Cerro San Cristóbal: a vista mais incrível de Santiago do Chile

Quando ouve-se falar da capital do Chile, a primeira coisa que me vem a mente é a maravilhosa Cordilheira dos Andes que embeleza ainda mais Santiago. E se você quiser ver essa montanha linda que fica toda coberta de neve durante o inverno e a cidade vista de vários ângulos, um dos lugares mais procurados pelos turistas é o famoso Cerro San Cristóbal. Além dele, tem outros 2 mirantes que também vai te proporcionar vistas panorâmicas da cidade, o mirante do Cerro Santa Lucía e a vista lá das alturas no prédio mais alto da América do Sul, o Sky Costanera.

Leia também: Santiago vista do alto no mirante do Cerro Santa Lucía

Agora você deve está se perguntando, o que é este tal de “cerro”, vamos lá, apenas para deixar mais explicadinho, cerro em espanhol siginifica morro ou colina em português. Ah tá, então o Cerro San Cristóbal é um morrão que fica localizado no Parque Metropolitano de Santiago, classificado como um dos maiores parques urbanos do Chile.

O único defeitinho que quero apontar para Santiago é a terrível poluição do ar que atormenta a visibilidade. Algumas pessoas a classificaram como névoa. Se você for sortudo e pegar um dia pós chuva, talvez  seja possível ver a cidade com o ar mais limpinho.

Cerro San Cristóbal em Santiago do ChileVista exuberante da Cordilheira dos Andes e de Santiago

Como chegar no Cerro San Cristóbal?

O Cerro San Cristobál fica localizado no charmoso e agitado bairro do Bellavista, na rua Pio Nono, 450. Para chegar até lá, a estação de metrô mais próxima é a Baquedano (linhas 1 e 5), que fica em torno de 5 quadras da entrada do parque. E para chegar até o ponto mais alto do cerro, onde fica o famoso mirante que vai te proporcionar uma vista panorâmica da cidade, você tem as seguintes opções:

Funicular: essa é a opção mais rápida e a mais tradicional. Trata-se de uma espécie de trenzinho que leva os turistas até o mirante do Cerro San Cristóbal .Durante o percurso, ele faz duas paradas, a primeira é no Zoológico e a segunda e última é no ponto mais alto do cerro, conhecido como Cumbre. Para comprar os ingressos, a estação do funicular fica na Rua Pio Nono, na entrada do parque. Nos dias de semana, a entrada custa (ida e volta) 2 mil pesos chilenos e nos fins de semana 2600.

Horário de funcionamento:
Verão: de terça a domingo funciona das 10h às 19h45 e de segunda das 13h às 19h45.
Inverno: de terça a domingo das 10h às 18h45 horas e  de segunda das 13h às 18h45.

Funicular – foto do querido blog Vamos Fugir

Teleférico: durante alguns anos o teleférico ficou sem funcionar, mas para a alegria do turista, no final de 2016 foi anunciado o seu retorno. Não fiz este passeio porque quando fui ele ainda estava inativado, mas imagino que deve ser uma aventura. Para ter acesso a ele, a entrada se dá pela rua Pedro de Valdívia. Confira os valores e horários de funcionamento aqui.

Carro: um meio bem prático e rápido, mas confesso que acho meio mas sem graça, prefiro com mais emoção como ir a pé ou de teleférico.

Cerro San Cristóbal em Santiago do ChileVista de um pedacinho da Cordilheira dos Andes na estrada para quem vai a pé, de carro ou de bicicleta

Bicicleta: para quem tem fôlego e disposição para pedalar uma longa subida, ir de bicicleta é uma verdadeira aventura. Quando estive em Santiago, tive o privilégio de encontrar a Lígia e o Ulisses, autores do blog Vamos Fugir, e eles me contaram sobre o passeio de bike. Se você gostou da ideia e decidi fazer o mesmo, eles escreveram um post bem informativo sobre essa experiência.

A pé: além de ser totalmente gratuito, ir caminhando até o topo do Cerro San Cristóbal é uma ótima maneira de contemplar Santiago vista de vários ângulos, ou seja, você vai ter o privilégio de ver a cidade dos dois lados do morro. Este foi o meio que escolhi e o que posso dizer é que é uma caminhada bem longa e desafiadora, já que o caminho é todo feito através de uma longa subida.

Cerro San Cristóbal em Santiago do ChileBem no comecinho da estrada para quem vai de carro, bicicleta ou a pé.

Se quiser se aventurar como eu, assim que chegar na entrada do parque, onde pega o funicular, vire a esquerda em direção a estrada de carros. Eu segui o caminho dessa estrada, caminhando pela calçada. Porém, se você quiser  mais contato com a natureza, é possível fazer a trilha Zorro Vidal (2,6 km), que fica bem na entrada da estrada também. No geral, a caminhada dura em média de 2 horas até o topo do morro. E a boa notícia é que o retorno é mais rápido, já que é só descida. E dica para os mais aventureiros, leve uma garrafinha de água para ir se abastecendo 😉

Diquinha: na entrada do parque na rua Pio Nono há um guichê de informações onde é possível obter um mapa do local 😉

Cerro San Cristóbal em Santiago do Chile

As atrações do Cerro San Cristóbal

Para quem vai de funicular, o passeio por si até o mirante do Cerro San Cristóbal já é diversão garantida. Se decidi este meio de transporte, o ponto de chegada (segunda parada na Estação Cumbre) será no estacionamento, onde o pessoal que vai de carro deixa seus veículos. A partir deste ponto você vai fazer uma pequena caminhada até a Terraza Bellavista, onde tem algumas lojinhas e lanchonetes. Ah, este é  o lugar ideal para você experimentar um drink bem famoso em Santiago, o Mote con Huesillos (uma espécie de bebida com trigo e pêssego em calda).

Cerro San Cristóbal em Santiago do ChileVista de Santiago do alto do Santuário da Imaculada Conceição

E para chegar até uma das grandes atrações do Cerro San Cristóbal, você ainda vai ter que enfrentar algumas escadas e uma subida de leve. O destaque é o Santuário da Imaculada Conceição, um lugar que transmite uma paz e que atrai muitos devotos. Trata-se de um dos principais templos da igreja católica do Chile. Lá você vai encontrar um enorme altar onde são celebradas missas ao ar livre. Além disso, também encontra-se uma pequena capela de pedra onde é realizada celebrações de missa todos os domingos.

Cerro San Cristóbal em Santiago do ChileCapelinha de pedra no Santuário da Imaculada Conceição

Eu não sou muito religiosa, mas posso dizer que me senti tão bem quando estive no lugar. Como tem caixas de sons espalhadas no local tocando músicas de igreja, o ambiente transmite uma paz interior na gente que só quem vai consegue explicar.

E o lugar ainda conta com uma imagem enorme de aproximadamente 14 metros da Virgem Imaculada Conceição, que abençoa a cidade.

Cerro San Cristóbal em Santiago do ChileImagem da Virgem Imaculada Conceição que abençoa a cidade

Curiosidade: o Papa João II esteve em 1987 no Cerro San Cristóbal, durante uma visita à capital do Chile. Tem até uma mensagem em um dos trenzinhos falando sobre essa ilustre visita.

Outras dicas

Os locais me disseram que para conseguir ver Santiago e a Cordilheira dos Andes com mais visibilidade (em outras palavras, com menos poluição), recomenda-se ir no final da tarde. O legal de ir mais no fim do dia é que você pode aproveitar a oportunidade para ver o maravilhoso pôr do sol. Apenas atente-se ao horário de funcionamento do funicular.

Combine o passeio ao Cerro San Cristóbal com uma visita a uma das casas de Pablo Neruda (famoso poeta chileno), que fica coladinha com a entrada do parque. Outra atração que não pode faltar é um passeio no Patio Bellavista. E se sobrar tempo, não deixe de passear pelo bairro, que é um charme e cheio de barzinhos fofos. Então, anote a dica aí, o bairro é perfeito para quem procura restaurantes e bares para aproveitar a vida noturna de Santiago.

Boa viagem


***Confira outros posts de Santiago***


***Receba mais dicas de viagem***



Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples 😉 Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima 🙂 Josiane Bravo



Booking.com



21 Comment

  1. Juliana Moreti (turistando.in) says: Responder

    Post super favoritado!!!!
    😉
    Acordei hoje devorando todos os posts sobre Santiago e arredores…. Comecei (finalmente) a difícil tarefa de montar os roteiros e selecionar as coisas que iremos fazer. Uma coisa é boa: nos hospedaremos bem pertinho dai!!!
    😉
    beijinhos

    1. Muito obrigada Jú 🙂
      Ah me leva junto com você nessa viagem hehe. Eu sou louca para voltar a Santiago, tenho a sensação que deixei tanta coisa para fazer que a vontade é de voltar. E também sonho em conhecer o Valle Nevado. Já ansiosa aqui para ver suas fotos dessa viagem.

      Beijos

  2. Parece ser um local e uma cidade maravilhosos, gostaria muito de conhecer! Uma vista encantadora da cidade e das cordilheiras. Será que é possível visitar os picos nevados? Pelo que pesquisei, esse cerro tem cerca de 880m de altitude, mas as cordilheiras são bem mais altas…

    1. Muito obrigada pela visita Tiago 🙂 A cidade é realmente muito linda. Espero que você tenha oportunidade de conhecê-la, tenho certeza que vai adorar. Tem como visitar os picos nevados sim, um destino bem procurado no inverno é o Vale Nevado, que fica pertinho de Santiago (algo em torno de 1h30). Eu não tive a oportunidade de conhecer, mas espero voltar ao Chile algum dia para fazer este passeio. O que eu fiz foi a travessia de Mendoza na Argentina até Santiago, onde uma boa parte do trajeto foi feita pela estrada que passa pela Cordilheira dos Andes 🙂 Uma travessia maravilhosa.

      Abraços
      Volte sempre

  3. Concordo! Lugar incrível em Santiago, vale muito a visita!

  4. Esse passeio é imperdível mesmo!!! E a névoa ou poluição de Santiago atrapalha mesmo a vista… Eu nem consegui ver a Cordilheira da cidade em nenhum dia que fiquei por lá… Só não me incomodei, pois a vi de outros lugares…

    1. Essa névoa é chatinha mesmo não é. Ainda bem que conseguiu ver a Cordilheira em outro lugar. Dizem que no verão a vista fica mais limpa. Como fui no inverno, acho que é uma das piores épocas para consegui uma vista mais limpa.
      Abraços

  5. Tenho visto promoções para o Chile e estamos nos animando para ir e com certeza incluirei essa subinha para apreciar a linda vista de Santiago.

    1. Adorei, Josi! Imagino que essa vista ao.vivo deva ser ainda mais linda e de tirar o fôlego.
      Quero muito conhecer Santiago, está no top da lista!

      1. Muito obrigada Paula 🙂 Ah a vista ao vivo é linda demais, vale a pena conferir.
        Beijos

    2. Vi uma promoção essa semana para Santiago hehehe, se pudesse, eu iria agora para lá. Gostei muito da cidade 🙂
      Abraços

  6. Nossa, passei 2 vezes em Santiago, mas não conheci nada! Este é um dos problemas de ficar na casa de amigos! Os caras não deixam vc sair e querem fazer festa o dia todo! uauaua! Preciso voltar de novo pra explorar a cidade! 🙂 Com certeza este é um dos destinos que estará no roteiro!

    1. Hehehe, entendo bem como é. Amigos prendem a gente não é. Eu aproveitei cada segundo que tive em Santiago, mas ainda tenho a sensação que deixei muita coisa sem fazer. Preciso voltar também hehe.
      Abraços 😉

  7. Que vista fantástica! Com certeza um passeio imperdível em Santiago!

  8. O Cerro San Cristobal é bem bonito, com algumas atividades para aproveitar o local, mas preferi a vista do Cerro Santa Luzia.

    1. Oi Leo, eu fui no Cerro Santa Luzia também, mas confesso que gostei muito mais da vista do Cerro Cristobal hehe. Ambos tem vistas panorâmicas maravilhosas da cidade não é.
      Abraços

  9. realmente a vista do cerro san cristobal eh linda!! eu vi do sky costanera e é bem diferente, quem sabe um dia eu volto pra subir ai!

    1. Ah eu não tive a oportunidade de ver a do Sky Costanera, sou louca para voltar a Santiago para conferi-la, deve ser demais.
      Beijos

  10. Adorei o post! Super completo e com dicas valiosas. Vou para o Chile em junho e estou super ansiosa. Essas dicas vieram em ótima hora.

    1. Muito obrigada Viviane 🙂 Você vai adorar Santiago.
      Beijos

  11. WOW! Realmente a vista é linda, muito boa dica.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: