Roteiro de 2 dias no Parque Nacional Yosemite

O Parque Nacional Yosemite é um dos lugares mais bonitos localizado na Califórnia, em torno de 320 km (3 hrs e meia) de San Francisco. Famoso pelos granitos e árvores gigantes (as famosas sequoias), o parque tem uma beleza espetacular de deixar qualquer um de queixo caído.

É no Yosemite onde fica Half Dome, uma cúpula de granito enorme e um dos locais mais conhecidos e impressionantes do parque. Para os mais aventureiros que gostam de desafios, este famoso granito atrai os mais corajosos que se arriscam a subir na gigantesca pedra, que é feitao através de uma escalada com o auxílio de cabos de aço.

Como chegar no Parque Nacional Yosemite?

A opção mais indicada e na qual você terá total liberdade para parar onde quiser ao longo do caminho, é ir de carro.

Yosemite Park
Parada na estrada para uma foto dessa paisagem-Tioga Road

Para quem for de carro, existe 4 entradas principais: Big Flat Oak (Hwy 120), El Portal (Hwy 140), Mariposa Grove (Hwy 41) e Lee Vining (Hwy 120).

Dica: Assim que você chegar no Yosemite, solicite um mapa do parque, e se possível, antes da viagem tente baixar os mapas no celular, pois a conexão com a internet não é muito boa por lá.

Outra diquinha, tente abastecer o carro o máximo possível antes de entrar no parque, pois o preço da gasolina lá dentro é bem mais caro e sem contar que existem poucos postos de gasolina.Fique atento aos locais de estacionar, pois apesar de existir estacionamentos gratuitos no parque, durante a alta temporada como no verão e primavera, as vagas são bem limitadas.

Caso não seja possível ir de carro, você tem a opção de pegar um ônibus de San Francisco até Merced (Greyhound) e de lá pegar um outro ônibus até o parque. E para a alegria dos turistas, dentro do parque tem shuttles que fazem o transporte gratuito para os visitantes. 

yosemite_valley_overview_map
Mapa do shuttle

Obs: para entrar no parque você tem que pagar o valor de 30 dólares no ingresso (por carro), que é válido por 7 dias. 

Yosemite Park
Estrada dentro do Parque Yosemite
Estrada dentro do Yosemite Park
Dentro do parque, na estrada em Yosemite Valley

Onde se hospedar no Parque Nacional Yosemite?

Uma das coisas que eu adoraria ter feito quando fui ao Yosemite foi acampar, mas isso não foi possível, pois todos os campings estavam lotados :(. Então já fica uma dica: se tiver intenção de fazer isso, programa-se com antecedência de pelo menos 3 meses e já faça sua reserva, pois eles são bem concorridos na alta temporada. Além dos campings, tem os hotéis, que é uma outra opção de hospedagem que fica dentro do parque.

Leia também: Vantagens de se hospedar em um hostel

Outra opção seria se hospedar em hotéis ou hostels que ficam fora do Yosemite, no qual o valor da estadia acaba saindo até mesmo mais barato. O único ponto negativo de se hospedar fora do parque é que você vai ter que dirigir um pouquinho, pois a distância da entrada do parque para as cidades vizinhas pode durar entre 40 minutos até mesmo 1 hora dependendo do dia.

Yosemite Park em Olmsted Point
No mirante em Tioga Pass-Olmsted Point

Eu fiquei hospedada fora do parque, no Yosemite Bug Rustic Mountain Resortum lugar que eu me apaixonei e super recomendo. O resort, que tem desde quartos compartilhados até cabines, tendas e quartos privados, é rodeado por árvores e tem um café que funciona como um restaurante.

hostel in yosemite
Café, foto retirada do site do resort
yosemite_11
Yosemite Bug Rustic Resort

Quando visitar o Parque Nacional Yosemite?

O parque é sem dúvida bonito em todas as estações do ano. Se você quiser ver as cachoeiras, recomenda-se ir durante a primavera, ou início de verão, pois como a neve estará derretendo, elas ainda estarão com bastante volume de água. Eu fui no início de agosto e não tive a sorte de ver nenhuma cachoeira, todas estavam secas 🙁

Yosemite Park em Olmsted Point
Em Tioga Pass-Olmsted Point

Roteiro de 2 dias no Parque Nacional Yosemite

Primeiro dia

  • Glacier Point
  • Tunnel View
  • Yosemite Valley
  • Lazy Merced River

1. Glacier Point

Trata-se de um dos mirantes mais bonitos do parque e do qual fica aberto para visitação entre maio e final de outubro. Do Glacier Point é possível ver quase todo o Yosemite Valley, além do espetacular Half Dome.

Yosemite Park no Glacier Point
Em Glacier Point, essa cúpula de granito gigante ao fundo é Half Dome
Yosemite Valley
Yosemite Valley ao fundo e Half Dome
Yosemite Park Glacier Point
Glacier Point em Yosemite Park

2. Tunnel View

Outro mirante que vai te deixar de queixo caído com tanta beleza em um lugar só 🙂 Através do Tunnel View é possível ver Half Dome e El Capital. E se você for durante a primavera ou início do verão, é possível ver a Bridalveil, que trata-se de uma das mais altas cachoeiras do parque e a mais famosa.

Como a Califórnia vem sofrendo muito com a seca e falta de chuva, vi muitos lagos e cachoeiras sem nada de água. Como já mencionei, se for durante a primavera, terá o privilégio de ver as cachoeiras cheias por causa do derretimento da neve.

Tunnel View no Yosemite
Tunnel View

3. Yosemite Valley

O Yosemite Valley é o lugar perfeito para você fazer passeios como uma caminhada, andar de bicicleta, fazer um piquenique, nadar no rio Merced, enfim, atividades para todos os gostos.

Aproveite os dias ensolarados para curtir o Lazy Merced River, uma parte de Yosemite Valley que tem um rio. Se você tiver coragem, é possível nadar, mas tem que ter disposição para encarar a água gelada.

Lazy Merced River

Yosemite Park
Lazy Merced River

Yosemite Park

Yosemite Park
Que tal um passeio de bicicleta? Reparou no filhotinho de veado?

Em Yosemite Valley me deparei com vários esquilos e veados.  Ah, lembrando que tem ursos no parque, mas esses, eu não vi nenhum.

esquilo Yosemite Park
Esquilo a procura de algo para comer
Yosemite Park
Um filhote de veado com sua mamãe

Segundo dia

Tioga Pass

O segundo dia e último foi reservado para o Tioga Pass, uma outra área do parque que não pode deixar de conhecer. Para  chegar até lá você vai pegar a Tioga Road (highway 120), e durante o percurso por esta estrada você poderá parar em vários mirantes para fotografar a linda paisagem que rodeia boa parte do trajeto. 

Obs: a Tioga Road só é aberta entre maio à outubro, durante o inverno é fechada por causa da neve.

Yosemite Park Tioga Road
Tigoa Road

1. Olmsted Point

Trata-se de um dos mirantes mais bonitos de Tioga Pass, onde é possível ver Half Dome de costas. Para chegar até ele é só ficar de olho na placas, e assim que avistá-la, estacione no estacionamento local.

Yosemite Park Tioga Pass
Em Olmested Point em Tioga Pass

Yosemite Park

2.Tenaya Lake

O Tenaya Lake é um dos cartões postais de Tioga Pass e é o lago mais largo de Yosemite. O lugar é ideal para atividades aquáticas como canoagem, caiaque e vela. Se você tiver coragem, pode até se arriscar a dar um mergulho, mas já vou adiantando,  é difícil ficar muito tempo na água que é um gelo (nem tudo é perfeito né). 

Yosemite Park Tenaya Lake
Tenaya Lake

Yosemite Park Tenaya Lake

Parque Yomesite Tenaya Lake

O Yosemite é recheado de atrações, e como ele é enorme, se você tiver intenção de fazer trilhas por exemplo e de conhecer outras partes do parque, a dica é que reserve mais tempo para conhecê-lo com calma. Para mais detalhes, confira este post aqui do blog Ideias na Mala, que trata-se de um dos guias mais completos que já vi, com todas as informações necessárias para você programar uma visita ao parque.

Aproveita para salvar as imagens abaixo no seu pinterest.



Gostou do post? Se sim, aproveita para ajudar essa turista que tanta ama viajar a continuar escrevendo e dando dicas no blog, é bem simples 😉 Para reservar qualquer hotel com vários destinos ao redor do mundo, a dica é o booking.com. Ao fazer sua reserva por um dos banners no blog ou por este link abaixo, você não gasta nenhum centavinho a mais por isso e ainda me ajuda com uma pequena comissão. Abraços e até a próxima 🙂 Josiane Bravo



Booking.com



***Confira outros posts da Califórnia***


***Receba mais dicas de viagem***


 

0 Replies to “Roteiro de 2 dias no Parque Nacional Yosemite”

  1. Adorei, lindas imagens!! Bjs

    1. Obrigada 🙂 Ficou feliz que gostou.Bjos

  2. Também passei por lá na minha viagem. O Glacier Point é fantástico não é?
    Só tive pena de ir em Agosto e apanhar tudo meio seco!

    1. Muito obrigada pelo comentário, o Glacier Point é realmente lindo, Diana. Também fui no tempo seco 🙁 estava tendo muitas queimadas, mas mesmo assim eu me apaixonei pelo lugar e quero voltar novamente rs.
      Beijos

  3. […] e impressionantes do parque. Se quiser mais informações sobre o que ver no parque, veja este post sobre o meu roteiro de 2 dias no […]

  4. […] neve e muitas montanhas, na California, o deserto, parques nacionais com enormes granizos (Yosemite), além do Lago Tahoe com sua água bem cristalina e azul. Se você for para Florida e Havaí […]

  5. Uaaaau!!!

    Muito lindo esse parque hein!?

    Cada vez que leio algum artigo sobre a Califórnia fico ainda mais encantado!

    Adorei as dicas e fotos!

    Abraço

    1. Esse parque é maravilhoso Murilo, o meu queridinho em Cali 🙂 Muito obrigada

      Abraços

  6. Muito, muito lindo!

    Amei sua sugestão de roteiro e as fotos!

    Parabéns pelo post!

    1. Muito obrigada 🙂 Fico feliz que gostaram

      Abraços

  7. Ah! Yosemite! Sonho com esse lugar desde que por acaso apareceu como fundo de tela no windows rsrs Com certeza ainda irei usar as suas dicas 😀

    1. Haha, o Yosemite é tão lindo Jessica, parece um retrato. Espero que você tenha a oportunidade de conhecê-lo, vai amar 🙂

      Abraços

  8. Sou louca para conhecer a Califa! Está na lista dos próximos destinos. Adorei o post e as dicas. Parabéns pelo blog! Voltaremos! Venha conhecer o nosso também 😉 http://www.destinadosblog.com.br

    1. Oi Leticia, muito obrigada pela visita e pelo elogio 🙂 Fico feliz que gostou. Opa, vou lá conferi-lo.

      Abraços

  9. Se Yosemite já estava na lista… agora passou a ser uma prioridade 🙂 Obrigado pelo post fantástico!

    1. Muito obrigada Rui 🙂
      Abraços

  10. Yosemite é um lugar que eu quero muito ir! Estive em San Francisco, mas não tive tempo suficiente para poder adentrar o parque. Adorei o post, super explicativo, e adorei a hospedagem, super charmosa e aconchegante! Espero numa próxima poder visitar esse lugar maravilhoso!

    1. Oi Larissa, muito obrigada pelo comentário. Por mais que seja perto de San Francisco, as vezes fica difícil conciliar tudo né, afinal, tem tantos lugares lindos na California, como Lake Tahoe, entre outros 🙂

      Abraços

  11. Amei o post! Tá aqui favoritado. Em 2017 é meu destino, se Deus permiti, rsrs. Assim, seguem algumas perguntinhas:
    – onde alugar carro por um preço em conta em SF? o valor da gasolina era mais ou menos qt?
    – achei o hostel q vc ficou o mais barato e perto do Parque, qt tempo do hostel até o Yosemite Village?

    Desde já obrigada pelas infos.

    1. Oi Vaneza, muito obrigada. Feliz em ajudá-la 🙂 Vamos lá, sobre o valor do aluguel do carro, eu não me lembro qual foi a companhia, pois não fui eu quem fez a reserva. Mas quando morava nos EUA eu sempre usava esses sites para fazer a busca: https://www.expedia.com.br/Aluguel-De-Carros-Sao-Francisco.d178305.Guia-Locacao-De-Carros

      https://www.orbitz.com/

      Uma das companhias que sempre encontrava os valores mais baixos era a Fox Rental Car, que eu recomendo. Sobre o hostel em Yosemite, eu achei ele um pouco longe, em torno de 40 minutos da entrada do parque, o recomendado é fazer a reserva com no minino de 2 meses de antecedência. Eu fiquei hospedada fora do Yosemite, porque não encontrei nenhum lugar com vaga dentro parque.

      O valor da gasolina em SF é um dos mais caros que eu já vi na California, custa em média 3.60 dólares, isso em galão, pois lá o preço não é em litro. Comparado com o Brasil rs, ainda sai mais barato a gasolina. Sobre o carro, sempre que viajei lá, alugava um carro econômico. Adorava o Corolla da Toyota, super econômico 🙂 Em uma viagem de SF a Yosemite é possível gastar em média 60 dólares (ida e volta).

      E você vai adorar SF, a cidade mais alto astral dos EUA rs. Espero ter ajudá-la.

      Abraços

  12. Deve ser uma experiência maravilhosa estar assim no meio da natureza, e se ficar a acampar então ficou perfeito, paisagens de tirar o fôlego e boas dicas essas para poupar na gasolina.

    1. É incrível mesmo, pena que não tinha nenhuma vaga para acampar no parque. Mais um motivo para eu voltar no parque, pois acampar lá deve ser uma experiência maravilhosa 🙂

      Abraços

  13. Josiane, este post é tão bacana que eu linkei em um que publiquei ontem, lá no @trilhasecantos

    1. Liliane, que meigo, muito obrigada. Vou lá já conferir seu post. Vou amar rever o Yosemite através das suas fotos e dicas 🙂 Beijos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: