Roteiro de 1 dia pelos parques de Palermo em Buenos Aires

Palermo é um dos bairros mais famosos de Buenos Aires e onde encontra-se a mais importante área verde  da cidade, conhecida como Bosques de Palermo ou Parque Três de Fevereiro. Para quem curte natureza e atividades de lazer, esse é um dos lugares mais populares entre os habitantes locais e um dos meus prediletos. E o destaque desse cantinho tão querido é que ele é composto por um conjunto de parques que ficam situados  entre as avenidas Casares e a Avenida del Libertador.

Como trata-se de um área bem grande, o ideal mesmo é que você reserve um dia todo para conhecer os parques com calma. E se possível, se quiser evitar a multidão de gente, deixe para ir durante a semana.

Leia também: 10 passeios imperdíveis para fazer no bairro Palermo

O que fazer nos Bosques de Palermo?

Nessa região você vai encontrar vários parques como o Rosedal, o Jardim Japonês e o Jardim Botânico. Além deles, lá encontra-se o Planetário Galileu Galilei e o Hipódromo de Palermo.

Clique nos ícones do mapa abaixo para conferir a localização das atrações do Parque 3 de Febrero.

1. Jardim Botânico

Na divisa com a parte mais agitada de Buenos Aires, onde fica a maioria dos restaurantes e bares, em Palermo Soho, fica a Avenida Santa Fé, que divide essa região com a parte mais calma, onde ficam os parques dos Bosques de Palermo. E é bem nessa avenida onde se encontra o Jardim Botânico, que fica pertinho da Praça Itália, onde tem uma estação de metrô e lugar que pode ser ponto de referência para iniciar este passeio pelos parques de Palermo.

Apesar da localização ser ao lado de uma avenida bem movimentada, a sensação que tive quando estive no Jardim Botânico foi de uma paz total. Rodeado de muito verde, o jardim conta com mais de 5.000 espécies de árvores e plantas nativas de diferentes regiões do mundo. Além disso conta com algumas estufas e jardins no estilo romano, oriental e francês. E se você ama gatos, eles fazem a alegria dos visitantes que visitam o local. Encontrei pelo menos uns 3 gatinhos quando estive lá.

Endereço: Av. Santa Fe 3951 (entrada principal)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 8h às 18h45 e aos sábados, domingos e feriados das 9h30 às 18h45 (no inverno o parque fecha 1 hora mais cedo)
Entrada: totalmente gratuita.

Meu novo amiguinho – no Jardim Botânico

2. Jardim Japonês

De todos os parques, o Jardim Japonês é um dos lugares mais tranquilos para visitar em Palermo, mas eu tive o azar de encontrá-lo cheio quando estive lá. Então fica a dica, novamente, se quiser evitar a multidão, evite os finais de semana. O lugar estava tão tumultuado que foi até difícil de fotografar.

Rodeado de pontes vermelhas, lagos com vários peixinhos, este jardim é uma das atrações mais famosas do Parque 3 de Febrero e um dos lugares mais cuidados. E detalhe, este lindo jardim foi construído em 1967 para receber o princípe Akihito, atual imperador do Japão.

Se você tiver a sorte de ir em um dia tranquilo, é possível passar boas horas do dia curtindo a paz que o lugar transmite, ouvindo o som dos pássaros e se quiser comer algo, tem restaurante e casa de chá no local.

Endereço: Av. Casares, 296.
Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h.
Entrada: 95 pesos argentinos (referência para 2016) e entrada é gratuita para menores de 12 anos.
Site: www.jardinjapones.org.ar/

Jardim Japonês

Em direção ao próximo parque, bem na parte central da Avenida Sarmiento, preste atenção no gigante Monumento aos Espanhóis, que trata-se de uma doação feita pela comunidade espanhola em 1910 em celebração ao centenário da Revolução de Maio.

Monumento aos Espanhóis

3. Rosedal

Trata-se do meu lugar preferido em Buenos Aires e um dos parques mais visitados pelos locais durante os finais de semana. Este é o Rosedal, um jardim de rosas recheado de atrações e um dos locais mais coloridos e romântico dos Bosques de Palermo.

Para quem está em busca de paz e de um descanso em meio a muitas flores e lagos artificiais, o Rosedal é um paraíso na cidade, e o melhor, essa é uma atração totalmente gratuita. O parque é perfeito para quem quer fazer uma caminhada, andar de pedalinho no lago rodeado por patos e gansos, além de admirar o belo jardim e se for no final do dia, aproveite para assistir a um belíssimo pôr do sol.

Leia mais: O magnífico Rosedal dos Bosques de Palermo

E as atrações do parque vão muito mais além, para mais detalhes do que fazer no Jardim das Rosas, falei mais sobre ele neste post aqui.

Lago no Rosedal visto do alto, na Ponte Grega                                                

Pertinho do Monumento aos Espanhóis e do Rosedal tem uma praça muito fofa que merece uma visita, a Plaza Intendente Seeber.

Praça Intendente Seeber

Como chegar nos Bosques de Palermo?

Linhas de ônibus: 12, 15, 29, 36, 37, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 102, 108, 111, 118, 124, 128, 130, 152, 160, 161, 166, 188 (Desde a Plaza de Mayo e Plaza San Martín linha 130).

Linha de metrô D: Estação Plaza Italia


***Confira outros posts de Buenos Aires***

Buenos Aires bairro a bairro

Dicas do que fazer/ver na cidade

Dica de bate e volta


***Receba mais dicas de viagem***



Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar  a manter o blog e continuar dando dicas de viagens e muito mais. É bem simples 😉 Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o Booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners do blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima 🙂 Josiane Bravo



Booking.com


Digite seu e-mail e receba gratuitamente nossas novidades

25 Replies to “Roteiro de 1 dia pelos parques de Palermo em Buenos Aires”

  1. Muito legal! Já estive algumas vezes em Buenos Aires, mas nunca visitei os parques. 🙁 Bjossss

    1. Muito obrigada Vanessa 🙂 Agora você tem um motivo para voltar a Buenos Aires para conhecer os parques rs. Beijos

  2. Adorei o post!!! Sempre tento visitar os parques nas viagens… Em Buenos Aires, adoro a parte do Jardim Japonês…

    1. Muito obrigada 🙂 O Jardim Japonês é um charme não é. Beijos

  3. A-DO-RO Palermo e o Jardin Japones é o meu parque preferido!

    1. Palermo é um charme não é. Eu sou apaixonada por este bairro 🙂

  4. Demais!! Lugares lindos para momentos de tranquilidade e contato com a natureza. Boas dicas!

  5. Show. Amo Buenos Aires e Palermo certamente é um dos meus bairros prediletos. O Jardim Japonês então uma graça; Adorei o roteiro.

    1. Muito obrigada Lu. Palermo é meu queridinho também 🙂 Beijos

  6. Ai que saudades de Buenos Aires! Sinto vontade de voltar sempre, impressionante. Essas opções sao otimas e se eu morasse na cidade as repetiria muitas vezes. Juntamente com o rosedal, que adoro também ❤

    1. Eu também Maíra, morro de saudades dessa cidade e não vejo a hora de voltar 🙂 Essa área de Buenos Aires nunca cansa, dá vontade de voltar sempre 😉 Beijos

  7. Lindo e bem conservado! Ótimo passeio 🙂

  8. Nossa, que vontade de voltar a Buenos Aires, esse lugar tão incrível e cheio de energia. Amo Palermo!

  9. Já fui algumas vezes para Buenos Aires e não conheci os parques. Já tenho programa para quando voltar para a cidade. Parece ser lindo!

    1. Hehehe, acho que sim, Buenos Aires é uma cidade que é sempre uma boa pedida voltar novamente 🙂

  10. acho o Parque Japonês extremamente charmoso! Em Curitiba tb tem um, mas não é assim com pontezinha e tal..sem falar que o de Buenos parece muito maior <3

    1. Eu preciso conhecer esse de Curitiba rs. Eu achei o de Buenos Aires um pouco pequenos também, mas ele é um charme. A pontezinha rs é uma graça não é 🙂

  11. Adoro suas dicas de Buenos Aires, sempre que venho aqui percebo que preciso viajar pra lá logo. Amei suas fotos.

    1. Muito obrigada Deisy 🙂 Feliz que gosta das dicas rs. Buenos Aires é apaixonante.
      Beijos

  12. muito amor pelo Rosedal!!! acabei não conhecendo os outros parques, mas fica para uma próxima <3

    beeeeijo

    1. O Rosedal é um charme não é 🙂 Eu fui no inverno e não consegui ver muitas flores, acho que ficaria mais apaixonada ainda se fosse na primavera 🙂
      Beijos

  13. Eu amo esses lugares. Para mim uma das áreas preferidas de Buenos Aires.

    1. O Rosedal é um charme não é Fábio, eu sou apaixonada 🙂

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: