a pintora e poetiza Frida Kahlo. Essa mulher é um exemplo de superação para mim, por isso fiz questão de conferir este grafite.

Endereço: Avenida Dorrego, 1600 em Palermo, perto do Mercado das Pulgas (uma espécie de shopping de antiguidades de Buenos Aires)

Além do mural da Frida, o bairro de Palermo está recheado de outros murais maravilhosos e coloridos. Confira este post aqui  para mais detalhes.

9. Planetário Galileo Galilei

O planetário é um dos destaques arquitetônicos dos Bosques de Palermo, um lugar lindo situado de frente com um lago que durante à noite fica todo iluminado. Sua estrutura em forma de cúpula foi inspirada no planeta Saturno. E detalhe, o lugar é ideal para quem viaja com crianças, pois também é oferecido espetáculos interativos para os pequenos.

Site: www.planetario.gob.ar

Foto do Pixabay – Ao fundo o Planetário

10. Casa Cavia

Outro lugar que não conheci aqui nessa lista, mas quando estava fazendo as minhas pesquisas para escrever este post acabei me deparando com este post fofo do blog Flávia Pires Explora com dicas sobre o Casa Cavia. E apesar de todas as minhas andanças pelo bairro Palermo durante a minha estadia na cidade, fico até chateada que este lugar passou despercebido.

Para quem curte arquitetura, o Casa Cavia me parece uma boa pedida. Pelo que li em outros blogs o lugar encontra-se em uma antiga casa chiquérrima. E o mais bacana é que a casa reúne vários lugares como uma livraria (mais um lugar para quem ama livros), editora, restaurante, uma loja de flores e perfumaria.

                       Foto do site oficial da Casa Cavia

Extra

Caminhar pelas ruas charmosas de Palermo Soho

Este foi um dos meus prazeres em Buenos Aires, caminhar sem rumo pelas ruas fofas do meu bairro predileto. Como muitos dizem, o bairro mais cool e descolado da cidade portenha.

As ruas são de pedras, as paredes são coloridas, tem cafés para todos os gostos, desde o rosa até o mais sofisticado; os restaurantes e clubes são badalados, até as lojas e casas se destacam com suas fachadas estilosas; as esquinas merecem uma pausa para foto, pois são lindas.

Apenas para referência, as ruas mais charmosas em Palermo Soho na minha humilde opinião são Gurruchaga, onde encontrei vários cafés e restaurantes fofos; a rua Russel, uma ruela linda onde encontrei alguns grafites maravilhosos e a rua Armênia.

bairro Palermo em Buenos AiresRestaurante fofo na rua Gurruchaga em Palermo Soho

Onde se hospedar em Palermo

A melhor maneira de curtir o bairro e aproveitar a vida noturna do badalado Palermo Soho é se hospedando nessa parte de Buenos Aires.

Apesar de Palermo Soho está um pouco que afastado do centro, opções de transporte é o que não vai faltar. Tem táxi ou se preferir, uma maneira muito prática é usar o transporte público, a estação de metrô que mais usei foi a da Praça Itália, que fica ao lado do Jardim Botânico.

O povo fala que é perigoso andar de metrô em BA, mas eu achei bem tranquilo, deste que você não vacile com seus pertences, pois todo o cuidado é pouco.

Segue uma lista com algumas opções de hotéis e albergues em Palermo Soho com ótimas recomendações pelo booking.com e de outros blogueiros de viagens. E detalhe, todos eles ficam pertinho da estação de metrô, algo em torno de 15 minutinhos de caminhada.

  • Mine Hotel: trata-se de um hotel boutique que apesar de pequeno é super bem avaliado pelo booking e se destaca por sua elegante decoração. Nota do booking: 9.1

Área da piscina do Mine Hotel – Foto do Booking

  • 5411 Soho Hotel: hotel 3 estrelas bastante conhecido que oferece quartos luxuosos, spa e piscina. Além disso, tem uma ótima localização, pertinho da Praça Serrano. Nota do booking: 8.2
  • 70 30 Hostel: ótima opção de hospedagem para quem procura um bom custo-benefício. Este albergue está classificado entre um dos mais baratos em Palermo Soho. Nota do booking: 8.3
  • Caravan BA | Hostel Boutique: trata-se de um dos mais novos albergues de Palermo Soho e pelas pesquisas ele anda conquistando os hospedes com sua decoração pra lá de linda e moderna. Nota do booking: 9.8
  • E se você curte alugar casas ou apartamentos, outra opção que pode sair bem mais em conta é alugar uma casa através do Airbnb, que é uma plataforma ou um site de aluguel de acomodações ao redor do mundo. Eu já usei algumas vezes e ameii demais a experiência. É interessante para quem está viajando com mais de uma pessoa.

Clique aqui para se cadastrar no Airbnb e ganhe R$130,00 de desconto na sua primeira reserva 


Onde comer em Palermo

Palermo Soho destaca-se por seus restaurantes e cafés mega charmosos e estilosos. Confesso que antes de ir para Buenos Aires havia feito uma listinha com todos os cafés que queria conhecer apenas por conta da decoração hehe.

  • Bartola: ao passar pela rua Gurruchaga, de longe você vai avistar este restaurante e café que é puro charme, mas em contrapartida, o atendimento é péssimo. Então fica a dica, valeu a pena conhecê-lo apenas pelo grafite da sua fachada. Atualização: eu fiz essa viagem em 2016 e ao atualizar este post vi que eles mudaram a fachada do lugar. Hoje se encontra outro grafite na parede.
  • La Panera Rosa: este café foi feito para menininhas, sério mesmo, eu me senti em um lugar feito para barbies. Tudo nele é rosa, até mesmo o cardápio. Mas ao contrário do Bartola, eu tive um ótimo atendimento. Para quem ama doces, já vou adiantar, o lugar é uma perdição para o nosso paladar. É tanta gostosura que vai deste crepes, waffles até panquecas suculentas. Com certeza o lugar ideal para um encontro com suas amigas.
  • Pani: eu me apaixonei pela decoração mais detalhada deste café e padaria, tudo junto em um só lugar. E as comidinhas são de deixar a gente com uns quilinhos a mais, simplesmente deliciosas.
  • La Fabrica del Taco: para quem ama comida mexicana, não deixe de conferir este restaurante super descolado e com ótimo custo benefício. O taco que comi não foi um dos melhores da minha vida, mas achei que pelo preço valeu a pena. E detalhe, a fachada do lugar é o máximo.

bairro Palermo em Buenos Aires

  • B-Blue Deli e Natural Bar: este é para quem gosta de comidinhas mais saudáveis e naturais, como está na moda, algo detox. Uma ótima opção para veganos e vegetarianos. Como eu não como carne vermelha, quando estive em Buenos Aires deixei de lado os restaurantes mais clássicos que são mais voltados para quem gosta do famoso bifão e parilhadas.

Já contratou seu seguro viagem?

Apesar de não ser obrigatório ter seguro viagem para viajar para a Argentina, vale lembrar que ele é essencial para viagens internacionais. Para contratar o melhor seguro, eu uso e recomendo a Seguros Promo, site que compara os preços e coberturas das principais seguradoras do mundo. Clique aqui e faça sua cotação online. Encontre os melhores preços e pague em até 12 vezes no cartão de crédito. E o bacana é que os leitores do blog ganham 5% de desconto usando o código TURISTANASNUVENS.

Gostaram das dicas? Já conhecem Palermo? Qualquer dúvida ou sugestão, por favor, dá um alô nos comentários.

E se está de viagem marcada para Buenos Aires, não deixe de conferir outros posts publicados aqui no blog. Tenho várias dicas de passeios. E o Fábio do blog Viagens Cine tem um post mega completo com dicas práticas sobre o que saber antes de visitar a cidade (câmbio, transporte e muito mais).

Se gostou das dicas, aproveita para salvar essas imagens ⇓ no seu Pinterest 😉


***Confira outros posts de Buenos Aires***

Buenos Aires bairro a bairro

Dicas do que fazer/ver na cidade

Dica de bate e volta

Dicas de hospedagem


***Receba mais dicas de viagem***


Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples. Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima. Josiane Bravo



Booking.com


18 comentários
0

Leia também

18 comentários

Fabricio 29 de julho de 2017 - 14:39

Nossa, apaixonei! De Palermo eu só conheço o Malba e o Jardim Japonês, mas já salvei aqui para quando voltar.

Reply
Josiane Bravo 12 de agosto de 2017 - 19:55

Palermo é um bairro cheio de atrativos 🙂 Vale a pena dedicar pelo menos 2 dias para conhecer o bairro. Beijos

Reply
Deisy Rodrigues 30 de julho de 2017 - 01:06

Quando eu for pra Buenos Aires já quero me hospedar em Palermo, gostei bastante da sua lista, têm de tudo um pouco, parques, museus, livrarias e esse mural lindo da Frida? Não têm como não amar. Você já virou minha referência de roteiro em Buenos Aires, sempre venho aqui e confiro ótimas dicas pra aproveitar a cidade, dá pra sentir que você realmente têm amor por esse destino.

Reply
Josiane Bravo 12 de agosto de 2017 - 19:54

Muito obrigada Deisy 🙂 Eu sou apaixonada pela capital da Argentina e tenho o maior prazer de escrever sobre Buenos Aires, é uma forma de eu viajar de novo hehe.
Beijos

Reply
quartodeviagem 30 de julho de 2017 - 06:01

roteiro perfeito em Palermo Josi, o Rosedal é realmente lindo e que mural mais expressivo esse da Frida!

Reply
Josiane Bravo 12 de agosto de 2017 - 19:52

O mural é lindo não é, uma pena que o carro estava na frente dele quando eu fui. Deveria ser proibido estacionar na frente do mural hehe.
Beijos

Reply
angiesantanna 30 de julho de 2017 - 09:34

wowww quanta coisa pra fazer so num bairro!! jardim japones eu iria amar!! gostei do cafe do museu evita!

Reply
Josiane Bravo 12 de agosto de 2017 - 19:51

A área externa do café é perfeita para dias de calor 🙂

Reply
Ana Carolina Miranda 30 de julho de 2017 - 20:36

Adorei as sugestões. Acho que o Rosedal e o Jardim Japonês devem ser lugares lindos. Tenho muita vontade de conhecer. Suas dicas já estão anotadas. Bjs

Reply
Josiane Bravo 12 de agosto de 2017 - 19:50

Muito obrigada Ana 🙂 Eu sou mega apaixonada pelo Rosedal, meu lugar favorito em BA
Beijos

Reply
Edson Jr 9 de agosto de 2017 - 07:11

Pô, já disse antes, tenho que voltar para Buenos Aires. Nossa visita foi tão rapidinha, sei lá… queria ir de novo. 🙂

Reply
Josiane Bravo 12 de agosto de 2017 - 20:01

Hehe, entendo a sensação. Buenos Aires é uma cidade recheada de atrativos 🙂 Fiquei lá 1 mês e ainda não conheci tudo.

Reply
Heloisa Helena Gonçalves de Oliveira 21 de agosto de 2017 - 15:07

Porque o Museu de História Natural, um dos melhores do mundo nunca é citado como opção de lazer para quem vai a Buenos Aires?

Reply
Josiane Bravo 21 de agosto de 2017 - 15:49

Olá Heloísa tudo bom. Obrigada pela dica 😉 realmente o museu é um passeio imperdível, no entanto ele não fica localizado em Palermo e sim no bairro Caballito. Este post tem o foco mais nos passeios de Palermo.
Abraços

Reply
Gabriela Torrezani 1 de novembro de 2017 - 18:49

Ameeei esse post! Infelizmente quando fui não aproveitei o bairro de Palermo o tanto quanto eu queria, agora que já tenho todas as dicas vou explorar todos esses passeios!

Reply
Josiane Bravo 1 de dezembro de 2017 - 18:19

Olá Gabriela :)Muito obrigada
Aww que pena, mas a gente sempre acaba deixando alguns lugares sem conhecer não é. Uma boa justificativa para voltar para lá rs. Beijos

Reply
Ane 8 de julho de 2019 - 23:15

Me hospedei em Palermo Soho e foi massa! Caminhar pelas ruas é sempre agradável, à noite sempre cheio de gente! Comemos em “La escondida” e “El Club de la milanesa”, ambos com pratos de carnes deliciosos! Recomendo!

Reply
Josiane Bravo 2 de agosto de 2019 - 21:10

Oi Ane tudo bom 🙂 Muito obrigada por deixar um comentário. Sou suspeita para falar sobre este bairro, simplesmente amo e caminhar sem rumo por suas ruas foi uma das coisas que mais gostei de fazer em Buenos Aires. Obrigada pelas dicas.
Abraços 🙂

Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: