Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca

Por Josiane Bravo
38 comentários

Uns amam, outros odeiam, é o que ouvi sobre a atração mais polêmica e turística de Buenos Aires, o Caminito, um dos locais mais fotografados da cidade.  Eu sou do time dos que amaram esse pedacinho tão colorido e fotogênico da capital da Argentina.

Contudo, para ser honesta, o Caminito é o tipo de lugar que você vai, tira algumas fotos e depois? Depois, se quiser, poderá investir seu rico dinheirinho e sentar em uma mesa em um dos restaurantes ou cafés que ficam no local. No entanto, os estabelecimentos costumam cobrar um valor acima da média, com preços abusivos para o turista. Se puder, melhor evitar comer no Caminito.

caminito em Buenos Aires

Localização

O Caminito fica localizado na periferia de Buenos Aires, no pitoresco La Boca, um bairro portuário que fica ao lado do Rio Riachuelo.

Como o La Boca fica em uma periferia e está classificado como um dos bairros mais pobres de Buenos Aires, o cuidado é redobrado, pois este bairro é famoso por ser perigoso, principalmente durante à noite.

Vale ressaltar que a rua do Caminito, que é a mais famosa do bairro, é um local mais seguro já que é uma atração turística.

Leia também: 15 bons motivos para visitar e se apaixonar por Buenos Aires

História

No passado, o bairro de La Boca era habitado por imigrantes italianos que trabalhavam no porto. Por sua vez, como eram imigrantes com poucos recursos, suas casas (de lata) eram pintadas de diferentes cores. Pela falta de dinheiro, a solução foi usar os restos de tintas que sobravam nas oficinas do porto.

O local se tornou famoso porque em meados de 1950 um grupo de moradores, entre os quais se encontrava o famoso pintor Quinquela Martín, decidiram restaurar e transformar as ruas de La Boca.

A ideia era de transformar o lugar em um museu a céu aberto e por isso as casas de latas foram pintadas com cores bem vibrantes. Como podemos perceber, a ideia foi ótima e hoje a grande atração do Caminito são essas casinhas coloridas que atrai milhares de turistas todos os dias.

E uma curiosidade, o pintor Quinquela batizou a rua de “Caminito” inspirado em um tango de mesmo nome.

caminito em Buenos Aires

O que fazer no Caminito e no bairro La Boca

Basicamente, o passeio pelo Caminito consiste em caminhar por duas ruas de paralelepípedos onde você vai encontrar: artistas de ruas, pintores, dançarinos, restaurantes, lojinhas fofas que vendem artesanato, lojas de souvenirs e a principal atração, ver e tirar muitas fotos das casinhas de lata que são um show de cores para os olhos.

Outra atração do Caminito é o show de tango, que eu não vi, mas se for em algum restaurante ou café, tem alguns estabelecimentos que tem dançarinos de tango para alegrar os clientes.

Dica: caso veja um casal oferecendo roupas e acessórios para você tirar uma foto dançando tango, fuja dessa cilada, pois é tudo pago.

caminito em Buenos Aires

Calle Magallanes

Além da rua do Caminito, que é a principal, bem na sua travessa fica a Calle Magallanes, uma rua com várias lojinhas de artesanato onde você encontrará souvenirs (ímãs de geladeira, chaveirinhos, camisetas, entre outros) e vários objetos com fotos de Mafalda e Maradona.

caminito em Buenos Aires

Ímãs de geladeira

E outro destaque do Caminito é a decoração das lojinhas, que contam com fachadas com bonecos temáticos como o de Diego Maradona. Olha só os detalhes ⇓

Centro Cultural de los Artistas

E na Calle Magallanes também você vai encontrar o Centro Cultural de Los Artistas, um lugar com várias lojinhas que tem como destaque uma decoração que lembra um cortiço.

Fundación Proa

Se você gosta de arte, não deixe de conhecer o Fundación Proa, um centro de arte contemporânea que fica ao lado do Caminito, de frente para o Rio Riachuelo.

Segundo relatos do Tripadvisor, o café da Fundación Proa é excelente.

Já contratou seu seguro viagem?

Apesar de não ser obrigatório ter seguro viagem para viajar para a Argentina, vale lembrar que ele é essencial para viagens internacionais. Para contratar o melhor seguro, eu uso e recomendo a Seguros Promo, site que compara os preços e coberturas das principais seguradoras do mundo. Clique aqui e faça sua cotação online. Encontre os melhores preços e pague em até 12 vezes no cartão de crédito. E o bacana é que os leitores do blog ganham 5% de desconto usando o código TURISTANASNUVENS.

La Bombanera

E a três quadras do Caminito fica outra atração do bairro La Boca que atrai os apaixonados por futebol, o famoso La Bombanera, também conhecido como estádio do Boca Juniors (endereço: Calle Brandsen 805). Foi neste estádio onde o Diego Maradona fez sua fama.

O Boca Juniors é um dos estádios mais famosos da Argentina. O curioso é que na época da sua construção a área destinada para construir o estágio era bem pequena. A solução foi construí-lo de uma forma diferente, lembrando um bombom. Por isso as arquibancadas são bem altas e íngremes, e por este motivo o estádio foi apelidado de La Bombanera.

Compre ingressos para passeios e tours em Buenos Aires aqui

Você também pode aproveitar para conhecer o Museo de la Pásion Boquense, que conta a história do Boca Juniors. Eu não fiz essa visita porque não sou muito fã de futebol, mas se você se interessar, o blog  Família Viagem tem um POST contando sobre a visita no museu e estádio.

caminito em buenos aires

Estádio do Boca Juniors

E na área onde fica o estádio Boca Juniors tem umas lojinhas charmosas. A atração são os bonecos temáticos dos jogadores de futebol da Argentina.

Como chegar no Caminito

Não tem metrô perto do Caminito, ou seja, você vai ter a opção de ir de táxi ou de ônibus. Tem gente que opta em ir a pé, mas isso não é aconselhável. Já ouvi vários relatos de pessoas que foram assaltadas no bairro.

Eu fui de ônibus e achei bem fácil, pois ele te deixará bem na frente do Caminito, na parada que fica ao lado do rio. Você pode usar uma dessas linhas de ônibus: 29, 33, 64 ou 152.

Dicas úteis

  • não é aconselhável andar pelas ruas mais afastadas do Caminito, pois por serem mais desertas, pode ser perigoso para o turista que não conhece a área;
  • passear no Caminito é seguro já que tem policiamento no local, no entanto, ainda acontece casos de furtos no local. Então lembre-se de tomar cuidado com seus pertences como celular, câmeras e bolsas;
  • se estiver visitando Buenos Aires em um fim de semana, o passeio no Caminito pode ser combinado com o bairro San Telmo que fica próximo. A atração do bairro é a feirinha mais famosa da cidade, a Feira de San Telmo que acontece todos os domingos.

E você já visitou o Caminito? Você é do time que AMOU ou ODIOU?


***Confira outros posts de Buenos Aires***

Buenos Aires bairro a bairro

Dicas do que fazer/ver na cidade

Dica de bate e volta

Dicas de hospedagem


***Receba mais dicas de viagem***


Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples. Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima. Josiane Bravo



Booking.com


38 comentários
0

Leia também

38 comentários

Documento de Viagem 7 de setembro de 2016 - 21:27

Estivemos em Buenos Aires em 2013 e somos do time que amam o Caminito, para nós é um lugar encantador. Bela matéria!

Responder
Josiane Bravo 8 de setembro de 2016 - 00:42

Muito obrigada 🙂 Acho que o time dos que amam é bem grande rs.

Abraços.

Responder
mairaps 10 de setembro de 2016 - 16:36

Eu gostei do Caminito, acho que é um ligar TEM QUEIR na Argentina, mas vou confessar que o que amei mesmo foi o estádio do Boca! Gosto de futebol e a visita guiada completa pra mim é imperdível 🙂

Responder
Josiane Bravo 10 de setembro de 2016 - 21:06

Eu confesso que o estágio em si não me agradou rs, pois não gosto de futebol. Mas para os apaixonados por futebol como você, com certeza é um passeio que não pode faltar 🙂

Abraços

Responder
Renata 4 de fevereiro de 2019 - 23:08

Do caminito para o estádio do Boca se vai como? a pé? não é perigoso?

Responder
Josiane Bravo 19 de fevereiro de 2019 - 20:49

Oi Renata tudo bom 🙂 É de boa ir do Caminito até o estádio Boca, a caminhada é rápida e como é pertinho, você pode ir a pé (leva em torno de 8 min caminhando). Sobre segurança, como ainda faz parte de um trajeto mais frequentado por turistas, não é tão perigoso quanto caminhar pelo bairro La Boca, no entanto, vale ressaltar que é preciso tomar cuidado com seus pertences. E evitar caminhar com celular na mão.
Abraços

Responder
Rui Baptista 10 de setembro de 2016 - 17:32

Em dezembro (2016) estive pela terceira vez em Buenos Aires… e voltar ao Caminito é obrigatório. Apesar de ser bom conhecedor, este artigo deu-me ainda mais pistas para quando visitar novamente a cidade: afinal, dizem que não há duas sem três 🙂

Responder
Josiane Bravo 10 de setembro de 2016 - 21:08

Rui, com certeza, o Caminito é do tipo de passeio que apesar de ser basicamente um lugar para fotografar, acho que se voltar para Buenos Aires, seria um lugar que definitivamente voltaria 🙂

Responder
Murilo Pagani 10 de setembro de 2016 - 20:24

Acho super linda as casinhas coloridas, mas acredita que quando fui à Buenos Aires não conheci?! exatamente pelo fato de não chegar metrô até lá e achar que era difícil ir de ônibus!

Depois de ver que é bem fácil certamente visitarei na minha próxima trip por lá! (nem que seja para uma fotinho… hahahha)

Abraço

Responder
Josiane Bravo 10 de setembro de 2016 - 21:10

Hahah, Murilo não acredito que você não foi. Mas te entendo, fiz a mesma coisa com a Estatua da Liberdade em Nova Iorque kkk (arrependimento). Mas é fácil mesmo, e taxi, se tiver com mais pessoas fica barato 🙂

Abraços

Responder
Buenos Aires: o magnífico Rosedal dos Bosques de Palermo – Uma Turista Nas Nuvens 11 de setembro de 2016 - 00:13

[…] Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca […]

Responder
Maria João Proença 11 de setembro de 2016 - 18:14

Uau, que local bonito e pitoresco! Confesso que nunca tinha ouvido falar. Se um dia for a Buenos Aires vou-me lembrar deste artigo. Obrigada!

Responder
Josiane Bravo 12 de setembro de 2016 - 20:24

Muito obrigada Maria João, mesmos sendo um lugar bem turístico, acho que vale a pena conhecer o Caminito quando for para BA 🙂

Abraços

Responder
Luciana Rodrigues 11 de setembro de 2016 - 23:01

Obrigada pela dica útil sobre a segurança do local. Muito lindo ver as casinhas todas coloridas. Evocam pequenos vilarejos de pescadores aqui na Itália, com casinhas super coloridas.

Responder
Josiane Bravo 12 de setembro de 2016 - 20:26

Muito obrigada Luciana. Ai Itália, morro de conhecer esse país, quero fazer igual no filme “Comer, Rezar e Amar”, passar um tempo na Itália aprendendo italiano e comer muitooo.

Abraços

Responder
Daniela Xavier 11 de setembro de 2016 - 23:45

Esse lugar é uma graça, não cansamos de olhar, de fotografar!!!! Belo post!

Responder
Josiane Bravo 12 de setembro de 2016 - 20:28

Rs, muito obrigada Danila 🙂 O Caminitoé um show de cores 🙂

Abraços

Responder
Marlene Marques 12 de setembro de 2016 - 08:41

Gostei muito deste local e de toda a sua cor. Muito interessante a história de como este bairro nasceu. Realmente é um sítio super fotogênico. Só é pena os preços altos cobrados na restauração.

Responder
Josiane Bravo 12 de setembro de 2016 - 20:30

É uma pena mesmo Marlene, algo que não gostei foi esse abuso nos preços 🙁

Muito obrigada

Abraços

Responder
Pedro Henriques 12 de setembro de 2016 - 22:27

Este bairro parece muito pitoresco, acho muito bonito os edifícios multicoloridos e os jogares estilizados em bonecos têm muita piada. Boas dicas e fotos excelentes

Responder
Josiane Bravo 13 de setembro de 2016 - 02:12

Muito obrigada Pedro 🙂 Eu também adoro esses bonecos dos jogadores entre meio o colorido do Caminito, acho uma charme.

Abraços

Responder
Giulia Sampogna 12 de setembro de 2016 - 23:55

Eu também sou das que amou. Vi show de Tango e tudo. Ótima oportunidade para conhecer o estádio do Boca que está aí do lado. Eu amei o museu e conhecer o estádio. Adorei suas dicas. Demais!

Responder
Josiane Bravo 13 de setembro de 2016 - 02:16

Muito obrigada Giulia, eu adorei tudo, mas o tango eu não vi e o museu eu não consegui visitar, vai ficar para a próxima (um motivo para eu voltar no Caminito rs).

Fico feliz com o elogio.

Abraços

Responder
Passeio diferente em Buenos Aires: o Cemitério da Recoleta – Uma Turista Nas Nuvens 2 de outubro de 2016 - 20:02

[…] –Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca –Buenos Aires: o magnífico Rosedal dos Bosques de Palermo […]

Responder
Marcela 6 de outubro de 2016 - 14:03

Oie!!
Eu fui ao Caminito na primeira vez que estive em BsAs e achei ok, bonitinho mas assim… Viu tá visto, sabe?! Não voltei mais lá quando fui pela segunda vez e nem penso em voltar de novo… Tenho meio “birra” desses lugares super turísticos, sempre acho que o pessoal tá ali fazendo de tudo pra pegar seu dinheiro de qq forma… hahaha
Mas é super icônico de BsAs e acho que é legal pra tirar umas fotos e dar uma passeada…
🙂

Responder
Josiane Bravo 7 de outubro de 2016 - 04:11

Haha, concordo com você, o Caminito é daqueles lugares que você só precisa ir uma vez, quanto é que durante os 30 dias que fiquei em BA eu só fui na minha primeira semana. Mas não sei, se algum dia voltar para lá, acho que iria conferir só para tirar foto haha, pois adoro lugares coloridos.

Abraços Marcela, e obrigada pela visita aqui no blog 🙂

Responder
Colonia Del Sacramento: conheça a cidade mais charmosa do Uruguai em 1 dia – Uma Turista Nas Nuvens 31 de outubro de 2016 - 00:57

[…] o mais legal de Colonia, é que a cidadezinha fica super perto de Buenos Aires e a capital do Uruguai, Montevidéu. Então uma ótima dica para quem estiver visitando a […]

Responder
El Ateneo: a livraria mais bela de Buenos Aires e da América Latina – Uma Turista Nas Nuvens 7 de novembro de 2016 - 01:52

[…] Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca […]

Responder
10 passeios imperdíveis para fazer no bairro Recoleta em Buenos Aires – Uma Turista Nas Nuvens 15 de novembro de 2016 - 17:29

[…] Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca […]

Responder
Teatro Colón em Buenos Aires: um dos mais belos da América Latina – Uma Turista Nas Nuvens 7 de dezembro de 2016 - 15:17

[…] Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca […]

Responder
Retrospectiva: as melhores viagens de 2016 – Uma Turista Nas Nuvens 28 de dezembro de 2016 - 20:01

[…] Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca […]

Responder
15 lugares incríveis para conhecer no centro de Buenos Aires – Uma Turista Nas Nuvens 30 de dezembro de 2016 - 20:56

[…] Buenos Aires: um passeio pelo Caminito no bairro La Boca […]

Responder
Jennifer Ribeiro S Amorim 5 de junho de 2017 - 13:54

Dicas maravilhosas, seu blog é muito completo
Me ajudou pois pretendo fazer minha primeira viagem sozinha e suas dicas ficará bem fácil
Obrigada por compartilhar

Responder
Josiane Bravo 5 de junho de 2017 - 19:53

Muito obrigada Jennifer 🙂 A primeira viagem sozinha é sempre inesquecível e Buenos Aires é uma cidade linda e cheia de atrativos para todos os gostos.
Depois venha me contar sobre sua viagem.
Beijos

Responder
Wellington 2 de julho de 2017 - 13:05

Olá. Ótimo post! Suas dicas vão me ajudar bastante 😉

Só uma dúvida: aonde você pegou o ônibus para ir ao Caminito?

Responder
Josiane Bravo 2 de julho de 2017 - 20:16

Muito obrigada Wellington, feliz que o post foi informativo para você 🙂 Então, eu peguei este ônibus no centro, em um local perto do Café Tortoni, não me lembro exatamente o nome da rua. Você pode usar uma dessas linhas de ônibus para chegar no Caminito: 29, 33, 64 ou 152.
Abraços

Responder
Manoel 21 de dezembro de 2018 - 00:12

Amei o caminito. Estive lá em 2015. Irei novamente neste natal.

Responder
Josiane Bravo 1 de janeiro de 2019 - 21:38

Oi Manoel, muito obrigada 🙂 Ah que demais que você vai retornar a BA, amo aquela cidade e preciso planejar um retorno. Feliz 2019

Responder

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar utilizando o site, suponho que está tudo bem para você, Beleza, por mim tudo bem.