Onde ficar em Buenos Aires: os 5 melhores bairros, dicas de hotéis e albergues

Onde ficar em Buenos Aires? Dicas dos melhores bairros, hotéis e albergues para se hospedar na capital da Argentina.

A cidade portenha tem opções de hospedagem para todos os gostos, deste os albergues descolados para os mochileiros e mais econômicos, até os hotéis chiquérrimos para quem tem cacife sobrando e não abre mão de bom conforto.

Buenos Aires é uma cidade excêntrica e recheada de atrações nos principais bairros. Vale destacar que cada bairro reserva algo especial para fazer e com características únicas que faz todo o diferencial na hora de escolher onde ficar. Portanto, já viu que escolher onde se hospedar pode ser um desafio com essa variedade de opções.

Para facilitar o planejamento na hora de escolher a melhor região para se hospedar, coloquei as vantagens e desvantagens de cada bairro. Ressaltando que a seleção foi feita de acordo com as avaliações dos hóspedes pelo Booking.com. Além disso, todos os hotéis citados aqui tem avaliação superior a 8.0, ou seja, considerados “muito bons” pelos hóspedes.

Em resumo, na hora de escolher onde ficar em Buenos Aires a dica é pensar com carinho qual o seu propósito de viagem. Vale considerar a localização, segurança do bairro, valores, opções de transporte, etc. Gosta de passear à noite? Prefere fazer tudo a pé?

Onde ficar em Buenos Aires – os 5 melhores bairros:

  • Centro
  • Recoleta
  • Palermo
  • San Telmo
  • Puerto Madero

Centro 

Dividido em microbairros (San Nicolás, Montserrat e Congresso), a região central de Buenos Aires é muitas vezes a primeira opção dos brasileiros que planejam a primeira viagem, o que é prático já que fica no coração da cidade e uma boa pedida para quem não abre mão de ficar onde tudo acontece.

Durante o dia o centro é sempre movimentado e barulhento. Além disso, é muito bem servido pelo transporte público, tem vários prédios históricos, a rua de pedestres mais famosa da cidade também se encontra na parte central, a Calle Florida. Para quem quer ir às compras, é nessa rua onde fica um dos shoppings mais belos que visitei, o Galerias Pacífico.

Foi no centro onde passei 1 mês quando estive em Buenos Aires para estudar espanhol. Como não me importo de caminhar, para mim foi a melhor escolha já que é possível ir a pé até outros bairros como San Telmo, Puerto Madero e Recoleta.

Leia também: 10 lugares incríveis para conhecer no centro de Buenos Aires

⇒ Vantagens: o centro fica perto de vários bairros e é fácil conhecer as principais atrações a pé. Para ir para os demais bairros, tem acesso para várias linhas de metrôs. Você encontra de tudo na região central como pelas praças, casas de câmbios, restaurantes, cafés famosos como Café Tortoni e o charmoso Café Las Violetas, teatros etc. Outro fator positivo são os preços, os valores dos hotéis e albergues são bem mais em conta.

⇒ Desvantagens: durante o dia o movimento do centro é tenso, mas chega a noite e surpresa, fica pacato e conforme o comércio vai fechando o povo some e o resultado é uma região com poucas opções para quem quer curtir à noite em bares ou bons restaurantes. E como fica mais vazio, torna-se uma região não muito segura para andar à noite se estiver sozinho, em especial nas ruas mais isoladas.

⇒ Principais atrações turísticas: Casa Rosada, Praça de Maio, Avenida de Mayo, Obelisco, Café Tortoni, Teatro Colón, Calle Florida, Galerias Pacífico, Congresso e Palácio Barolo.

Onde se hospedar no Centro

Albergues:

Portal del Sur

Fiquei 20 dias hospedada no Portal de Sur, um albergue localizado em uma região bem estratégica e de fácil acesso, pertinho da Calle Defensa (rua onde acontece a Feirinha de San Telmo), Praça de Mayo e Avenida 9 de Julho.

Além do ótimo custo-benefício, ideal para os mais econômicos, o hostel conta com uma infraestrutura muito bonita, em um casarão antigo, mas muito bem decorado e limpo. A cozinha é bem equipada e pelo menos todas as vezes que a usei, sempre estava limpa. O hostel ainda conta com um terraço de onde é possível admirar o pôr do sol e o prédio que tem a imagem de Eva Perón.

Avaliação dos hóspedes:  8,2 (Ótimo)
Diárias a partir de R$30,00
Veja mais informações sobre o Portal del Sur aqui 

Milhouse Avenue

O Milhouse é um dos albergues mais famosos e badalados de Buenos Aires. É o queridinho dos brasileiros e mochileiros que amam festas e agitação. Apesar de não ter me hospedado nele, tive a oportunidade de conhecê-lo por dentro. Confesso que achei o hostel mais bonito pessoalmente do que nas fotos, estrutura e decoração fantástica e um lounge muito convidativo para passar umas horas no bar papeando com os demais hóspedes.

A localização do Milhouse é perfeita, situado na Avenida de Mayo, ao lado de uma estação de metrô, coladinho com a Avenida 9 de Julho e perto da maioria das atrações do centro. Em resumo, uma ótima opção para quem estiver viajando sozinho e procura por novas amizades.

Avaliação dos hóspedes:  8,5 (Ótimo)
Diárias a partir de R$45,00
Veja mais informações sobre o Milhouse aqui

Hotéis:

Dazzle Maipu

O hotel da rede Dazzle fica localizado pertinho da Calle Florida e da Galerias Pacífico. Do hotel é possível ir caminhando para as principais atrações turísticas do centro.

Para quem procura um hotel moderno e perto da rua mais agitada de Buenos Aires, o Dazzle Maipu é uma boa pedida. Outro ponto de interesse para quem se hospedar neste hotel é que ele fica pertinho da Praça San Martín, um parque bem arborizado e com alguns monumentos, ideal para caminhadas.

Avaliação dos hóspedes: 8,3 (Ótimo)
Diárias a partir de R$400,00
Veja mais informações sobre o Dazzler Maipu aqui

Tango de Mayo Hotel

Localizado em Montserrat, na agitada Avenida de Mayo, o Tango de Mayo é considerado um dos melhores hotéis do centro. Ele fica situado em um belo edifício histórico e conta com quartos bem decorados e charmosos, cada um com estilo único. Além disso, tem como destaque um belo terraço e fica ao lado de uma estação de metrô.

Avaliação dos hóspedes: 9,0 (Soberbo)
Diárias a partir de R$350,00
Veja mais informações sobre o Tango de Maio aqui

Recoleta

A Recoleta é o bairro mais aristocrático de Buenos Aires e um dos queridinhos dos turistas e até mesmo dos locais. Na minha humilde opinião, é o mais bonito, seguro, em resumo, o melhor bairro da cidade. É charmoso, tem belas avenidas e ruas arborizadas, recheado de cafés fofos, é tranquilo para andar de bicicleta e fazer caminhadas.

É na Recoleta onde fica uma das livrarias mais belas do mundo, a lindíssima El Ateneo e um dos cemitérios mais inusitados que conheci, o Cemitério da Recoleta.

⇒ Vantagens: fica em uma região estratégica, entre Palermo e Centro. Bem localizado, é possível ir a pé para as principais atrações da cidade, caso não tenha disposição para caminhar, tem boas opções de transporte como táxi, uber ou o metrô. Para quem quer ir às compras, a boa pedida é a Avenida Santa Fé, já na elegante Avenida Alvear se encontram palácios maravilhosos. Recoleta é o bairro perfeito para curtir Buenos Aires com tranquilidade. Além disso, é um verdadeiro paraíso para os amantes de arquitetura.

⇒ Desvantagens: talvez nenhuma, só vale ressaltar que por ser uma região nobre e bem procurada, os hotéis no Recoleta costumam ser mais caros.

⇒ Principais atrações turísticas: Cemitério da Recoleta, Livraria El Ateneo, Igreja del Pilar, Flor Metálica, Museu Nacional de Belas Artes, Avenida Alvear e Centro Cultural Recoleta.

Onde se hospedar na Recoleta

Albergues:

Malala Hostel

Situado na movimentada Avenida Santa Fé, o Malala Hostel é considerado um dos melhores albergues da Recoleta. O hostel fica em um antigo casarão e pertinho de uma estação de metrô (da linha verde). Tem como destaque o terraço e café da manhã que são bem elogiados pelos hóspedes.

Avaliação dos hóspedes: 8,7 (Fabuloso)
Diárias a partir de R$30,00
Clique aqui para mais informações sobre o Malala Hostel

Hotéis:

Alvear Palace Hotel

Para os mais exigentes com hospedagem, dos hotéis de luxo em Buenos Aires o Hotel Alvear se destaca como o mais luxuoso da cidade. Este é para aqueles que desejam ter tratamento de celebridade.

Fundado em 1932, impressiona os hóspedes pela sua belíssima arquitetura e quartos com decoração de tirar o fôlego, é até comparado com o Copacabana Palace no Rio de Janeiro .

Hoje o Hotel Alvear ainda conta com um rooftop bar maravilhoso que proporciona vistas espetaculares da cidade do tango, o bacana é que você não precisa ser um hóspede para conhecê-lo, o bar tem acesso ao público em geral, assim como o famoso Chá da Tarde que é servido no salão do hotel. Como o próprio diz, um verdadeiro palácio que fica localizado no coração da Recoleta, na chiquérrima Avenida Alvear.

Fica a dica de um hotel histórico e lindão para os casais apaixonados passarem a lua de mel.

Avaliação dos hóspedes: 9,3 (Soberbo)
Diárias a partir de R$1500,00
Clique aqui para mais informações sobre o Malala Hostel

Esplendor Plaza Francia

Situado pertinho do Cemitério da Recoleta e do Shopping Recoleta, o Esplendor Plaza Francia é uma boa opção para quem procura conforto com ótimo custo-benefício.

No estilo hotel boutique, além da ótima localização, ainda conta com quartos com vistas privilegiadas da cidade e da movimentada Avenida Libertador.

Avaliação dos hóspedes: 8,4 (Ótimo)
Diárias a partir de R$400,00
Veja mais informações sobre Esplendor Plaza Francia aqui

ARC Recoleta Boutique Hotel & Spa

O ARC Recoleta é um dos novos hotéis do bairro, conta com uma estrutura muito elegante e sofisticada. Tem como destaque a piscina, área de spa para os momentos relaxantes seja na sauna ou em uma banheira de hidromassagem. Além disso, fica situado em uma rua bem tranquila e perto de restaurantes, cafés e a poucos passos do Cemitério da Recoleta e outras atrações.

Avaliação dos hóspedes: 8,7 (Fabuloso)
Diárias a partir de R$350,00
Veja mais informações sobre ARC Recoleta aqui

Palermo

Palermo é o maior bairro de Buenos Aires, o mais descolado e o meu queridinho. De tão extenso, foi dividido em vários “Palermos” como Palermo Soho, Palermo Hollywood, Palermo Chico e Bosques de Palermo. Charmoso resume sua essência.

Em Palermo Soho você vai encontrar uma grande variedade de cafés e restaurantes charmosos, além de livrarias e lojas de decoração e moda. Em Palermo Hollywood, que fica mais afastado, encontra-se a melhor parte de Buenos Aires para aqueles que querem curtir a noitada, com boas opções de restaurantes e bares. Já nos Bosques de Palermo é onde fica situado uma imensa área verde que é composta de vários parques.

Para os amantes de grafites, foi em Palermo Soho e Palermo Hollywood onde encontrei a maior variedade de arte de rua.

Importante: é em Palermo Soho que fica o coração do bairro, ou seja, onde tudo acontece e onde recomendo ficar. Essa parte é agitada seja durante o dia ou à noite, em especial nas proximidades da Praça Serrano, onde ficam a maioria dos barzinhos e restaurantes. E se for sua primeira vez na cidade, eu já não recomendo Palermo Hollywood, pois o lugar fica muito afastado de tudo e não o achei muito interessante para passear durante o dia.

⇒ Vantagens: Palermo é um bairro mais residencial, portanto, mais tranquilo e com um número menor de turistas. Tem ruas arborizadas, ótimo para quem procura um lugar para fazer caminhadas e se sentir como um local. Gosta de cores? É colorido e jovial, tem uma vibe meio hippie e ideal para quem curte passeios de bike. Ainda conta com uma grande variedade de restaurantes, os melhores da cidade. É baladeiro? Também conta com boas casas noturnas e bares.

⇒ Desvantagens: a distância dos outros pontos turísticos é o ponto negativo. Como é bem extenso e fica mais afastado, será necessário pegar uber, táxi ou metrô para chegar no centro de Buenos Aires e demais bairros. Outra desvantagem é que conta com estações de metrô apenas na agitada Avenida Santa Fé. Portanto, dependendo do local que escolher será preciso enfrentar uma boa caminhada até chegar no metrô.

⇒ Principais atrações: Jardim Japonês, Jardim Botânico, El Rosedal, Praça Serrano, Museu Evita, Planetário e o famoso museu MALBA.

Onde se hospedar em Palermo

Albergues:

Caravan BA – Hostel Boutique

O Caravan BA é um dos mais novos hostels de Palermo Soho. Situado pertinho da Praça Serrano, é muito elogiado por sua estrutura e quartos temáticos com decoração jovial e moderna.

Apesar de novo, o hostel anda conquistando os hóspedes, os elogios vão para as suas instalações, limpeza e atendimento. Alguns quartos contam com varanda e uma boa pedida para os dias de sol, ainda tem área com piscina e um jardim charmoso. Além disso, a localização é outro ponto positivo, pois fica perto da Praça Itália, onde tem uma estação de metrô de mesmo nome.

Avaliação dos hóspedes: 9,7 (Excecional)
Diárias a partir de R$85,00
Veja mais informações sobre o Caravan BA aqui

Hotéis:

Mine Hotel

O Mine é um hotel no estilo boutique que fica no coração de Palermo Soho, pertinho da Praça Serrano e situado na Rua Gorriti, uma rua bem fotogênica do bairro que conta com bares, restaurantes e lojas charmosas. Além disso, conta com uma decoração muito charmosa e sofisticada, tem um belo jardim e uma área com piscina, onde os hóspedes podem relaxar em dias de sol.

Avaliação dos hóspedes: 9,2 (Soberbo)
Diárias a partir de R$700,00
Veja mais informações sobre o Mine Hotel aqui

5411 Soho Hotel

O 5411 Soho é um hotel 3 estrelas bastante conhecido que oferece quartos luxuosos, spa e piscina. Além disso, tem uma ótima localização, coladinha com a Praça Serrano e no coração de Palermo Soho, rodeado por bares e restaurantes.

Avaliação dos hóspedes: 8,1 (Ótimo)
Diárias a partir de R$400,00
Veja mais informações sobre o 5411 Soho Hotel aqui

Puerto Madero

O que era considerado um bairro feio e abandonado no passado, hoje se transformou no bairro mais moderno de Buenos Aires. Puerto Madero fica localizado em uma região onde funcionava o antigo porto da cidade.

Depois de uma revitalização, hoje o bairro concentra os hotéis e bares mais luxuosos de Buenos Aires e é a região mais cara da cidade, tem bons restaurantes, assim como casas de tango e até mesmo um casino flutuante. Vale ressaltar que o calçadão de Puerto Madero é convidativo para uma boa caminhada seja durante o dia ou à noite.

Leia também: Puerto Madero: o que fazer no bairro mais novo de Buenos Aires

⇒ Vantagens: o bairro se destaca por estar coladinho do centro. Se ficar perto da Ponte da Mulher, de lá até a Casa Rosada é possível ir a pé em uma caminhada de 10 minutos e essa parte é bem estratégica já que fica perto de San Telmo. Também conta com a Reserva Costanera, que é a maior área verde da cidade, por isso, uma boa pedida para os amantes de natureza. Com seus prédios modernos e altos, atrai os amantes de arquitetura moderna. E é nele que fica o porto de Buenos Aires, de onde partem os barcos para Colonia del Sacramento.

⇒ Desvantagens: como é caro, o bairro tem poucas opções de hotéis, os que se encontram por lá são os mais luxuosos, portanto, algo mais voltado para o público mais exigente. Além disso, o bairro não tem estação de metrô.

⇒ Principais atrações turísticas: Ponte da Mulher, Reserva Ecológica Costanera e Cassino Flutuante.

Onde se hospedar em Puerto Madero

Hotéis:

Hotel Faena

Da série hotéis mais belos e luxuosos de Buenos Aires, o Hotel Faena entra na disputa do título. Com quartos e atendimento dignos de um rei, este chiquérrimo hotel já entrou até na listinha de lugares para conhecer para os amantes de arquitetura e decoração. E o melhor, não é preciso ser um hóspede para conhecê-lo, alguns ambientes do hotel são abertos para o público como o restaurante El Bistro Del Fin Del Mundo. Tem até apresentações de tango.

A decoração das instalações do interior do hotel foi projetado pelo renomado designer francês Philippe Starck. Além da decoração dos quartos, a piscina do Hotel Faena é o que impressiona os hóspedes, linda e muito fotogênica com suas espreguiçadeiras vermelhas.

Avaliação dos hóspedes: 8,8 (Fabuloso)
Diárias a partir de R$1500,00
Veja mais informações sobre o Hotel Faena aqui

Hotel Madero

O Hotel Madero é outro destaque dos hotéis 5 estrelas de Puerto Madero. Com estilo contemporâneo e quartos com decoração bem moderna, o hotel destaca-se pelo seu ótimo custo-benefício em relação aos demais hotéis do mesmo padrão. Os hóspedes elogiam a localização e os quartos amplos e iluminados. Além disso, conta com restaurantes e bares dentro do hotel, e quartos com varanda com vistas panorâmicas de Buenos Aires e para os diques de Puerto Madero.

Avaliação dos hóspedes: 8,9 (Fabuloso)
Diárias a partir de R$600,00
Veja mais informações sobre Hotel Madero aqui

Já contratou seu seguro viagem?

Apesar de não ser obrigatório ter seguro viagem para viajar para a Argentina, vale lembrar que ele é essencial para viagens internacionais. Para contratar o melhor seguro, eu uso e recomendo a Seguros Promo, site que compara os preços e coberturas das principais seguradoras do mundo. Clique aqui e faça sua cotação online. Encontre os melhores preços e pague em até 12 vezes no cartão de crédito. E os leitores do blog ganham 5% de desconto usando o código TURISTANASNUVENS.

San Telmo

San Telmo parece que parou no tempo com seus casarões antigos e ruas de pedra. É o bairro mais antigo de Buenos Aires e uma atração no quesito “cultura”. Andar pelas ruas deste bairro histórico é como uma volta ao tempo em uma região que no passado já foi considerada um bairro nobre da capital argentina.

San Telmo atrai milhares de turistas todos os domingos que vão em busca de bugigangas e objetos antigos na feirinha mais famosa de Buenos Aires, a Feira de San Telmo.

⇒ Vantagens: seus casarões com arquitetura antiga atrai os apaixonados por história, arte e cultura. O bairro é recheado de antiquários, lojinhas, restaurantes com ótimo custo-benefício. E dependendo de onde se hospedar, fica pertinho de Puerto Madero e do Centro.

⇒ Desvantagens: o bairro fica bem deserto durante à noite e, por isso, não é muito aconselhado andar a pé dependendo de onde estiver hospedado. De um modo geral, achei San Telmo um charme, mas um pouco sujo.

⇒ Principais atrações turísticas: Feira de San Telmo, Mercado de San Telmo, Estátua da Malfada, Casa Mínima, Praça Dorrego e o Museu de Arte Moderna.

Onde se hospedar em San Telmo

Albergues:

Circus Hostel

Situado perto do Mercado de San Telmo e a quatro quatras de uma estação de metrô, este albergue de estrutura nova possui quartos arejados e decoração em cores claras. Tem como destaque um deck muito charmoso com piscina e restaurante no local, ótima pedida para quem não quiser sair à noite para jantar. Vale ressaltar que o café da manhã não é incluso na diária.

Avaliação dos hóspedes: 8,4 (Ótimo)
Diárias a partir de R$40,00
Veja mais informações sobre o Circus Hostel aqui

America del Sur Hostel Buenos Aires

Na lista dos melhores hostel de Buenos Aires e o melhor de San Telmo, este albergue já foi considerado o melhor hostel da América Latina em 2011. Situado em um prédio com boa estrutura, tem como destaque quartos com decoração moderna, boa localização e atendimento dos funcionários.

Avaliação dos hóspedes: 8,7 (Fabuloso)
Diárias a partir de R$90,00
Veja mais informações sobre o America del Sur Hostel Buenos Aires aqui

Hotéis:

Patios de San Telmo

Situado em um edifício restaurado do século 19, o Patios de San Telmo se encaixa nos hotéis com bom custo-benefício em Buenos Aires. No estilo hotel boutique, este charmoso hotel conta com uma boa estrutura, piscina, terraço e restaurante.

Avaliação dos hóspedes: 8,5 (Ótimo)
Diárias a partir de R$200,00
Veja mais informações sobre o Patios de San Telmo aqui

Aluguel de quartos, apartamentos e casas

E se curte alugar apartamentos, outra opção que pode sair bem mais em conta é alugar uma casa ou quarto através do Airbnb, que é uma plataforma ou um site de aluguel de acomodações ao redor do mundo. Eu já usei algumas vezes e sempre que possível opto por essa opção.

O Airbnb é seguro (lembre-se de ler as avaliações dos hóspedes antes de fazer a reserva) e vantajoso para quem estiver viajando com um grupo de mais de 2 pessoas, ou até mesmo para casais. É possível encontrar acomodações lindas que vão deste casas de luxo com piscina, casa na árvore, chalés e muito mais.

Clique aqui para se cadastrar no Airbnb e ganhe R$130,00 de desconto na sua primeira reserva 

Outras informações

  • caso não queira gastar com táxi, uber ou metrô, a dica é escolher um hotel ou albergue que esteja localizado no Recoleta ou Centro, os dois bairros mais centrais para quem gosta de fazer tudo caminhando (meu caso);
  • se for viajar na alta temporada, lembre-se de fazer as reservas com antecedência;
  • lembre-se que os taxistas de Buenos Aires não têm boa fama, muitos turistas acabam sendo vítimas de golpes de taxistas que cobram a mais que o valor estipulado. Em alguns casos, pode acontecer de entregarem notas falsas de troco. Para evitar este golpe, a dica é não usar notas de valores altos;
  • por questão de segurança, evite os hotéis no bairro La Boca, pois tem fama de ser perigoso.

***As fotos dos hotéis e albergues usadas para ilustrar o post são do Booking.com.


***Confira outros posts de Buenos Aires***

Buenos Aires bairro a bairro

Dicas do que fazer/ver na cidade

Dica de bate e volta


***Receba mais dicas de viagem***


Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples. Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima. Josiane Bravo.



Booking.com


Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades

8 Replies to “Onde ficar em Buenos Aires: os 5 melhores bairros, dicas de hotéis e albergues”

  1. Que mágica a vista desse hostel Tango. Buenos Aires é uma das minhas cidades preferidas na América do Sul. Vou guardar essas dicas pra próxima vez que eu for lá. Obrigada!

    1. Oi Marcela, eu sou suspeita para falar de BA. Amo aquela cidade e também é a minha predileta. Muito obrigada 🙂

  2. Boas dicas, Já fiquei no Dazzle Maipu e adorei, recomendo tambéms

  3. guia super completo! eu adoro Buenos Aires é o legal é saber que possui hospedagem barata e em quase todos os lugares da cidade.

    1. Muito obrigada Flávia 🙂

  4. Amei conhecer Buenos Aires e suas atrações, a cidade é surpreendente e tem muito a oferecer. Bom demais ter outras dicas de hospedagens na cidade, assim a gente pode voltar sempre. Obrigada, beijo.

    1. Muito obrigada Gisele 🙂

  5. Muito completo o guia! Já fiquei em Palermo e em San Telmo, amei os dois!

Deixe uma resposta