Santiago do Chile: conhecendo a cidade com o walking tour gratuito

Hoje em dia a maioria das cidades turísticas estão oferecendo o Free Walking Tour, que trata-se de um tour gratuito pelos principais pontos turísticos da cidade.

E como funciona o Free Walking Tour em Santiago do Chile?

O Free Walking Tour é oferecido todos os dias em Santiago, e o ponto de encontro para iniciar o tour é em uma das praças mais famosas da cidade, na Plaza das Armas, que fica no centro. O horário de encontro é as 10:00 da manhã, em frente a catedral.

O tour tem duração de aproximadamente 4 horas e o bacana é que não necessário agendamento. É só você chegar na Plaza das Armas no horário de início e procurar  pelos guias do tour que estarão vestidos com uma camiseta vermelha escrita Free Tour.

plaza das armas
Praça das Armas onde o Free Walking Tour inicia, em frente a essa igreja na foto

Depois que você encontrar os guias, é só aguardar o horário, pois geralmente eles sempre esperam uns minutinhos extras para ver se chegam mais pessoas.

Dica: lembre-se de pedir o mapinha para o guia, nele você vai encontrar todos os pontos turísticos de Santiago (o mapa é de graça). Infelizmente, o meu mapa se foi dentro da minha bolsa, pois fui roubada em Valparaíso. Então, mais uma dica, tome cuidado com seus pertences em Santiago, pois ouvi relatos que a cidade não é tão segura também. No metrô, coloque sua bolsa na frente e evite usar o celular.

Leia também: 25 horas em Santiago do Chile: veja o que fazer em 1 dia

Que idioma o tour é oferecido?

O tour é oferecido em inglês ou em espanhol.

bandeira de santiago
Praça da Cidadania, ao lado do Palácio de La Moneda

Obs: O Free Walking Tour é de graça, mas vale ressaltar que eles funcionam a base de GORJETAS, ou seja, no final do tour, se você gostar do passeio e do seu guia, você decide quanto quer dá de gorjeta.

Roteiro do tour

Em torno das 10:15 iniciou o tour na Plaza das Armas. Essa praça é cheia de história para contar e de prédios históricos super lindos. O legal do Free Walking Tour é que além de você conhecer os pontos turísticos da cidade, você também ouve sobre a história dos lugares que você vai conhecer.

Santiago tour gratuito

Um outro destaque na praça é a linda Catedral, que merece uma visita. Falando sobre visita, vale lembrá-los que no Free Walking Tour você não entra nos lugares, é só um passeio pelas ruas da cidade. Caso você tenha interesse em entrar em algum lugar que gostar, acho válido fazer um passeio em um outro dia e visitar todos os pontos turísticos que mais te chamaram a atenção durante o tour.

Dica: acho interessante fazer o tour logo no primeiro dia, assim você terá um base de onde fica cada ponto turístico e se familiarizar com a cidade.

catedral Santiago tour gratuito
Catedral Metropolitana

Na Praça das Armas você vai conhecer a Catedral Metropolitana (igreja), o prédio dos Correios e o Museu Histórico Nacional.

correo central Santiago tour gratuito
Correio Central na Praça das Armas

O próximo ponto turístico a conhecer é o Antigo Congresso, que fica bem próximo da Praça das Armas e bem na frente também se encontra outro prédio super lindo, a Corte Suprema.

antigo congresso Santiago tour gratuito
Antigo Congresso
corte suprema Santiago tour gratuito
Corte Suprema

E graças ao guia, o Israel, acabei conhecendo sobre a história de um shopping que fica ao lado da Corte Suprema. Não vou contar aqui toda a história porque eu não lembro de tudo, mas o que posso dizer que por causa de um terremoto, o prédio teve que ser reconstruído, e o fato que mais me chamou a atenção é que ele foi construído mantendo a  fachada original do antigo prédio. Pela foto abaixo, você ver a fachada original e esse prédio azul na foto é o novo shopping que está dentro dessa fachada

shopping

A próxima parada foi no Palácio de la Moneda, onde é a sede da Presidência do Chile.

palacio la moneda
Palácio de La Moneda

O passeio continua pelo centro e passa pelo Teatro Municipal e depois passa pelo Cerro Lucia Santa.

teatro municipal em Santiago
Teatro Municipal

Próximo ponto, o belíssimo Museu de Belas Artes que fica bem em frente ao Parque Florestal.

museu de belas artes em Santiago
Museu de Belas Artes

O passeio segue passando por dentro do parque e depois de mais de 2 horas caminhando pelo centro de Santiago, é feita uma pausa no Bairro Lastarria, em frente a sorveteria Emporio La Rosa, na qual eu aproveitei para tomar um delicioso sorvete de chocolate. O guia que recomendou a sorveteria,  uma das mais famosas da cidade, e provado e aprovado, o sorvete de lá é delicioso, um dos melhores que já experimentei.

sorvete empoio da rosa
Sorveteria Emporio La Rosa no bairro Lastarria

O guia nos deu em torno de 40 minutos para comer alguma coisa e caminhar um pouco pelas ruas do charmoso Bairro Lastarria.

bairro lastarria em Santiago
Bairro Lastarria

Saindo do bairro Lastarria, o tour segue em frente, passando novamente pelo Parque Florestal e em direção ao bairro Bellavista.

parque florestal em Santiago
Parque Florestal

Passamos por dentro do Pátio Bellavista e fomos para a última parada do tour, na casa que foi de Nelson Neruda. Depois de um pouco de história sobre este artista chileno, que não vou entrar em mais detalhes por esse post, o tour chegou ao final.

casa de Nelson Neruda
Casa de Nelson Neruda

A caminhada pela cidade durou em média quase 4 horas. Como a Casa de Nelson Neruda fica próximo ao Cerro San Cristobal, aproveitei a oportunidade para conhecer o lugar. No topo do Cerro você encontra vários mirantes, onde é possível ver as Cordilheiras dos Andes do alto Para chegar até o mirante, você pode pegar o funicular, ou fazer como eu fiz, caminhar quase 2 horas até o topo. Para mais informações, falei mais sobre essa atração neste post aqui ⇓

Leia também: Cerro San Cristóbal: uma das vistas mais incríveis da capital do Chile

cerro san cristobal Santiago
Vista da Cordilheira dos Andes no Cerro San Cristóbal

Aqui deixo o roteiro que estava no mapa que recebi do pessoal do Free Walking tour.

  • Plaza das Armas, Catedral, Correios
  • Antigo Congresso
  • Corte Suprema
  • Palacio La Moneda
  • Bolsa de Comercio
  • Teatro Municipal
  • Teatro Munipal
  • Cerro Santa Lucía
  • Barrio Lastarria
  • Museu de Bellas Artes
  • Parque Florestal
  • Plaza Italia
  • Barrio Bellavista
  • Casa de Pablo Neruda
  • Cerro San Cristóbal

E para mais informações, entre aqui no site do Free Walking Tour de Santiago.

Dica: na sua visita a Santiago, tome muito cuidado com golpe dos taxistas, o blog Vamos Por Aí teve essa experiência e contou como foi neste post aqui.

Para salvar no seu pinterest ⇓ Fica a dica 😉



Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar  a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples 😉 Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima 🙂 Josiane Bravo



Booking.com



***Leia também***


***Receba mais dicas de viagem***


28 Replies to “Santiago do Chile: conhecendo a cidade com o walking tour gratuito”

  1. Que legal! Eu fiz um desses em Londres e adorei! É muito bom para conhecer pessoas e a história do lugar!

    1. Eu adorei Kessia, agora quero fazer esse Free Walking Tour em todos os lugares que visitar para ter uma base de como é a cidade. Para quem está viajando sozinha, é ótimo para conhecer novas pessoas.

      Um grande abraço e muito obrigada pelo comentário 🙂

      1. Eu também gosto bastante Josiane! Faço sempre que possível 🙂

  2. Eba, post novo!!
    Saudade de Santiago… Conheci ano passado e tenho muita vontade de voltar! Achei esse tour super legal, não sabia que tinha qdo fui e é uma boa oportunidade pra saber mais sobre a história dos lugares, né?!
    Vishi, e esse perrengue do roubo? Perdeu muita coisa?!
    Eu fui furtada na primeira vez que estive em BsAs, levaram nossa máquina fotográfica e até hoje fico chateada quando lembro.. Até pq a gente tinha ido em um torneio de tênis lá e tava tudo na máquina… 🙁

    Beijão!

    1. Oi Marcela 🙂 Obrigada pelo comentário. Eu adorei Santiago e esse tour foi ótimo, pois estava sem companhia e totalmente sozinha rs. Para saber mais sobre a história dos lugares, o tour é sensacional. Infelizmente o que mais me deixou triste é que me roubaram o celular novinho que tinha comprado antes de ir viajar, o meu tão sonhado iphone que ainda estou pagando 🙁 A minha sorte é que bem no dia eu tinha deixado minha câmera no hostel, senão o prejuízo ainda teria sido maior. Por sorte eu tinha salvado a maioria das fotos da minha trip, mas as fotos da última semana eu acabei perdendo algumas. Enfim, agora tomar cuidado da próxima vez. É difícil prever um furto, né? Ai que triste sobre sua câmera também, eu não ligo muito com coisa material, mas fotos são lembranças e doí quando perdemos tudo que vimos na viagem 🙁

      Marcela, um grande beijo <3 Feliz pelo seu comentário aqui no blog

  3. […] viagem de ônibus no trajeto de Mendoza (Argentina) a Santiago do Chile foi uma experiência incrível. A rota é cheia de paisagens exuberantes, e o grande destaque […]

  4. Ótima dica essa, adorei. Não sabia que tinha isso. Com certeza será algo que vou procurar na minha próxima ida à cidade, que, aliás, eu adoro.

    1. Eu adoro esses walking tours, já fiz 2x e adorei 🙂

  5. Esse tipo de conceito de tour é muito fixe/legal, Santiago parece ser muito bonita com a cordilheira dos andes ao fundo !

    1. Santiago é linda, mas uma pena que é um pouco poluída e a Cordilheira acaba ficando meio que sumida no ar.

  6. Ótima dica. Uma opção bacana de andar pela cidade com alguém que já conhece, de um jeito econômico e ainda dando a chance de conhecer não só pontos turísticos, mas as pessoas também. 🙂

    1. É ótimo Dayana, eu adoro andar e evito usar transporte público, então para mim é o passeio perfeito, além de ser ótimo para fazer novas amizades 🙂

  7. Sou muito fã das Walking Tours e sempre procuro saber quando elas ocorrem na cidade que estou visitando. Não fui na de Santiago, mas, a julgar pelo que escrevestes, parece ser bem legal!

    1. Eu também virei fã dos walking tour e achei o de Santiago bem legal, ótimo para fazer no primeiro dia na cidade que é linda.

      Abraços

  8. Olá,
    É uma iniciativa muito interessante. Já experimentei em Viena e gostei. Santiago parece ser uma cidade muito gira, quero conhecer.

    1. Santiago é incrível e a vista para a Cordilheira do Andes dá todo um charme para a cidade.
      Abraços

  9. Que legal que você fez o walking tour! Eu li sobre ele e ate indico no blog mas qdo fui a Santiago fiz essse passeio por conta, nao casaram os horários. Otimo lra quem puder fazer 🙂

    1. Esse walking tour foi ótimo para mim, pois estava sozinho. Além do que é ótimo para ter uma base de localização no primeiro dia.

  10. Que saudades deu de Santiago ao ler o seu post. Acredita que até hoje não fiz um Walking Tour? :/

    1. Haha, eu acredito. Eu só fiz 2 walking tour até o momento, mas agora viciei, quero fazer até um em São Paulo da próxima vez que for para lá.

  11. Lidiane Albuquerque says: Responder

    Adorei conhecer Santiago, mas quero voltar novamente com meu marido, esta dica do tour é ótima ! Irei procurar. 😉

    1. Eu também quero voltar rs, gostei muito de Santiago e deixei alguns lugares sem conhecer.

  12. Muito bom saber que dá pra se conhecer Santiago andando! Eu adoro cidades em que posso usar o mínimo de transporte! Santiago ainda está na minha lista, só fui no norte do Chile!

    1. Eu também ,amo bater perna e sempre evito usar o transporte público ou taxi. E o norte do Chile está na minha listinha rs, ainda não conheço.
      Beijos

  13. […] Santiago do Chile: conhecendo a cidade com o walking tour gratuito […]

  14. Que legal essa ideia, né? Nós fizemos um desses walking tours gratuitos (na verdade você dá uma gorjeta depois pro guia) em Paris e foi muito bom.

    1. Eu viciei nesses walking tours, quero fazer em todas as cidades que conhecer. É uma ótima maneira para conhecer a história da cidade, e com certeza perfeito para fazer no primeiro dia para ter uma noção de localização dos pontos turísticos da cidade.
      Abraços

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: