Passo a passo – como obter o visto de partner para Holanda (MVV – visto de longa duração)

Por Josiane Bravo

O que é o visto de partner para Holanda e tudo que precisa saber para aplicar para o visto de longa duração (MVV).

Se caiu de paraquedas neste post, é porque cruzou com um holandês(a) na sua vida (como eu), está apaixonada(o), namorando sério (ou casados) e depois de um tempo surge a ideia de morar juntos. Em resumo, se mudar para a Holanda (Países Baixos). No entanto, isso envolve planejamento e questões burocráticas como a solicitação de um visto de longa duração, conhecido como MVV, que serve para quem pretende ficar mais que 90 dias na Holanda.

Além das papeladas que precisa juntar para aplicar para o visto, tem uma exigência que atormenta aqueles que iniciam neste processo, que é o tal do idioma.

Não querendo te desanimar, mas você vai precisar estudar holandês se quiser morar no país com seu amor (eu amo idiomas, então para mim essa parte foi a mais legal do processo, só que ela exige tempo e disciplina).

P.S: para servir de inspiração, eu fiquei 2 anos em um relacionamento à distância (por conta da pandemia, ficamos 10 meses sem nos vemos). Então, é um processo que no final é só abraços e gratidão depois que o casal consegue ficar juntinhos 🥰.

O que é o visto de partner para Holanda – visto de longa duração (MVV)?

O visto MVV é um adesivo que é colado no seu passaporte que te dará direito a ficar na Holanda por até 90 dias. Aqui vale ressaltar que este visto é apenas uma autorização de residência provisória.

Além do MVV, é necessário fazer a solicitação de permissão de residência (verblijfsvergunning em holandês), que é um cartão de residência que te dará o direito de morar no país por 5 anos. Ambos documentos a solicitação é feita na embaixada holandesa no Brasil.

Visto provisório (MVV)

O visto MVV é sua porta de entrada para os Países Baixos, já a carteirinha de residência é sua permissão de morar e trabalhar no país legalmente.

Para que serve então este MVV?

Como só é possível retirar o cartão de residência depois que chegar na Holanda, o visto provisório serve para você entrar legalmente no Espaço Schengen apenas com a passagem de ida.

O visto de longa duração (MVV) também serve para outros propósitos como:

  • Trabalho
  • Intercâmbio/Estudos
  • Partner/Family: para quem tem relacionamento, ou para quem já é casado(a) e para filhos.

Se você se encaixa em um destes perfis e vai permanecer na Holanda por mais de 90 dias, vai precisar do visto MVV.

Na hora de solicitar o MVV, para cada caso os requisitos de documentos, valores e condições variam de acordo com o tipo de visto que vai solicitar. Em alguns casos, como o de au pair, a solicitação é feita por intermédio de uma agência.


Importante: neste post vou falar sobre o visto de partner, também conhecido como visto de parceiro. Aqui vale ressaltar que não é preciso casar para obtê-lo.


Para mais inormações, confira uma visão geral sobre o visto MVV no site do IND.

Quais são os requisitos e como faço para solicitar o visto de Partner (MVV) e cartão de residência?

Exame de Integração Cívica

Se quer morar com seu parceiro(a) no país dos moinhos, o primeiro desafio vai ser aprender holandês. Antes mesmo de dar entrada no processo de solicitação do visto MVV, um dos requisitos é que você seja aprovado em um exame de integração cívica.

Exame de Integração Cívica – Basisexamen inburgering: é um teste em holandês que avalia seu conhecimento da cultura holandesa e língua – nível A1.


Obs: se o seu parceiro(a) não é holandês, não sei informar se vai precisar de fazer o exame de integração. Pelo que li em grupos do Facebook, dependendo da nacionalidade não é preciso. No site do IND você pode conferir se vai precisar ou não de fazer o teste


Voltando a prova, o foco inicial é aprender o idioma, depois disso, fazer a prova. Caso seja aprovado, aí sim começa a parte burocrática de reunir documentos, etc.

Resumindo, o primeiro documento que precisa ter em mãos antes mesmo de dar início no processo é a carta de aprovação do exame de integração cívica que é feito no consulado holandês em São Paulo, sem ela, não é possível dar entrada no pedido de visto MVV.

Comprovação de renda do seu parceiro(a) – sponsor

Além de ter que passar no teste de holandês, um obstáculo para muitos casais apaixonados que querem morar juntos é a questão financeira.

Os Países Baixos é um país caro para viver, mesmo com um salário mínimo atraente, se você quer morar com seu namorado(a), seu parceiro(a) tem que ser seu patrocinador (sponsor), ou seja, ele(a) precisa ter uma renda suficiente para viver com você.

O IND (Imimigratie en Naturalisatiedienst – serviço de imigração e naturalização dos Países Baixos) exige que seu sponsor tenha meios financeiros para sustentar sua parceira(o) – renda independente, suficiente e sustentável.

Em resumo, seu parceiro(a) precisa de uma renda mínima que é estipulada pelo IND de acordo com o tipo de profissão e contrato de trabalho que ele(a) tem. O valor estipulado varia de caso pra caso.

Para nós, o meu namorado precisou comprovar renda de no mínimo 1700,00 euros por mês. Não vou me aprofundar neste requisito pois no site do IND tem todas as informações sobre as condições de comprovação de renda.

Condições para comprovação de renda

neste link você encontra uma visão geral dos valores estipulados para comprovação de renda (obs: isso é seu parceiro(a) que precisa verificar, converse com ele(a) e com base nas informações podem verificar se seu namorado(a) tem condições de aplicar para seu visto.

visto de partner para Holanda - comprovação de renda

Mesmo se você for casada com um holandês, ou se tem filhos com seu parceiro, a regra é: seu parceiro(a) precisa ter meios financeiros suficientes. E o IND é exigente com isso, para trabalhadores autônomos ou empreendedores, mesmo tendo uma renda fixa por mês, eles precisam comprovar a renda por meio de imposto de renda, etc.  

Nessa página você vai responder algumas perguntas para eles analisarem quais são os formulários e documentos que precisa ter para aplicar para o visto, além das condições exigidas para comprovar renda. Com base nisso, você saberá se seu parceiro(a) cumpre as condições exigidas para aplicar para o visto MVV.

visto de partner para Holanda

Atenção:

Outra exigência que pode abalar o emocional neste processo é que a pessoa que está solicitando o MVV precisa aguardar todo o processo no país de origem (para nós brasileiros(a), Brasil).

Se já estiver morando com seu parceiro(a) na Holanda, vai ser preciso voltar para o Brasil para fazer a prova de integração cívica e esperar no país até o final do processo.

Passo a passo – como é o processo para obter o visto de Partner para Holanda (MVV)

Agora que já sabem os requisitos e condições para aplicar para o visto de partner para Holanda (MVV), de uma forma mais detalhada, confira o passo a passo de como fazer para tirar o visto – por onde começar, documentos importantes que precisa ter e no final do post, quanto custa para tirar o visto + outros gastos, etc.

visto de partner para Holanda - exame integração civíca

1) Exame de Integração Civil

Estudar holandês é a primeira coisa que precisa fazer depois que já tiver analisado se seu parceiro(a) tem condições de aplicar para seu visto. Essa prova que muitos têm pavor só de pensar, não é tão difícil e se estudar direitinho, passa de primeiro.

O Exame de Integração Civil (basisexamen) é uma prova toda em holandês que tem duração de + ou – 1 hora (até 1h30) feita no computador.

O nível exigido para fazer o teste é o A1, que é o nível mais básico de acordo com o padrão europeu. Ou seja, com disciplina e foco nos estudos, é possível estudar para a prova em menos de 3 meses (ou +).

A prova é composta por 3 partes: conhecimento sobre a sociedade holandesa (KNS), fala (spreekvaardigheid) e leitura (leesvaardigheid).

Não vou me aprofundar muito sobre como é o exame porque em breve vai ter um post específico dedicado a ela e dicas de materiais que usei para estudar. Só para resumir, eu demorei 3 meses para estudar.


Importante:

Aqui vale ressaltar que todos os documentos que precisa ter para aplicar para o visto não podem ter mais que 6 meses (validade), ou seja, recomendo primeiro estudar para a prova, e só começar a reunir os documentos depois que fizer o teste.

Como o agendamento para fazer a prova pode demorar, caso reúna os papéis com muita antecedência, corre o risco de quando chegar o momento de aplicar para o visto, deles estarem com mais de 7 meses e com isso, não serão aceitos pelo IND já que estes documentos pedem a validade.


Como fazer o agendamento para fazer a prova?

Se já está confidente e pronto para fazer a prova, a próxima etapa é fazer o agendamento do teste. Isso pode ser feito online depois que seu parceiro(a) realizar o pagamento da taxa da prova, que custa 150 euros.

Seu parceiro(a) precisa entrar nessa página, preencher o formulário e realizar o pagamento. Depois que tiver a confirmação recebida por e-mail, você receberá um número, que será usado para fazer o agendamento da prova.

A aplicante precisa fazer o agendamento da prova que será feito no consulado holandês em São Paulo.

O agendamento é feito por e-mail. Você precisa enviar um e-mail para: [email protected] e solicitar para fazer a prova. Depois de recebido, eles enviam as datas disponíveis, que pelo que eu sei, com a pandemia está ainda mais lento.

Já vi relatos de pessoas que só conseguem uma data depois de 2-3 meses. Para mim, só tinha vaga para depois de 1 mês.

Eu fiz o agendamento depois de 2 meses que comecei a estudar. Como já estava me sentindo segura, agendei.

Importante: como as vagas são limitadas, recomendo fazer o agendamento com antecedência.

No dia da prova você precisa chegar no horário marcado e levar seu passaporte + 2 fotos no padrão holandês (para passaporte). Essa foto você pode tirar em uma loja no shopping que fica coladinho com o consulado. Eu fui no mesmo dia, tirei a foto e ainda tive um tempo para tomar um café antes de ir para o consulado.

Quanto tempo demora para sair o resultado da prova?

Depois de realizar a prova, o resultado pode levar até 8 semanas. Eu tive a resposta depois de 3 semanas, achei até rápido, mas isso varia, tem pessoas que recebem com 2 meses.

Dica: enquanto espera o resultado da prova, se quiser poupar tempo, a dica é tentar recolher os documentos que precisa para aplicar para o visto (vou falar sobre eles a seguir).

Com todo orgulho e hiper mega feliz com o resultado, passei com 10 em todas as partes do teste.

A carta de aprovação é enviada pelo DUO (dienst uitvoering onderwijs), e como já dito, este é um dos documentos que precisa para dar entrada na solicitação do visto.

Importante: depois de aprovado, a carta de aprovação do DUO tem validade de 12 meses, ou seja, você tem até 1 ano para fazer a solicitação do visto. Caso passe da validade, tem que fazer a prova de novo.

2) Solicitação do visto (MVV) no IND

Com o resultado do exame de integração civil, que para mim foi a parte mais demorada deste processo já que exigiu preparação e dedicação para os estudos do idioma, chegou a hora de dar entrada no processo para solicitar o visto de partner.

Aqui vale ressaltar que quem dar entrada no processo é o seu parceiro(a) holandês, e ele estará aplicando ao mesmo tempo para sua permissão de residência + visto MVV. Já adianto: se seu companheiro(a) é uma pessoa enrolada, as discordâncias já começam antes mesmo de morarem juntos 😅.

Felizmente meu namorado foi rápido com os documentos que precisou coletar, mas eu precisei ficar no pé dele.

Para dar entrada neste processo pra lá de burocrático, existe 3 opções:

  • Online: foi essa a minha opção escolhida e que muitos optam. É tudo feito online. Documentos digitalizados (escaneados) que serão anexados e o resto é feito através do preenchimento do formulário online.
  • Correio: é preciso imprimir todos os documentos e formulários e enviar para o endereço do escritório do IND.
  • Também há a possibilidade de levar os documentos no escritório do IND, mas eu não sei dizer como funciona já que não fiz este processo.

Documentos que precisa enviar para aplicar para o visto de partner para Holanda (MVV)

De uma forma bem resumida, este é o passo a passo do que precisa fazer para aplicar para o visto (vou falar sobre a aplicação online, que foi o que fiz):

1) Coletar documentos

A primeira etapa antes de aplicar para o visto é já ter todos os documentos necessários coletados (no site do IND tem a página com os links, onde pode baixar os arquivos que precisa imprimir e preencher, além das informações dos documentos que precisa ter). São estes:  

  • Cópia do seu passaporte e de todas as páginas que tenham carimbo – tanto de você como a do seu parceiro(a)
  • Carta de aprovação do exame de integração cívica
  • Formulário preenchido – antecedentes criminais
  • Declaração do patrocinador (verklaring referent)
  • Declaração de relacionamento (relatieverklaring)
  • Escritura Pública Declarátoria de Estado Civil (apostilada e traduzida por um tradutor juramentado)
  • Caso sejam casados, certidão de casamento apostilada e traduzida
  • Para o seu parceiro(a): comprovante de renda, cópia de contrato de trabalho, declaração de imposto de renda, holerites dos últimos 3 meses. Além disso meu namorado precisou enviar a cópia do contrato de aluguel + um documento com informações que a empresa que ele trabalha preencheu, carimbou e assinou.
  • Comprovantes que provam a veracidade do relacionamento do casal: fotos, passagens aéreas, cartas, mensagens e e-mails, etc.

2) Aplicar para o visto (online/correio)

Com tudo em mãos (no nosso caso, todos os documentos foram escaneados já que o processo foi feito online), agora é a hora do seu parceiro(a) aplicar para o visto que será feito pelo site do IND. Seu companheiro(a) vai fazer a inscrição usando o DigiD dele.

Logados no site, neste momento seu parceiro vai ter acesso ao questionário que é composto por várias páginas. É nessa etapa que ele(a) vai anexar os documentos que mencionei, além de responder perguntas sobre o relacionamento de vocês (vou explicar isso no decorrer do post).

3) Realizar o pagamento da taxa de visto MVV

Assim que terminar de responder todo o questionário e anexar todos os documentos, a última etapa é fazer o pagamento do visto que custa 192 euros. E pronto, seu pedido de visto foi enviado.  


Importante: para quem aplicar online, é possível fazer tudo no mesmo dia. A dica é começar a preencher em um horário e dia que seu namorado(a) esteja tranquilo e sem nada marcado, pois para fazer tudo demanda tempo e concentração já que as informações precisam ser digitalizadas corretamente. Caso não seja possível responder em uma única vez, as respostas ficam salvas. Meu namorado fez tudo em menos de 2 horas.


Quanto tempo demora para a aprovação do visto de partner para Holanda (MVV)?

Depois que enviar o pedido do visto, a resposta do IND pode demorar até 90 dias. Seu parceiro(a) pode acompanhar o processo através da página My IND.

No período de espera pode acontecer do IND solicitar mais documentos caso se esqueça de anexar algum documento ou pelo que vi de outros relatos, se o parceiro(a) não tiver fornecido informações relevantes sobre (trabalho, renda, etc).

Importante: antes de enviar o formulário, verifique se tem todos os documentos necessários anexados e se preencheu tudo certinho.

Se esquecer de anexar algum papel, o IND vai te solicitar documentos adicionais e isso vai ter um preço, um atraso na resposta do seu pedido de visto.

No próprio site do IND eles disponibilizam um arquivo que consta toda a documentação que precisa, assim fica mais fácil controlar.

Para ter acesso a este arquivo de checklist, entre neste link (em inglês) e responda as perguntas (sua nacionalidade, a do seu parceiro(a) etc), assim o IND disponibiliza os documentos que precisa de acordo com o seu processo.

Página do IND onde pode encontrar o checklist de documentos
visto de partner para Holanda - MVV - checklist de documentos

Nós aplicamos no dia 27/07/2020 e tivemos a resposta positiva (o sim) depois de 5 semanas.

A resposta da aprovação é por meio de uma carta que é enviada no endereço na Holanda do seu parceiro(a) e ela pode demorar até 90 dias. No nosso caso a resposta foi até rápida, vejo relatos de pessoas que tiveram em 2 semanas, outras demoram exatos 3 meses.

Felizes com o resultado e com a carta de aprovação do visto, a última etapa é agendar uma entrevista no consulado holandês em São Paulo para receber o seu adesivo MVV no passaporte.

Visão geral do processo no site do IND

Nessa página do IND eles disponibizam uma explicação detalhada de como fazer o envio/upload dos documentos. E neste link você encontra todos os formulários que precisa imprimir e preencher. O arquivo em PDF contem várias páginas, mas algumas delas são apenas informações (que não precisa imprimir), outras são formulários que talvez não precisa, como o de turbeculose.

Dependendo do país de origem, é preciso fazer um exame de tuberculose quando chegar na Holanda, mas para nós brasileiros, fazemos parte do grupo de exceções dos países que NÃO precisa.

Documentos necessários para aplicar para o visto

Aqui vou me aprofundar nos documentos que mais me geraram dúvidas e no que eu tive mais dificuldade para achar informações na internet.

Declaração de solteira(o)

Este foi um dos documentos solicitados que mais me deu dor de cabeça foi a tal de declaração de solteira que nada mais é que um papel que diz que você é solteira.

No Brasil não existe uma “certidão de solteira”, então o que eles pedem é uma “escritura pública de estado civil” (Escritura Pública Declaratória de Estado de Celibato).

A minha experiência foi a seguinte, pelo menos em todos os cartórios que eu fui na minha cidade, eles não conheciam este documento e não podiam fazer seguindo o modelo que o consulado pede.

Só para ressaltar, no dia que fui fazer a prova, o consulado me deu um papel com o modelo da declaração. Levei o bendito modelo nos cartórios na minha cidade e mesmo assim eles se recusaram a fazer.

Resumindo, fui obrigada a ir para uma cidade vizinha e por sorte encontrei um cartório que já conhecia este modelo de escritura pública e que puderam fazer (cartório de notas é onde faz escrituras públicas).

visto de partner para Holanda - declaração de relacionamento - escritura pública

Importante:

Para fazer a escritura é preciso ter duas testemunhas para assinar o documento. Além disso, o cartório que fui também solicitou cópias da documentação das testemunhas (RG, CPF).

Só ressaltando que o RG das testemunhas não pode ter mais que 10 anos (pelo menos onde eu fui, eles se recusaram a aceitar o RG da minha amiga, por sorte ela tinha uma carteirinha de assistente social que era válida como uma identidade).

Como vocês perceberam, fazer essa escritura não foi algo rápido, pois além do tempo gasto indo em vários cartórios que não conheciam o documento, você ainda vai precisar ir com 2 pessoas.


Dica: depois que fizer a prova de integração, para poupar tempo a dica é já se informar nos cartórios da sua cidade se eles fazem este documento e pensar em 2 testemunhas. Assim quando o resultado da prova sair (vamos pensar que seja positivo, que tenha passado no teste), você já vai estar com tudo pronto, só basta ir no cartório com as testemunhas e levar o documentos que no caso já estará ciente do que precisa.


A escritura pública de estado civil pode levar alguns dias para ficar pronta, mas isso varia de cartório para cartório.

No meu caso eu enviei os documentos das minhas testemunhas escaneados para o e-mail do cartório e depois eles me enviaram a escritura já pronta para eu conferir se estava correta as informações. No outro dia só fui lá para assinar com as minhas 2 testemunhas e no mesmo dia a escritura ficou pronta.

Vale ressaltar que cada cartório trabalha diferente, eu percebi isso porque fui em vários e cada um me falava algo diferente, teve um que se recusou a fazer a escritura porque não tinha uma certidão de nascimento atualizada (emitida com menos de 7 meses).

Apostilamento de Haia da Escritura Pública de Estado Civil

Depois que a escritura estiver pronta, no mesmo local eu já fiz o apostilamento de Haia.

Importante: nem todos os cartórios fazem o apostilamento de documentos, é bom verificar na sua cidade quais cartórios apostilam.

Tradução juramentada da Escritura Pública de Estado Civil

Com a escritura em mãos e apostilada é hora de fazer a tradução da declaração de solteira que precisa ser feita por um tradutor juramentado.

No dia que fizer a prova, depois que terminar, no próprio consulado holandês em SP eles entregam um papel com os nomes e contatos de tradutores juramentados que moram na Holanda e Brasil.

Se a tradução for feita para o inglês por um tradutor juramento que mora no Brasil, é preciso apostilar a tradução também. Caso faça com um tradutor juramentado reconhecido nos Países Baixos, não é preciso apostilar a tradução.

A minha escritura foi um tradutor brasileiro que mora na Holanda quem fez a tradução, do português-holandês. Ele enviou a tradução para o endereço do meu namorado, que mora em Amsterdam.

Além de passar nervoso com ida em vários cartórios e de perder tempo com isso, o valor deste documento também me assustou, veja só quanto ficou:

  • Escritura Pública de Estado Civil: 441,80 reais (este valor é tabelado e varia dependendo do estado onde mora, tem estados que custa menos da metade deste valor, mas em São Paulo, como sempre, tudo é mais caro).
  • Apostila de Haia: 121,00 – também varia dependendo do estado onde mora, novamente, em São Paulo é tudo um olho da cara.
  • Tradução do português para o holandês: 550,00
Total: 1112, 80 reais. Uma cacetada este valor por um simples documento onde consta que sou solteira.
visto de partner para Holanda - questionário

Comprovantes – declaração de relacionamento

Um dos documentos exigidos para aplicar para o visto de partner para Holanda é que você tenha provas do relacionamento. O IND quer ver que a relação do casal é real.

Para a declaração de relacionamento você pode enviar até 5 arquivos de 8MB no máximo.

Você pode dividir as provas como:  1 arquivo só com fotos, outro contendo passagens aéreas e reservas de hotéis e um só com mensagens trocadas. Eu enviei 3 arquivos, dessa forma como descrevi.

Para quem for aplicar online (meu caso), o questionário com as perguntas sobre o relacionamento é feito online. No dia que aplicamos, meu namorado compartilhou a tela do aplication comigo pelo Skype, então vi em tempo real todo o processo e fomos respondendo às perguntas juntos.

Nós respondemos juntos as perguntas uns dias antes de aplicar para o visto, fizemos um arquivo em word com todas as respostas.


Fiz no PowerPoint uma montagem com as fotos e descrição de onde a foto foi tirada e data. O arquivo deu + ou – uns 5MB e 22 páginas. Em um outro arquivo, fiz montagens com as capturas de tela das passagens aéreas e reservas. Já o 3º, tirei print das nossas conversas pelo WhatsApp (eu tinha todo o nosso histórico de conversas deste o dia que conhecemos, então selecionei as mais importantes, aquelas que constavam as datas e fotos que a gente enviou um para o outro – caprichei).


3) Ir ao consulado holandês em SP – coletar MVV

Visto aprovado (+ carta de aprovação), a última parte do processo é agendar uma visita ao consulado holandês em São Paulo para levar os documentos e passaporte para coletar seu visto MVV e tirar digitais.

A dica é fazer o agendamento o mais rápido possível (que será feita neste site – a opção é MVV Family ao fazer o agendamento), assim que receber a carta de aprovação do visto. Como as vagas são limitadas, melhor se programar para garantir sua vaga.

No dia que for para o consulado, você vai precisar levar uma lista de documentos. São os mesmos que precisou para aplicar para o visto, mas agora você vai levar os originais para eles verificarem.

Os documentos que precisa levar no consulado são:

  • Passaporte (original + cópia do passaporte)
  • Cópia do passaporte do seu parceiro(a)
  • Formulário MVV (preenchido)
  • Escritura Pública de Estado Civil apostilada e traduzida (se casados, certidão de casamento). Obs. eu só levei a cópia da tradução, pois a tradução original foi enviada para o endereço do meu parceiro na Holanda)
  • Carta de aprovação do visto MVV (cópia)
  • Carta de aprovação do exame de Integração Civil
  • 2 fotos no tamanho 3,5 x 4,5 cm (modelo passaporte holandês) No dia da visita no consulado além de mostrar os documentos, novamente suas digitais serão coletadas.

Para a emitir o visto, você precisará deixar seu passaporte no consulado e em um prazo de 10 dias úteis o visto fica pronto.

Receber o passaporte de volta

No geral você vai ter duas opções para receber seu passaporte de volta. A primeira é buscar no próprio consulado, a outra é através da entrega por Sedex.

Por conta da pandemia, o consulado não estava aceitando ir no local para buscar o passaporte. Por isso eu paguei o valor do Sedex (que eles cobram 69,00 reais – pode ser pagamento através de dinheiro ou cartão de crédito).

Depois que receber o e-mail que o visto MVV está pronto, eles enviam um link para a gente rastrear o passaporte e ver a data e hora que o passaporte vai chegar na casa. Claro que eu fiquei 24 horas olhando o site hehe.

4) Receber o passaporte e viajar para a Holanda

Com tudo pronto, depois que você receber o passaporte de volta com o adesivo MVV, é hora de programar o momento mais esperado deste processo, sua viagem para a Holanda.

Aqui vale ressaltar que uma vez que o visto seja emitido, ele só é válido por 3 meses, ou seja, é preciso chegar na Holanda dentro deste prazo.

Quanto tempo demora o processo para obter o visto de partner para Holanda?

O tempo varia, pois isso depende de quanto tempo vai demorar para estudar para a prova. No geral, vejo depoimentos de pessoas que conseguem estudar em 3 meses até menos, que foi o meu caso.

Vamos dizer 3 meses para estudar para a prova + fazer a prova de integração + tempo de espera da resposta da prova + reunir documentos e aplicar para o visto + espera da aprovação do visto (o que pode demorar até 90 dias) + ida ao consulado para coletar o visto MVV + espera/receber passaporte = podemos chutar uns 8 meses (ou + ou até menos).

Já para quem não tem tempo suficiente para estudar holandês, pode ser que demore mais. Como disse, é muito relativo. Por conta da pandemia e trabalhando em casa, eu pude me dedicar mais aos estudos, mas sei que nem todos têm este tempo disponível.

Tem pessoas que são sortudas e tem o visto aprovado em menos de 3 semanas, outras só recebem a aprovação com exatos 3 meses.

Essa foi a duração do meu processo:

  • Exame de Integração Cívica em São Paulo: 18/06/2020
  • Recebimento do resultado da prova: 06/07/2020
  • Envio do application/dia que aplicamos para o visto: 27/07/2020
  • Recebimento da carta de aprovação do visto: 03/09/2020
  • Entrega do passaporte e documentos no consulado de São Paulo: 24/09/2020
  • Recebimento do passaporte em casa (via Sedex): 02-10
  • Viagem para os Países Baixos: 07-11

Quanto custa para tirar o visto de partner para Holanda (MVV)?

De uma forma resumida, estes foram os meus gastos (alguns deles foi meu namorado quem pagou, já que foi cobrado em euros).

  • Transporte: ida ao consulado para fazer a prova: 150,00 reais. Obs. eu estava morando no interior de São Paulo, 1h30m de carro da capital, para quem mora em outros estados do Brasil, este gasto vai ser muito maior já que será necessário ir de avião, além da questão da estadia (hotel).
  • Fotos no tamanho 3,5 x 4,5 cm: 30,00 reais
  • Exame de Integração Cívica = 150,00 euros
  • Escritura Pública Declaratória de Estado Civil: 441,80 reais
  • Apostila de Haia: 121,00 reais
  • Tradução para o holandês da escritura pública: 550,00 reais
  • Taxa do visto MVV: 174,00 euros
  • Transporte: ida ao consulado holandês em SP para coletar o visto MVV: + ou – 150,00
  • Sedex (receber passaporte de volta com visto MVV): 69,00
Total dos gastos (valor euro convertido para 6,30/ referência agosto de 2021): 4498,00 reais.

Além destes gastos, ainda tem o valor da passagem aérea, que não inclui aqui. Eu fui pela KLM pois por conta da pandemia optei em ir em um voo direto para Amsterdam.

Para quem for com escala em outro país, vale ressaltar que nem todos os países conhecem o visto MVV, então por mais que tenha tudo em mãos, pode ser que eles façam perguntas do tipo o que vai fazer na Holanda, etc.

Para quem for com voo direto para a Holanda, a imigração e KLM já sabe sobre o visto, então não terá nenhum problema para entrar no país, no meu caso, eles só olharam o passaporte e eu entrei sem responder nada.

O que fazer depois que chegar na Holanda?

Com tanta burocracia para solicitar o visto MVV, parece que depois que a gente recebe a aprovação a sensação é de alívio (pura ilusão), mas não querendo te desanimar, quando chegar na Holanda ainda tem algumas coisinhas para fazer como:

  • Ir ao IND (Serviço de Imigração e Naturalização) retirar sua carteirinha de residência: verblijfsvergunning é tipo sua carteira de identidade nos Países Baixos. É o documento que comprova sua permissão de residência no país.
  • Registrar na prefeitura do município (ou cidade): para isso, antes de viajar para a Holanda é preciso tirar uma segunda via da certidão de nascimento e depois disso apostilar e traduzir o documento com um tradutor juramentado.

Importante: a certidão de nascimento tem que ser emitida dentro do prazo de 6 meses e este é um dos documentos que precisa levar para se inscrever na prefeitura. Como eu precisei da certidão para fazer a escritura pública de estado civil, acabei usando a mesma. No item anterior não inclui o valor, mas coloque mais este gasto no seu orçamento, tudo ficou em torno de 500,00 reais (tradução, apostilamento + segunda via certidão).


  • Receber o BSN: é tipo o nosso CPF na Holanda, é com o número do BSN que se faz tudo no país, como abrir conta no banco, etc. Depois que se inscrever na prefeitura, dentro de um prazo de alguns dias você receberá uma carta que consta o número do BSN.
  • Abrir conta no banco: isso só é possível depois que receber o número do BSN.
  • Escolher um seguro saúde: na Holanda é obrigatório ter seguro saúde.
carteiri
Minha carteirinha de residência holandesa

Inburgering – Processo de Integração Civil

E dentro de um prazo de até 3 anos, quem aplica para o visto de partner para Holanda ainda precisa fazer o inburgering, então assim que chegar nos Países Baixos, depois de algumas semanas receberá uma carta do DUO onde consta o prazo que tem para fazer a integração.

O inburgering é um processo que eu ainda não fiz, mas assim que fizer venho aqui para contar. Dentro os exames que preciso fazer tem:

  • Participatiesverklaring
  • Exame nível A2 (holandês): já estou no nível B1 e hoje já conseguiria fazer essa prova, mas com tanta coisa para fazer neste país deste o dia que cheguei, vou fazer só ano que vem (2022).
  • Tem ainda o ONA, que até hoje não entendi direito o que é, mas é relacionado a trabalho. Não vou me aprofundar aqui sobre este item. Ah, e todas essas provas e cursos são pagas (e não é nada barato).

E por falar em trabalho, iniciar uma nova vida em um outro país exige começar do zero, e isso envolve procurar um novo emprego.

A minha saga para achar um emprego na Holanda demorou uns 6 meses. Por conta da pandemia e lockdown, estava tudo fechado quando cheguei no país. Só fui conseguir um emprego depois que os lugares abriram.

Resumindo

É um processo angustiante para a nossa mente, mas no final, não é tão difícil como parece. Se programar direitinho, dar tudo certo.

Qualquer dúvida sobre o processo deixe um alô nos comentários. Boa sorte 🙂


***Confira outros posts da Holanda***


***Receba mais dicas de viagens***

Leia também

Deixe um Comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar utilizando o site, suponho que está tudo bem para você, Beleza, por mim tudo bem.