Tour Alta Montanha: passeio de 1 dia na Cordilheira dos Andes em Mendoza

Uma cidade charmosa e famosa por causa de ter os melhores vinhos da Argentina, essa é Mendoza, que fica aos pés da maior cadeia de montanhas do mundo em comprimento, a incrível Cordilheira dos Andes. E se você quiser conhecê-la, existe um tour que passa pelos principais pontos turísticos da montanha ao longo do trajeto que liga a Argentina com o Chile. O nome desse passeio é conhecido como Alta Montanha ou  Circuito da Montanha.

Informações sobre o tour Alta Montanha

O tour é pra lá de imperdível para quem quer ver a neve (isso no inverno) e conhecer um pouco mais sobre a história da Cordilheira dos Andes. O tour Alta Montanha é oferecido o ano inteiro, e em geral, é um passeio que dura o dia todo, pois são mais de 400 km percorridos durante o trajeto ida e volta.

Leia também: Roteiro de 2 dias em Mendoza

O tour inicia na cidade de Mendoza e faz o trajeto passando pelos principais pontos turísticos da Cordilheira dos Andes até a fronteira que separa a Argentina com o Chile, um passeio longo, mas que vale a pena 😉

tour-alta-montanha-van
Van do meu tour, estacionada no mirante para ver a represa de Potrerillos

Uma das melhores maneiras para conhecer os principais pontos turísticos da Cordilheira dos Andes é através da contratação de um tour. Você pode comprá-lo pela internet por antecedência, ou se preferir, pode deixar para comprar o tour em alguma agência na cidade de Mendoza. No meu caso, eu comprei o tour no Hostel International Mendoza, albergue que estava hospedada.

Confira aqui opções de hospedagem em Mendoza

Para mais informações sobre o tour oferecido pelo hostel, entre AQUI neste link, onde poderá fazer sua reserva e ver valores. Quando eu fiz este passeio (Ago/2016), eu paguei o valor de 720 pesos argentinos, algo em torno de R$ 160,00.

No geral, o tour Alta Montanha passa pelos seguintes pontos turísticos:

  • Represa de Potrerillos
  • Vilarejo na cidadezinha de Uspallata
  • Estação de esqui Los Penitentes
  • Puente Del Inca
  • Vilarejo Las Cuevas
  • Parque Provincial Aconcágua
mapa-alta-montanha
Foto do site www.mendoza.travel/pt/

Dica importante para quem vai fazer o tour da Alta Montanha: o tour tem início as 7 da manhã, e o horário previsto para voltar a Mendoza é as 19:00. Então, se tratando de passar o dia todo fora, a minha dica é que leve um lanchinho, pois os restaurantes localizados na Cordilheira dos Andes são bem carinhos. Se quiser economizar, acho válido levar alguns sanduíches. Outra dica, se você for durante o inverno, capriche no agasalho, eu recomendo usar pelo menos 2 meias e 2 calças, pois o frio lá na montanha é de doer a orelha (peguei -10 no dia que fui). E lembre-se de levar luvas e um belo casaco para neve, e se possível use uma touca.

tour-alta-montanha-estacao-de-esqui-los-penitentes3
Look do dia para quem vai passar muito frio na Cordilheira dos Andes

O tour Alta Montanha, pontos turísticos visitados

Saindo da cidade de Mendoza, a van percorre a Ruta 7, uma estrada maravilhosa que é rodeada por uma paisagem exuberante, com montanhas multicoloridas, formações rochosas, rios, e muita neve se você for durante o inverno.

A Ruta 7 é uma das principais estradas que liga a Argentina e Chile, e durante o passeio, só pela janelinha da van já é possível tirar várias fotos, pois o trajeto é cheio de mirantes que ficam bem do lado da estrada.  E caso você tenha planos de ir de Mendoza a Santiago do Chile de ônibus, confira este post aqui ⇓

Leia também: Paisagem da janela na viagem de ônibus de Mendoza a Santiago

tour-alta-montanha-rio-mendoza
Esse é o Rio Mendoza, que você vai ver durante uma boa parte do seu passeio (lado direito)

A primeira parada foi na estrada saindo da cidade de Mendoza, pois neste trecho era possível ver a Cordilheira dos Andes de longe, uma imensidão branca que embelezava o caminho. Como ainda era cedo, foi possível ver o nascer do sol, e o que posso dizer é que a foto que eu tirei não ilustra o que os meus olhos viram, pois ver a Cordilheira com a luz do sol batendo sobre ela foi a minha parte favorita do tour. Antes de começar a subir a montanha, a paisagem do trajeto é rodeada por vinhedos.

tour-alta-montanha-nascer-do-sol
Nascer do sol em Mendoza
tour-alta-montanha-nascer-do-sol-na-cordilheira-dos-andes
Tá vendo aquele branco lindo, essa é a maravilhosa Cordilheira dos Andes vista de longe

-Represa de Potrerillos

Começando a subir a montanha, na pré Cordilheira, a segunda parada foi na linda represa de Potrerillos, que fica em torno de 65 km do centro de Mendoza. Trata-se de um lago artificial formado pelas águas do Rio Mendoza.

Como Mendoza fica no deserto, por conta da área seca e árida, a represa de Potrerillos tem um papel fundamental, pois ela além de produzir energia elétrica, também abastece as cidades da região.

tour-alta-montanha-represa-de-potrillos
Represa de Potrerillos

A parada na represa de Potrerillos foi bem rápida, tempo suficiente  para tirar fotos do lugar, que aliás, é de tirar o fôlego. A represa é rodeada por montanhas, formando um contraste lindo com o azul do lago com o marron que o contorna.

represa-potrerillos-mendoza
Represa de Potrerillos vista de outro ângulo

-Vilarejo de Uspallata

A cidadezinha de Uspallata é o lugar onde a maioria das vans turísticas param para fazer um lanchinho, e para alugar roupas de neve. Se sua intenção é esquiar ou brincar na neve com os esquibundas, é nesse vilarejo onde o tour vai fazer uma parada para o pessoal alugar itens necessários como, botas especiais para neve, roupas, tobogãs, etc. Eu não sei informar o valor do aluguel, mas sei te dizer que é por peça. Então a minha dica é, leve um dinheiro extra para alugar as pecas, caso contrário, vá bem agasalhado.

-Estação de esqui Los Penitentes

Próxima parada, a estação de esqui Los Penitentes. Como era inverno, o lugar estava coberto pela neve, perfeito para quem escolheu esquiar. Devido a problemas de saúde, eu evitei participar dessa diversão, e só fiquei tirando fotos do lugar, que é maravilhoso, rodeado de muito branco por todos os lados.

Cordilheira dos Andes -estacao-de-esqui-los-penitentes
Estação de esqui los Penitentes
tour-alta-montanha-estacao-de-esqui-los-penitentes1
Chegando na estação de esqui los Penitentes

Se for fora da alta de temporada, na qual não vai ter neve, a estação de esqui não vai está funcionando, mas você poderá fazer um passeio de teleférico.

tour-alta-montanha-estacao-de-esqui-los-penitentes7
Teleféricos na estação de esqui Los Penitentes
tour-alta-montanha-estacao-de-esqui-los-penitentes
Uma graça esse trailer na estação de esqui los Penitentes

-Cemitério do Andinista

Próxima parada foi o cemitério do Andinista, que fica bem próximo do Parque Provincial Aconcágua. No cemitério estão sepultados os alpinistas que tentaram escalar a montanha mais alta das Américas, a Aconcágua.

Cordilheira dos Andes cemiterio-dos-andistas
Cemitério dos Andinistas

Como o cemitério estava rodeado por neve, não foram todos no grupo que eu estava (do tour) que conseguiram chegar até o lugar, pois a neve estava bem profunda e bem difícil para andar sobre ela. Como sou baixa e bem leve, me atrevi a caminhar pela neve, e além do cemitério, também fui em uma parte que tinha uma linha desativada do antigo trem da Cordilheira. Achei bem bonito a paisagem do lugar, pois era um cenário que estava coberto pela neve, tudo branquinho que parecia que estava sonhando, mas o frio me lembrava que aquilo era real.

tour-alta-montanha-linha-de-trem-desativada-na-cordilheira-dos-andes
Linha desativada do antigo trem da Cordilheira rodeada por muita neve
tour-alta-montanha-cordilheira-dos-andes
Muita neve para um lugar só

-Parque Provincial Aconcágua

Um dos pontos mais altos das Américas, com 6.980 metros de altitude, esse é o famoso Monte Aconcágua, que também é considerada a segunda montanha mais alta do mundo, maior que ela só o Everest. O tour só faz uma parada na entrada do parque, onde tem a famosa placa e lugar onde você consegue ver o pico mais alto da Cordilheira dos Andes.

tour-alta-montanha-entrada-do-parque-provincial-aconcagua
Na entrada do Parque Provincial Aconcágua
-parque-provincial-aconcagua Cordilheira dos Andes
Um cristo que fica na entrada do Parque Provincial Aconcágua

A parada é bem rápida, e o que posso dizer é que o frio estava bem rigoroso nessa parte da Cordilheira, algo em torno de -10. Para os mais aventureiros que forem no verão, é possível fazer um trekking de 2km para chegar a Laguna Horcones, que se trata de um lago com vista para o Aconcágua.

-Vilarejo Las Cuevas

A próxima parada foi em um dos últimos vilarejos do lado argentino, o Las Cuevas, lugar que tem pouco mais de 10 habitantes. É nesse vilarejo onde as pessoas sobem para ver o Cristo Redentor dos Andes, um monumento que fica localizado a mais de 3.000 metros de altitude. Na verdade, o cristo simboliza a fraternidade entre o Chile e a Argentina. Mas como era inverno, o monumento fica fechado por conta da neve, sendo aberto apenas no verão.

E foi em Las Cuevas que o tour fez uma parada para o almoço (isso já era mais de 3 horas). Não lembro o nome do restaurante que paramos, mas ele é bem frequentado pelos turistas e vans turísticas. O restaurante era bem aconchegante e funcionava a base de um buffet livre + sobremesa, que custava 160 pesos argentinos (algo em torno de R$ 35,00). A comida do lugar estava deliciosa, pena que eu não pude tirar fotos, pois a “burrinha” e esquecida Josiane esqueceu de carregar o celular e de levar sua câmera, então uma dica preciosa, quando for para um passeio de um dia todo, lembre-se de levar baterias extras e carregar seu celular.

-Puente Del Inca

Última parada do tour e um dos lugares mais incríveis que vi durante o passeio, trata-se da Puente Del Inca, que fica perto do Cemitério dos Andinistas e do Parque Provincial Aconcágua. A ponte é cheia de histórias e lendas que explicam sua formação natural pra lá de incrível, que nos deixa de queixo caído. Além da ponte, na década de 20, também localizava-se um hotel de águas termais no lugar. Mas depois de uma avalanche, o hotel foi totalmente destruído, só deixando intacta uma pequena capela que fica perto da ponte.

puente-del-inca Cordilheira dos Andes
Puente Del Inca

Além da ponte, também no mesmo lugar se encontra um pequeno vilarejo, onde você encontrará várias barraquinhas de artesanatos que vendem várias coisinhas bem tradicionais do lugar. Por causa da enorme quantidade da neve e do frio severo, confesso que só fui ver a ponte e depois voltei correndo para a van. Mas se você for durante o verão, será um ótimo lugar para você comprar uma lembrancinha para seus amigos e familiares 😉

Leia também: Roteiro prático de 15 dias combinando 3 países: Uruguai, Argentina e Chile

Depois da Puente Del Inca, o passeio chegou ao fim. Quando a van me deixou no hostel, isso já era mais das 7 da noite. Foi um passeio longo, mas que eu adorei e super recomendo.

Para salvar no seu Pinterest ⇓


***Receba mais dicas de viagem***



Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples 😉 Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima 🙂


Booking.com


 

45 Replies to “Tour Alta Montanha: passeio de 1 dia na Cordilheira dos Andes em Mendoza”

  1. Muito legal o posto, Josiane! Nem sabia que existia esse tipo de passeio para ficar um dia nas Cordilheiras. E boa também essa dica dos lanchinhos 🙂 Sempre que faço esses passeios levo uma “merendinha”. hahaha beijos e boas viagens!!

    1. Haha, merendinha é uma boa pedida né 😉 Muito obrigada Diana, esse passeio é incrível.

      Um grande abraço

  2. Gente! Cada foto linda, uma mais bonita que a outra! Adorei o post. Mendoza está com certeza na minha lista 😉

    1. Oi Kessia, muito obrigada pela visita aqui no blog 🙂 Mendoza é linda, quando você for, vai adorar. E fotos na neve ficam lindas, eu adoro.

      Abraços

  3. Nossa, que coisa mais linda! Amo as Cordilheiras, amo Mendoza e toda essa região. Que tour legal e que post completo! As fotos então! Uma mais linda que a outra. Abraços.

    1. Muito obrigada, feliz que gostou. Escrever esse post me bateu uma saudades do meu passeio rs. A Cordilheira é linda demais 🙂

      Abraços

  4. Que passeio maravilhoso, ainda mais uma paisagem de montanha com neve. Demais hein. Mas confesso que sou meio friorento e quando você falou das rajadas de vento no teléferico, fiquei na dúvida, mas acho que o charme mesmo é ir no inverno. Vou me programar para conhecer logo. Abraços.

    1. Haha, muito obrigada Fabio. As rajadas de vento são terríveis mesmo, mas ver a neve e tudo branquinho ao redor não tem preço. E como você mencionou, a neve dá aquele charme. Não sei como deve ser a Cordilheira sem a neve, mas pelo que vi nas fotos, acho que prefiro visitá-la no inverno.

      Abraços

  5. Que maravilhoso, Josi! Amei!! Puxa, tenho muita vontade de conhecer os Andes 😊 beijo grande

    1. Pollyane, feliz com o seu comentário, muito obrigada 🙂 A Cordilheira é linda, espero que você tenha a oportunidade de conhecê-la.

      Beijos

  6. Sou mega fã de montanhas por isso sou suspeito ! Adorei, muito legal, fotos lindas e excelentes dicas, esta região é lindíssima, boas viagens !

    1. Rs, eu também sou suspeita. Adoro montanhas, neve, e tudo ao redor da natureza. Muito obrigada pelo elogio, fotos com neve ficam lindas né 🙂

      Abraços

  7. Que fotografias fantásticas, especialmente a do nascer do sol está brutal mesmo!! 🙂 um dia tambem quero fazer esse percurso e passar pela ponte inca 🙂

    1. Diana, muito obrigada querida. A Cordilheira deixa qualquer foto bonita, mais o toque da neve. E esse nascer do sol, fui contemplada com ele.

      Abraços

  8. A Cordilheira dos Andes sempre sendo linda. Adoro! E com a neve, melhor ainda 😍
    Suas fotos estão um arraso de lindas, deu uma mega vontade de voltar. Beijos =)

    1. Muito obrigada Martinha, feliz com o comentário. Adoro neve, e acho que o branquinho dela deixa qualquer foto linda.

      Abraços

  9. Lidiane Albuquerque says: Responder

    Adorei o post ! Programado explorar essa região, muito linda a Cordilheira. Adorei o passeio. 😉 Bjs

    1. Muito obrigada Lidiane, a Cordilheira é linda demais. Eu adorei o meu passeio.

      Abraços

  10. Que post e relato legal, Josiane. Não conhecia esse roteiro e de ler e ver suas fotos fiquei com muito vontade de enfrentar frio e neve.

    E que foto é essa da Puente del Inca? Rapaz… que coisa maravilhosa.

    1. Haha, muito obrigada Edson. Essa viagem me proporcionou muitas fotos com a neve, que eu adoro. E a paisagem da Cordilheira recompensa o frio cruel que faz lá na montanha. Essa Puente Del Inca é incrível e o mais legal é a história da sua formação 😉

      Abraços

  11. Ah Mendonza, está a tanto tempo na minha lista. E que passeio esplêndido. Adorei suas fotos também. Espero poder fazer esse tour um dia e com certeza colocarei duas calças e duas meias hahahaha . Abraços.

    1. Muito obrigada Giulia, feliz que gostou. Ir bem agasalhada durante o passeio na Cordilheira faz toda a diferença kkkk.

      Abraços

  12. Josi, que post inspirador!!
    Suas fotos estão maravilhosas e ele está super completo! Muito bom saber dessa opção de tour em 1 dia!
    Desculpe se você já falou disso em outro post e eu não vi, mas que época do ano você foi pra lá?
    Beijos e obrigada!

    1. Oi Marcella, feliz com o elogio, obrigada 🙂 Eu fiz esse passeio em Agosto desse ano, uma viagem bem recente. Fui bem no auge da neve, e até esqueci de mencionar no post, mas no dia que fui, até nevou um pouquinho em Las Cuevas. Faz bastante frio, mas toda a paisagem da montanha coberta de neve recompensa 😉

      Abraços

  13. Adorei as fotos. A Cordilheira é mesmo um espetáculo!

    1. Laís, feliz com a visita aqui no blog 🙂 Muito obrigada

      Abraços

      1. Imagina.. adorei conhecer um pouquinho a sua história.. muito inspiradora!! Abraços!

  14. Juliana Moreti (turistando.in) says: Responder

    Fiz esse tour em 2006! Foi minha primeira viagem internacional e primeira viagem com meu marido (na época, recém namorado! hihihihih).
    Foi bom ler teu texto para lembrar de como foi! Mas nao seria suficiente para escrever sobre! 🙁

    1. Haha, que lindo essa viagem com o namorado que hoje é marido. Adoraria ter uma companhia, mas acabei fazendo essa viagem sozinha.

      Muito obrigada Juliana 🙂

      Abraços

  15. Mas que post lindo!!! 🙂
    Eu sou suspeita pq amo tanto tanto montanha e neve… Tenho muita vontade de ir pra Mendoza também, fui pra Santiago e vi a cordilheira toda linda em junho do ano passado.. Nem tinha tanta neve mas já tava lindo! E essa região também no verão deve ser linda!
    Beijão!

    1. Marcela, muito obrigada. Feliz com a visita 🙂 Santiago é lindo né? e a Cordilheira vista de perto é mais linda ainda. Agora quero ir no verão a Mendoza, pois não tive tempo de conhecer as vinícolas 😉

      Um grande abraço

  16. Ainda não conheço Mendoza, mas não fazia ideia de que de lá fosse possível já visitar a Cordilheira. Com essas fotos deu ainda mais vontade de conhecer a cidade e região!

    1. Pedro, Mendoza é uma graça, e o passeio pela Cordilheira foi um dos motivos pelo qual escolhi visitar a cidade.

      Muito obrigada pelo comentário
      Abraços

  17. Olá, tudo joia?! Fiquei inspirado para viajar pro sul das Américas novamente, nossa mas que visual espetacular esse da sua foto inicial hein, fui a Mendoza e não tive tempo de subir na montanha, porém ainda ei de voltar pra conhecer. Abraço!

    1. Oi Luiz, tudo bom 🙂 Muito obrigada pela visita. Esse visual das montanhas é lindo demais né? Eu fui recentemente, mas também quero voltar a Mendoza e da próxima vez quero ir no verão para fazer alguma trilha.
      Abraços

  18. Também morro de vontade de conhecer os Andes no inverno…. amei o post, super completo e com ótimas fotos! Bjs

    1. Muito obrigada Gisele, a Cordilheira é linda demais, um passeio com belezas exuberantes 🙂 Beijos

  19. […] Tour Alta Montanha: passeio de 1 dia na Cordilheira dos Andes em Mendoza […]

  20. Amei teu relato! Vou pra lá em agosto desse ano e seu post foi o mais completo que achei. Estou apaixonada pelas fotos! <3

    1. Boa tarde Lilian, tudo bom 🙂 Muito obrigada pelo carinho, feliz que o post foi útil para você. Este passeio é maravilhoso e tenho certeza que você vai se encantar com as paisagens do tour. Depois vem aqui contar para nós como foi 😉
      Um grande abraço

  21. Ana Paula Mancastropi says: Responder

    Olá, que lindas fotos…. Quando você visitou a Montanha em Mendonza? Estou indo pra lá no final de junho, será QUE VEREI NEVE?

    1. Oi Ana Paula tudo bom. Muito obrigada, feliz que gostou 🙂 Ahh que delícia, você vai amar conhecer a Cordilheira dos Andes. Eu fui no final de julho, bem na alta temporada. Junho é quando inicia-se o inverno, mas é considerado baixa temporada, por isso, pode acontecer de você não vê-la toda coberta de neve como em julho. Como é no final do mês, acho que você tem chances de ver a neve sim 😉

      Beijos
      Volte sempre

  22. Olá!
    Pedi alguns orçamentos (guia privado) mas achei preço um pouco “salgado”. Achas que vale a pena fazer um tour contratando agência de turismo (van pelo que estive lendo).
    Alguma sugestão?

    1. Olá Adriano, tudo bom. Muito obrigada pela visita. Vamos a sua pergunta, eu não cheguei a cotar os valores de um guia privado, pois já imaginei que seria bem mais caro. Como estava viajando sozinha, quis algo onde eu teria a oportunidade de conhecer outras pessoas e este tour que fiz foi perfeito (o da van). Acho sim que vale super a pena fazer este tour, mas como mencionei no post, eu não contratei nenhuma agência. Comprei o tour no próprio hostel onde fiquei hospedada. Caso você não fique hospedado nele, não será um problema, pois eles vendem o tour separadamente. O valor que paguei está na média do preço dos tours em grupos.. Você chegou a entrar no site do tour que fiz? é este aqui: http://www.hostelmendoza.net/alta-montana.asp Se ainda estiver inseguro sobre este tour, lá no site tem a opção de enviar uma mensagem para eles 😉

      Abraços

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: