15 coisas que sinto falta nos Estados Unidos

Quando decidimos passar um tempo fora do país para vivenciar uma experiência internacional, deixamos para trás nossos costumes, comida, família, etc.

Antes de sair do Brasil para ir morar nos Estados Unidos para fazer um intercâmbio, me sentir um pouco aflita e com medo do novo, com medo de ser mal recebida no país, de não gostar da comida, de me sentir sozinha, dirigir, etc. Contudo, o que aconteceu foi o oposto, eu simplesmente me apaixonei pelos Estados Unidos e me adaptei muito rápido. Claro que tinha muitas coisas das quais sempre sentia falta no Brasil, principalmente da minha família, amigos e meus pets. Em relação a comida, foi fácil me adaptar, pois onde morei em Nova Iorque e San Francisco sempre tinha algum local do qual era possível encontrar comida brasileira.

A adaptação nos Estados Unidos foi a coisa mais fácil, em menos de 1 mês já sentia como se aquele país fosse minha casa. Depois de 2 anos morando neste país que amo, estou de volta ao Brasil, e agora a situação se inverteu, sinto falta de tudo que vivenciei durante esse tempo. Amo meu país, mas a readaptação aqui no Brasil não está sendo fácil.

Leia também: Guia completo: programa de intercâmbio Au Pair nos Estados Unidos

Aqui vou descrever 15 coisas que mais sinto falta nos Estados Unidos, claro que tem muito mais, mas as que vou listar são as mais marcantes para mim 🙂

1. Segurança

Andar na rua e se sentir segura não tem preço. Não posso generalizar, mas pelo menos nas cidades onde morei nos Estados Unidos, eu sempre me senti segura. Nunca fui roubada e em todas as minhas viagens de férias, nada me aconteceu. Sinto falta dessa segurança, que apesar de não ser 100%, ainda assim me deixava mais tranquila comparando com o Brasil.

Obs: Certifique-se de onde você vai nos Estados Unidos, onde morei em Nova Iorque e San Francisco era seguro, mas assim como qualquer lugar no mundo, existe sim lugares perigosos. Em Nova Iorque por exemplo, sei de lugares dos quais requerem mais atenção, como o Bronx. Em San Francisco, o bairro Mission, por exemplo, é bem perigoso e andar nas ruas sozinha durante a noite não é aconselhado.

2. Roupas a preço de banana

A primeira coisa que fiz na minha primeira semana nos Estados Unidos foi comprar. Na minha primeira semana lá, já fui direto ao Tj Maxx (uma loja que eu adoro), para comprar roupas de inverno que não tinha levado do Brasil. Não precisa dizer, pirei com o valores super baixos das roupas Obs: claro que tem roupas com valores altos também, mas geralmente, sempre olhava apenas as roupas das quais estavam na promoção.

 A palavra mais bonita que via quando saia para comprar é SALESque significa promoção, liquidação em português. Quando via SALES nas lojas como FOREVER 21 que é a minha preferida e uma das mais em contas, eu ficava louca. As vezes comprava apenas porque era tão barato que não dava para perder a oportunidade 😉 Ahh, e detalhe, comprava tudo à vista 🙂 Depois de um tempo fui me controlando mais, pois percebi que como tem muita coisa barata, acabamos gastando sem necessidade. Os americanos são muito consumistas, e uma coisa que aprendi no meu segundo ano morando lá, foi comprar apenas o necessário e na promoção (sale).

3. Ninguém liga para aparência, liberdade para vestir o que quiser

Diferente do Brasil (este post não é para criticar o meu país, eu amo o Brasil, apenas quero ser sincera em relação as diferenças que notei ) onde as pessoas nos olham e nos avaliam através da aparência, nos Estados Unidos isso não existe, pelo menos nos lugares onde visitei e morei lá, vi pessoas com roupas de todos os estilos, deste as mais simples até as mais estilosas e outras com um estilo bem diferenciado.

Os mais ricos se vestem de uma jeito simples, onde você sequer imagina que a pessoa tem dinheiro. As pessoas colocam roupas bem coloridas e saem na rua sem se importar com a opinião dos outros. Para ir ao shopping, não tem essa de ir de salto e toda produzida, um chinelo havaiana é mais que suficiente, e o que me deixa mais feliz, ninguém vai te olhar e comentar sobre seu estilo.

11178_555111691226110_915177230_n
Em Universal Studios de chinelo havaianas, me sentindo super estilosa e confortável

4. Starbucks

Starbucks, o queridinho dos americanos. Você já deve ter visto o famoso logo em algum filme americano onde as pessoas aparecem segurando aquele copo com café para todos os lugares onde vão. A primeira vez que fui ao Starbucks e experimentei o famoso café, não vi nada demais, muito pelo contrário, odiei,achei muito fraco se comparado com o café forte que temos no Brasil. Mas, depois aprendi a colocar um pouquinho de leite e simplesmente viciei no café.

Todos os lugares nos Estados Unidos tem Starbucks e o que mais gosto no lugar é que dependendo da cidade, tem uns que são mais sofisticados, uns com mesas do lado de fora, ao ar livre, onde você pode encontrar com suas amigas para bater um papo. Outra coisa interessante é que muitos americanos vão ao Starbucks para estudarem, outras estão até mesmo trabalhando com seus laptops na mesa.

starbucks coffee

5. Wifi e acesso a internet de boa qualidade

Não tem coisa melhor do que você ir em um lugar e ter acesso gratuito ao wifi 😉 e isso é possível em quase todos os lugares nos Estados Unidos. E a internet? Internet de qualidade, rápida e barata. No celular, não existe essa de internet ruim e limitada, em quase todos os lugares que você for a internet vai funcionar. Obs: claro que existe exceções, se você for para um lugar mais afastado, como um parque, você corre o risco sim de ficar sem internet.

6. Diversidade de cultura e etnia

Muitos pensam que nos Estados Unidos só tem pessoas brancas, loiras e dos olhos azuis. Porém, o país é basicamente construído por imigrantes. Em Nova Iorque por exemplo, você vai ver uma mistura tão grande de raças e culturas. No trem, na escola, nas ruas, você vai ouvir línguas de várias partes do mundo, o que menos se ouve é inglês rs.

Na Califórnia há muitos mexicanos, em San Francisco muitos indianos, no Havaí muitos descendentes de japoneses. Uma variedade de cultura que te deixa fascinado, ver as indianas vestidas com aquelas roupas toda colorida, ver as mulheres da Arábia com aquele véu cobrindo a cabeça, e os Judeus em Nova Iorque com aquelas roupas pretas e com aquele cabelo diferente. Só ressaltando que tem cidades, estados nos EUA onde não há muito imigrante, ou seja, lá sim você vai ver muitos americanos (geralmente brancos dos olhos claros)

7. Educação e simpatia das pessoas

Se tem uma coisa que admiro muito nos americanos é a educação, sei que não posso generalizar, pois existe sim pessoas mal educadas por lá assim como no Brasil, mas em relação aos americanos, eu os admiro. Você sempre vai ouvir THANK YOU (obrigada), YOU´RE WELCOME (por nada), EXCUSE ME (com licença). Um exemplo da educação deles, se você está entrando em um banco, eles sempre seguram a porta para você entrar caso estejam entrando por último.

Outro exemplo, no trânsito eles obedecem as leis de trânsito, sempre param para você passar na faixa de pedestre. Outro, se você vai a uma loja, eles sempre te recebem de bom humor dizendo WELCOME (bem vindo), e geralmente não reparam na aparência. Além da educação achei os americanos simpáticos. Um exemplo da simpatia: sempre que usava uma roupa legal, ou um vestido bonito florido que trouxe do Brasil, as americanas sempre comentavam e me elogiavam, dizendo que gostaram da minha roupa.

8. Estradas

As estradas são ótimas e sem buracos. É possível viajar o país inteiro de carro e sem se preocupar com as condições das estradas, pois além de ótimas, tem umas que nos deixam de queixo caído de tão lindas que são. A Highway 1 que faz o trajeto de San Francisco a Los Angeles é cenário de filme. As estradas sempre são muito bem sinalizadas e geralmente tem acostamentos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Estrada nos Estados Unidos, no Lago Tahoe na California

9. Viajar

Ahh como sinto falta da facilidade de comprar uma passagem aérea com um preço bom, fazer as malas e conhecer novos lugares. Isso foi possível nos Estados Unidos, pois além do país ser gigante, cada estado de lá tem um lugar para você conhecer, com paisagens incríveis. Para a minha felicidade, as passagens aéreas lá não são tão caras e se você decidir fazer uma road trip e alugar um carro, isso será possível, pois o aluguel dos carros e até mesmo a gasolina são bem mais em conta do que no Brasil.

Realizei muitas viagens durante esses 2 anos que estive lá e posso te dizer que nunca gastei muito. Fui até no Havaí e Alasca, que são um dos estados mais caros para se visitar e um dos mais afastados.

viagem
Na foto, Nova Iorque, Alasca, Las Vegas e Los Angeles

10. Culinária de várias partes do mundo

Como sinto saudades da variedade de comida de todos os estilos que tem nos Estados Unidos. Como há muitos imigrantes no país, pode-se imaginar que com eles veio a culinária (Obs: morei em Nova Iorque e San Francisco, sei que tem regiões, cidades menores onde isso não será possível, pois não tem muitos imigrantes).

É possível você experimentar das comidas de cada parte do mundo, ir em restaurante Tailandês e comer um Pad Thai, comer nachos e burritto em um restaurante Mexicano, experimentar da comida apimentada da Índia. Tem desde restaurante grego até o Koreano, e para nós brasileiros que já estamos acostumados, tem muito restaurante italiano, japonês e o meu favorito brasileiro. E não vamos esquecer dos típicos restaurantes com comida americana, como o Apple Bees, Outback e o meu favorito, o restaurante com o bolo mais gostoso que experimentei nos Estados Unidos, o Cheesecake Factory <3

comida
Comida do Japão, da Etiopia, Tailândia (a do abacaxi) e da China (a sopa)

11. Diversidade de cenários

O país é enorme e com ele suas belas paisagens, cenários super diversificados. Se você for para o Alasca você vai encontrar neve e muitas montanhas, na Califórnia, o deserto, parques nacionais com enormes granizos (Yosemite), além do Lago Tahoe com sua água bem cristalina e azul. Se você for para Florida e Havaí você vai encontrar belíssimas praias.

usa
Havaí, Alasca, Grand Canyon e Yosemite Park na California

12. Facilidade para trocar mercadoria e respeito ao consumidor

Sabe quando você compra aquela roupa que acabou não gostando depois de quase 1 mês, então, você tem o direito de ir na loja e trocá-la por outra, ahh e o melhor, caso você não deseje fazer a troca é possível receber seu dinheiro de volta. Isso é possível nos Estados Unidos, onde o consumidor vem em primeiro lugar. Cada lugar tem sua política, mas em geral é sempre possível fazer a troca sem constrangimento. Isso é válido para tudo, desde eletrônicos até uma fruta estragada.

13. Target

Uma loja de departamento com tudo que você imaginar, desde roupas, eletrônicos, cosméticos, até um supermercado.

14. Decoração de Natal e Halloween

O Natal e Halloween nos Estados Unidos é algo mágico, do jeito que vemos nos filmes. Os americanos realmente são mestres na questão de criatividade na hora de decorar as casas. O Natal é lindo, nas casas eles têm a árvore toda decorada, e com presentes, geralmente tem a lareira, onde eles colocam aquelas meias de natal.

E o Halloween, o famoso trick or treat (doces ou travessura), vendo a criançada toda fantasiada com fantasias das mais diversificadas e criativas. E as pessoas decoram o lado de fora das casas também, a criatividade é tanta que surgem até cemitérios que ficam assustador durante a noite.

halloween..

15. Falar inglês

Por último, tenho saudades de falar inglês e aprender um palavra nova todos os dias. Sinto falta de ir ao cinema e ver o filme com sua língua real, sem aquela dublagem que nunca fica legal e que eu sinceramente não gosto. E quando tentamos pronunciar uma palavra difícil da qual não é tão fácil para brasileiros. Sinto falta desses desafios e de cada dia aprimorar meu inglês.

Bom, este foi apenas um breve relato das coisas que amo e sinto falta nos Estados Unidos. E você? Já foi viajar para algum outro país? Se sim, do que mais sente falta? Caso já conheça os EUA, vocês concordam com a minha lista? Tem algo para acrescentar?

Abraços
Josiane Bravo


***Leia também***


***Receba mais dicas de viagem***


 

9 Comment

  1. EUA realmente é maravihoso <3 <3 <3

  2. Oi Josi, aqui é o Rodrigo, esposo da Vanessa. Realmente algumas dessas coisas fazem bastante falta, principalmente agora que estamos no México. Morei por 8 anos nos Estados Unidos. Gosto muito da diversidade cultural que existe por lá e fiz amigos de todas as partes do mundo. E sem contar que adoro restaurantes de todos os lugares, principalmente comida Thailandesa, que nunca encontrei no Brasil. A Vanessa sempre fala de você e estamos juntos com você nessa luta. Que Deus te abençoe.

    1. Muito obrigada Rodrigo, por favor, manda um abraço para a Vanessa 🙂 Essa diversidade cultural é fascinante, de volta no Brasil, agora sinto falta da comida mexicana tbm rs. Infelizmente onde eu moro aqui não tem muita variedade de restaurante.
      Tenha um ótimo dia e Happy Valentine´s Day para vc e a Vanessa.
      Abraços

  3. Bom dia, talvez seja um chato, um louco mas nao consigo me adaptar, moro em Clinton CT, mas concordo com todos seus pontos apontados.

    1. Boa tarde Rodrigo, primeiramente, muito obrigada pela visita 🙂 Nossa, há quanto tempo mora aí? Eu morei bem perto de CT, e amo demais aquele estado, especialmente a cidade de Stamford. Mas cada um tem um olhar diferente não é. Torcendo aqui para que você se acostume.

      Um grande abraço

  4. Meu sonho morar nos Estados Unidos!

    1. Os Estados Unidos é um país lindo, uma pena que seja tão burocrático para morar lá 🙁 Mas nunca desista dos seus sonhos querida. Eu sonhei em morar lá e o realizei (queria que fosse para sempre, mas não deu). Beijos

  5. EDVANDRO CERQUEIRA PEREIRA says: Responder

    Volta pra lá com certeza a chegada do Donald Trump, esta tudo mais façil.Boa sorte

    1. rs, vai ficar mais fácil não 🙁 Obrigada pela dica

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: