Norway in a Nutshell – como é o tour de um dia mais famoso da Noruega

A Noruega foi o primeiro país escandinavo que tive o privilégio de conhecer. Uma terra conhecida por suas belezas naturais de tirar o fôlego, os famosos trolls, fiordes, guerreiros vikings, além de ser um dos mais ricos de toda a Europa. Agora você sabia que é possível ver o que o país tem de melhor através do Norway in a Nutshell, que trata-se de um dos passeios mais famosos da Noruega.

O que é o Norway in a Nutshell?

Trata-se de um tour de um dia (ou mais) oferecido pela empresa Fjord Tours no qual você vai ver tudo o que o país tem a oferecer em apenas um dia, incluindo paisagens das mais deslumbrantes como várias cachoeiras, vilarejos fofos que ficam às margens dos fiordes, rios, montanhas, picos nevados, passeio de trem por uma das rotas mais belas do mundo e um cruzeiro pelos fiordes da Noruega.

Mapa com a rota do Norway in a Nutshell

Em inglês, o termo “in a nutshell” faz referência a toda a Noruega em um dia só (Noruega em uma Casca de Noz), ou seja, uma pitadinha do melhor do país em um dia.

Como funciona o Norway in a Nutshell?

O Norway in a Nutshell é um pacote (podemos chamá-lo de passe ou tour) que você compra no qual envolve uma combinação de transporte público (ônibus, trem e barco). Vale ressaltar que diferente dos demais tours que estamos acostumados a fazer, este aqui não tem guia, ou seja, não vai ter ninguém para orientar o passeio.

Tour sem guia, então como funciona? Você escolhe a cidade de onde quer partir, que pode ser Oslo, Bergen, Voss ou Flåm, e depois a cidade de retorno. No entanto, também é possível comprar apenas o ticket sem retorno (somente ida).

Agora  a parte mais interessante e que faz desse tour um pouco que diferente é que na verdade o que você está comprando são os tickets para essa combinação de transporte público que mencionei anteriormente. Dito isso, o seu guia vai ser os tickets que vai receber, onde estará escrito o horário e lugar de partida.

Leia tambémO que fazer em Oslo na Noruega – 10 atrações imperdíveis

Os horários dos transportes são bem pontuais, então para não se perder o negócio é localizar as pessoas que também estão fazendo o tour e seguir o fluxo. E diquinha, no dia do passeio não vacile com os horários, pois qualquer bobeira ou atraso pode fazer com que perca o bonde e acabe perdendo o transporte.

Paisagem vista no mini cruzeiro pelos fiordes

E apenas uma observação, mesmo parecendo um pouco confuso este uso de transporte, eu achei tudo muito bem organizado. Mais adiante explicarei com mais detalhes sobre cada etapa do passeio.

Como comprar o ticket para o Norway in a Nutshell?

Se preferir, é possível comprar o ticket pela internet e montar seu itinerário através do site da empresa Fjord Tours que tem opção em inglês. Mas vale ressaltar que essa opção é válida apenas para quem possui cartão de crédito internacional.

Depois que realizar a compra online você receberá um e-mail contendo o número de confirmação. No entanto, mesmo para quem opte pela compra online ainda será necessário comparecer na agência da empresa para pegar os tickets impressos.

Paisagem vista na viagem de trem de Myrdal-Flåm

A agência da Fjord Tour fica localizada na estação de trem e no voucher que receberá vai conter todos os tickets para cada transporte, informando a descrição do roteiro e os horários de partida e localização. A dica que eu super recomendo é para não deixar para pegar o seu ticket no dia do tour, pois dependendo do horário a agência poderá está fechada. Dito isso, planeje para pegar os tickets no dia anterior ao passeio.

Caso não possua o cartão de crédito, não fique triste, é possível comprar o passeio na própria agência.

E quanto custa o Norway in a Nutshell?

Tá aí algo que me assustou à princípio, o bendito valor do Norway in Nutshell não é nada barato. Aliás, o que é barato na Noruega né? Mas não se assuste, digo em voz alta que foi um dos meus melhores investimentos da minha viagem. É um passeio que vale cada centavinho. O valor? Algo em torno de 200 euros, mas o preço varia de acordo com o itinerário que escolher (já explico essa parte mais adiante), já que este tour pode ter a duração de um dia ou mais dias.

Além do Norway in a Nutshell, a empresa também oferece outros passeios como:

Paisagem vista na viagem de trem de Myrdal-Flåm

Itinerário do Norway in a Nutshell (Oslo-Bergen) – como ficou meu roteiro

Ao fazer a compra do tour pela internet você quem escolhe a cidade de onde quer partir, ou seja, é possível customatizar todo o seu itinerário de acordo com o quanto de tempo tem disponível para a viagem.

No meu caso optei em sair de Oslo e terminar o passeio em Bergen. Ou seja, só comprei a ida (one way). Também é possível fazer o inverso, sair de Bergen e terminar em Oslo.

Vale ressaltar que para quem optar em sair por uma cidade e comprar o ticket sem retorno, é bom ter em mente que se estiver com muita mala, essa opção pode ser um pouco mais desafiadora, já que terá que locomover as bagagens em todo o passeio. Claro que me refiro a malas grandes e com muito peso.

Fiorde

Outra opção é comprar o ticket com retorno, que pode ser feito no mesmo dia ou no dia seguinte (ou no dia que desejar). Um exemplo, você sai de Oslo e retorna à cidade durante à noite, depois que o tour terminar. Ressaltando que o tour leva em torno de 12 horas, começando de manhã e terminando no final do dia. Então para quem optar por essa opção tenha em mente que será uma viagem bem longa, terminando de madrugada.

Outro exemplo, você vai sair de Oslo mas quer aproveitar a viagem para conhecer mais Bergen, vamos dizer algo como 3 dias. Então, é só escolher as datas e o destino lá no site e colocar essa opção de ida/volta (round trip em inglês).

Ressaltando que é possível ficar mais de um dia em cada cidade do itinerário, tudo isso fica ao seu critério na hora de comprar o ticket pelo site, basta informar as datas e o tempo de estadia em cada cidade.

E se optar em retornar no dia seguinte, vale ressaltar que ainda tem a parte da estadia.

A hospedagem pode ser reservada à parte, o que sai mais em conta, ou também é possível comprar o pacote completo já incluindo o local de onde vai dormir.

Apenas como uma referência, aqui deixo um resumo de algumas opções de itinerário do Norway in a Nutshell.

  • Oslo – Myrdal – Flåm – Cruzeiro pelos Fiordes – Gudvangen – Voss – Bergen (ou inverso, saindo de Bergen e voltando por Oslo)
  • Voss – Gudvangen – Barco pelo Fiorde – Flåm – Myrdal – Voss (pode ser o trajeto inverso também)

Agora que você já está mais familiarizado com as opções de itinerário, vamos falar sobre o roteiro que optei (Oslo-Bergen). Independente do roteiro que escolher, o percurso vai incluir basicamente os mesmos lugares como Myrdal, Flam, o cruzeiro pelos fiordes, Gudvagen e Voss. Para faciliar, vou explicar cada trajeto do tour por etapas.

Então ficou assim o meu roteiro: Oslo – Myrdal – Flåm – Cruzeiro pelos Fiordes – Gudvangen – Voss – Bergen

Na estação de trem de Myrdal

1º Trajeto – de Oslo até Myrdal (ônibus + trem)

Com os tickets em mãos e apenas uma mochila e uma mala de rodinha às 8:25 estava programada a partida do meu primeiro trajeto, que sairia da Estação Central de Oslo (Oslo S) com destino a Myrdal. A minha dica é chegar antes do horário programado para localizar a plataforma e não se perder. E claro, se puder, já tente localizar as pessoas que estão fazendo o Norway in a Nutshell para seguir o fluxo.

No meu caso, o primeiro transporte usado foi um ônibus de Oslo até Drammen e de lá foi feito a mudança para um trem até Myrdal. No entanto, nos outros blogs que pesquisei todos mencionam que só pegaram um trem, não sei o porquê do ônibus, mas foi um trecho rápido.

Paisagem vista na viagem de trem de Oslo-Myrdal

Este primeiro trajeto tem a duração de umas 5 horas. No ticket impresso que receber estará escrito com detalhes o número do assento e vagão (obs: é necessário a reserva do assento para este trecho, mas quem faz as reservas é a própria Fjord Tours). Como é o trem? De um modo geral achei as poltronas bem confortáveis, além disso também tem wifi e vagão-restaurante.

O trajeto todo de Oslo até Myrdal já é uma atração, recheado de paisagens montonhosas de tirar o fôlego como o lindão do Hardangervidda, que trata-se de um planalto de montanha na região de Hardanger. Essa parte que fica bem nos alpes estava toda coberta de neve quando fui, e olha que ainda era outono, e um dos destaques que mais mais impressionaram foi ver as vilinhas de longe em meio ao branco que cobria tudo.

Resumindo, você vai passar por paisagens das mais diversificadas, portanto, não desgrude o olho da janelinha para não perder nada. Obs: o meu assento não foi na janela, mas como o trem estava vazio em boa parte da viagem, tive a oportunidade de ficar sentada sozinha em uma poltrona com vista para a linda paisagem.

2º Trajeto – de Myrdal a Flåm (trem)

Às 13:00 cheguei na estação de trem de Myrdal, uma cidadezinha que fica a 865 metros de altitude, já imagina-se o quão linda é a paisagem lá do alto da montanha né.

O próximo embarque estava marcado às 13:27 para o que me refiro à parte mais impressionante da viagem, onde embarcaria no famoso Flamsbana, um trem panorâmico que passa pelas paisagens mais cênicas do passeio, aliás, foi reconhecida pela revista Lonely Planet em 2014  como “a mais bonita jornada de trem do mundo”.

Estação de trem de Myrdal

O Flamsbana é um trem especial no qual seu interior é todo decorado com uma decoração antiga no estilo vintage. E detalhe, não é necessário a reserva do assento, ou seja, corra para pegar um lugar na janelinha para apreciar cada segundo do passeio.

Na minha viagem o trem estava bem vazio, então durante todo o trajeto fui mudando de assento de acordo com às paisagens.

Trem Flamsbana

E apenas por curiosidade, o Flamsbana pecorre a Flåm Railway (Ferrovia Flam), considerada uma das ferrovias mais íngremes do mundo e uma obra prima da engenharia norueguesa. O motivo? A ferrovia levou 20 anos para ser construída e grande parte dos túneis do trajeto foram escavados à mão.

O trajeto de trem de Myrdal à pequena cidade de Flåm leva em torno de 1 hora. E detalhe, o trem desce uns 20 quilômetros de desfiladeiro passando por paisagens das mais deslumbrantes ao longo de todo o trajeto.

O que você vai ver durante o passeio? A cada túnel uma surpresa, deste várias cachoeiras, pequenos vilarejos e muito verde por todos os lados. E além de tudo o trem ainda faz algumas paradas durante o caminho como uma paradinha de algo de 10 minutos para ver a cachoeira Kjosfossen, uma maravilha da natureza que pode ser apreciada de pertinho.

Cachoeira Kjosfossen

Chegando em Flam, mais uma surpresa, o pequeno vilarejo é um charme visto de longe. Aliás, se você tiver mais tempo no seu roteiro, algo que eu faria, ficaria pelo menos uma noite nessa cidadezinha. Como mencionei antes, é possível pernoitear em qualquer uma das cidades do Norway in a Nutshell.

Flåm vista de dentro do trem Flambasna

Sobre Flåm: trata-se de uma cidadezinha que fica aos pés do fiorde Aurlands. Chegando na vila é possível visitar o museu da ferrovia (The Flam Railway Museum) que fica coladinho com a estação de trem. Eu acabei não o visitando, mas acho interessante para quem tem interesse em saber sobre como foi a história da construção da Ferrovia Flam. E ressaltando, a entrada ao museu é gratuita.

Antes de partir para o próximo trajeto (o cruzeiro pelos fiodes), a gente ainda tem um tempinho para fotografar e explorar a area onde encontrará além do museu, lojinhas de sovernirs, restaurantes, banheiros e uma linda paisagem ao redor.

3º Trajeto – cruzeiro pelos fiordes Aurlandsfjord e Nærøyfjord (barco)

Depois de um tempinho em Flåm, embarquei em um enorme barco (ferry) para fazer o tão famoso passeio pelos fiordes Aurlands e Nærøy.

O que é um fiorde? Não sou uma boa entendedora no assunto, mas segundo nosso amigo Wikipédia, fiorde é uma grande entrada de mar entre altas montanhas rochosas. E os fiordes da Noruega são considerados os mais famosos do mundo.

Sobre o barquinho: assim que você chegar na estação de trem em Flåm vindo de Myrdral será possível avistar o grande barco que fica ancorado ao lado. É este aqui da foto ⇓

O barco no geral é bem confortável e não é preciso reservar assento, ou seja, fique atento ao horário de embarque e tente não ser o último da fila, pois quanto mais rápido for, as chances de encontrar um assento ao lado da janelinha será maior.

Eu preferi sentar no primeiro andar, em um assento que tinha mesa e perto do bar com café. De um modo geral, durante todo o passeio a grande maioria das pessoas estarão do lado externo admirando a linda paisagem dos paredões rochosos que contornam os fiordes, os charmosos vilarejos que são vistos de longe e que parecem ser tão pequenos, várias cachoeiras que caem sobre os paredões de montanhas, enfim, é uma paisagem natural tão impressionante que é difícil querer ficar sentada.

Obs: como estava viajando no outono, o frio já estava bem cruel, então não consegui ficar muito tempo lá fora. Disso isso, lembre-se de ir bem agasalhado 😉

O passeio de barco leva em torno de 2 horas e durante todo o trajeto é mostrado em uma telinha na parte interna o mapa do percurso, falando sobre os fiordes.

4º Trajeto – de Gudvagen até Voss (ônibus)

Depois das 2 horas maravilhosas, o passeio de barco chegou ao fim, terminando em Gudvagen, uma cidadezinha mega pequena que fica as márgens do fiorde Naerøy.

Em Gudvagen encontra-se uma lojinha de souvernir, banheiros e uma vilinha com um riozinho bem fotogênico ao lado. Chegando lá você avistará vários ônibus parados, que será o meio de transporte usado para o próximo trajeto até Voss. O meu ônibus estava com o letreiro escrito Norway in a Nutshell, então foi bem fácil identifico-lo. Antes de partir, ainda tive algum tempinho para fotografar o rio que mencionei.

E sobre o trajeto em si de Gudvagen até Voss, o ônibus estava lotado. E como já estava escurecendo não foi possível ver a paisagem toda, mas pelo pouco que pude ver ainda com a luz do dia, é simplesmente maravilhosa, recheada de vários rios, cachoeiras, ou seja, mais uma chuva de paisagens de tirar o fôlego. Se você for fazer o trajeto oposto (de Bergen à Oslo), será possível ver a paisagem durante o dia, já que passará por lá na parte da manhã.

Gudvagen

5º Trajeto – de Voss até Bergen (trem)

Chegando em Voss, às 19:38 estava marcado o próximo e último trajeto do passeio, que seria uma viagem de trem de em torno 1 hora e meia até o destino final, a charmosa Bergen. Aproveitei para pernoitear por 2 dias lá e a minha dica é se você tiver tempo no seu roteiro, é de pelo menos 3 dias para aproveitar a cidade com calma.

Leia também: O que fazer em Bergen em 2 dias – 15 lugares imperdíveis

Bergen no outono

Informações úteis

  • Recomendo que leve um agasalho mesmo para quem for fazer o passeio durante o verão;
  • Se possível, leve água e lanchinhos para matar a fome durante o passeio. É possível comprar comida no trem, mas já vou adiantar que é cara. Então melhor se prevenir para economizar um pouquinho;
  • Atente-se as informações dos tickets que receber e guarde-os em um local seguro para não perde-los;

Euu ameiii tudo, não tenho o que reclamar de nada deste passeio, a única coisa que faria se tivesse mais tempo seria pernoitear pelo menos uma noite em Flåm para explorar o lugar com mais calma. E claro, adoraria fazer alguma trilha pela região.

Para salvar no seu Pinterest ⇓


***Confira outros posts da Escandinávia***


***Receba mais dicas de viagem***


Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples? Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima? Josiane Bravo



Booking.com

19 Replies to “Norway in a Nutshell – como é o tour de um dia mais famoso da Noruega”

  1. Ahhh, adorei seu relato! Estou de viagem marcada para Noruega em outubro e um dos passeios que vou fazer é esse. Tinha pensado em ir de avião de Oslo a Bergen e fazer o passeio de Bergen, mas agora com seu relato, mudei de ideia. 🙂 Sensacional

    1. Muito obrigada Vanessa 🙂 Ah você vai bem na época que fui, em pleno outono. Eu nem cogitei na ideia de ir de avião justamente por conta da paisagem, acho que a viagem de trem é maravilhosa e não é longa.
      Abraços

  2. […] Norway in a Nutshell – como é o tour de um dia mais famoso da Noruega […]

  3. […] Norway in a Nutshell – como é o tour de um dia mais famoso da Noruega […]

  4. Marcela (@tripsandroadtrips) says: Responder

    AAh que delicia ver esse post aqui!! Matei as saudades desses lugares tão lindos!

    Fizemos alguns desses passeios ano passado, mas não o Norway in a Nutsheel pq a gte tava de motorhome, então a gente ia por conta própria até as cidades… Fizemos o trajeto de Flam pra Myrdal de trem, descemos de volta de bicicleta (e foi uma das partes mais divertidas da viagem!) e no dia seguinte pegamos o barco em Myrdal pra fazer os fiordes Aurlands.

    Eu lembro que você foi um pouco depois de mim (fomos no final de agosto) e a paisagem que você pegou já tava totalmente diferente… Nem consigo imaginar no frio que você pegou no barco, pq em agosto a gente já quase morreu congelado pra tirar umas fotos lá fora… hahahaha

    A Noruega é um país muito especial… Não é uma viagem barata, mas valeu cada coroa norueguesa que gastamos!! E ainda ficou faltando tantos lugares pra conhecer…

    Beijão!!

    1. Oi Marcela tudo bom. Muito obrigada pela visita. Ah eu lembro da sua viagem, meu sonho é fazer algo parecido rs, viajar pela Noruega de motorhome deve ser incrível. Ahhh que demais o passeio de bike, uma aventura não é. Haha, confesso que passei muito frio no barco, mas deu para sobreviver porque a paisagem é realmente de tirar o fôlego que faz até a gente se esquecer do frio kkk. Eu ameii a Noruega e não vejo a hora de voltar, o país tem muito lugar lindo para conhecer para apenas 6 dias de viagem (meu caso). Quero muito conhecer o norte e ver a aurora e fazer trilhas da próxima vez. E por que seja um país caro, como disse, vale a pena cada coroa 😉
      Abraços Marcela

  5. Fizemos esse passeio e amamos! Realmente muito bem organizado e fácil de executar. Super vale a pena!

  6. realmente esse passeio é incrível! achei ótimo pois já reúne as partes mais lindas que nos remetem a noruega!

    1. É um passeio imperdível Angela, e como disse, uma ótima maneira de ver várias paisagens da Noruega em um dia.
      Abraços

  7. Ana Carolina Miranda says: Responder

    Amei seu post! Ainda não conheço a Noruega mas fiquei morrendo de vontade de conhecer e já anotei suas dicas, pois pretendo utilizá-las em breve

  8. Que demais! País lindo! Um verdadeiro sonho! Adorei a dica do Norway in Nutshell, parece ser muito produtivo e muito bem aproveitado! Adorei a ideia, ainda não tinha visto.

    1. Muito obrigada 🙂 É realmente um país encantador. Sonho em voltar para conhecer outros lugares.
      Abraços

  9. Que espetàculo! Adorei Josy….. concordo sim que, apesar de caro, valeu cada centavo! Tuas fotos estão cada vez mais lindas!

    1. Muito obrigada Jú, e como valeu a pena 🙂
      Abraços

  10. Leandro Lima Queiroz says: Responder

    Olá Josiane. Belo post o seu! Parabéns!! Estou viajando com a minha esposa em out/2018. Pegarei um vôo de Copenhague para Bergen, onde consegui por uma super promoção. Ficarei 2 noites em Bergen e partirei bem cedo pelo Tour Norway in a nutshell, com destino a Oslo. Ficarei 1 pernoite em Fläm no meio do percurso também. Minha pergunta é: Quais os horários disponíveis de saída de Fläm para Myrdall? Fiz algumas pesquisas e consegui encontrar os horários de 12h e 16h (apenas esses 2 horários). Você me confirma essa informação?
    Obrigado.
    Leandro

    1. Olá Leandro tudo bom? Muito obrigada pela visita e pelo elogio.
      Aww que demais que você vai conhecer este país maravilhoso e Copenhague também. E que sorte hein pegar essa promoção 😉 Sobre os horários, acabei de verificar aqui, vou deixar este link para você conferir todos os horários disponíveis (são vários pelo que olhei, 6 no total para o mês de outubro).
      https://www.visitflam.com/globalassets/pdf/rutetider/rutetider-2018/flamsbana_rates_timetables_2018.pdf

      https://www.visitflam.com/flamsbana/about-the-flam-railway/flam-to-myrdal/ (o site está em inglês)

      Em todo o caso, para melhores esclarecimentos sobre os horários, sugiro que entre em contato com o pessoal da Fjord Tours 🙂

      Desejando aqui que sua viagem (tour) seja tão linda quanto foi a minha. Se lembrar depois, ficarei muito feliz com o seu relato depois da viagem 🙂
      Abraços
      Josiane Bravo

  11. patricia de fatima fogaca maynard says: Responder

    Olá Josiane, amei seu post, lindo e esclarecedor!
    Irei em Setembro/2018, vou pegar meus tickets na estacão de Oslo. Por favor, como e quando tenho que fazer as reservas de lugares?
    obrigada e beijos

    1. Olá Patricia tudo bom. Muito obrigada, feliz que você gostou. Sobre a reserva de assentos, foi automática, eu não tive que fazer as reservas, pois quem faz isso é o próprio pessoal da Fjord Tours 😉 Só descobri o número do meu assento nos trens no dia que fui pegar meus tickets. Vou até salientar no post sobre isso, acho que deu a entender que somos nós que fazemos a reserva rs.
      Abraços e tenha uma ótima viagem em Setembro 🙂
      Josiane

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: